Coluna do Marcelo Araújo: Fruet mandou “Vó Gertrudes” para o asilo

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda-feira, afirma que o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, mandou Vó Gertrudes! para o asilo sem dó nem piedade; Ela está abandonada no asilo por seu netinho preferido, seu verdadeiro pai, o prefeito Gustavo Fruet!, anota o colunista especialista em multa e trânsito; segundo ele, a Fanpage da personagem criada pela Prefeitura de Curitiba está abandonada e até agora o município não deu satisfação sobre a tentativa de fraude em 60 mil multas contra os curitibanos; leia o texto e compartilhe.

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda-feira, afirma que o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, mandou Vó Gertrudes! para o asilo sem dó nem piedade; Ela está abandonada no asilo por seu netinho preferido, seu verdadeiro pai, o prefeito Gustavo Fruet!, anota o colunista especialista em multa e trânsito; segundo ele, a Fanpage da personagem criada pela Prefeitura de Curitiba está abandonada e até agora o município não deu satisfação sobre a tentativa de fraude em 60 mil multas contra os curitibanos; leia o texto e compartilhe.

Marcelo Araújo*

Neste dia 11 de Agosto quero cumprimentar todos os Advogados por seu dia, classe da qual tenho muito orgulho de fazer parte, e o faço na pessoa do Presidente da Seção Paraná, Dr. Juliano Breda. Dito isto, vamos aos fatos.

Ao visitar a Fanpage de Vó Gertrudes! fiquei preocupado com sua saúde, pois as postagens estão paupérrimas. São meras notas replicadas, escassas com espaçamentos temporais consideráveis. A página está praticamente abandonada, se nos basearmos nas curtidas!. Ela está abandonada no asilo por seu netinho preferido, seu verdadeiro pai, o prefeito Gustavo Fruet.

Resolvi matar a saudade e in box! perguntar a ela sobre a procedência da informação de que motociclistas poderiam ser multados por ultrapassarem pela direita ao usarem a faixa preferencial! dos ciclistas na via calma. Com a resposta fiquei preocupado com a saúde da já debilitada senhora.

Primeiro porque não respondeu ao que lhe foi perguntado, como na música, não disse nem que sim nem não. Saiu pela tangente dizendo que não achava conveniente falar sobre multas, mas que pessoas infratoras contumazes que tivessem sua CNH suspensa a lei se encarregaria de retirar do convívio da via calma.

Nessa eu quase chamei o governador para pedir ao SIATE para atender a véia!.

Ela confunde infração administrativa, contravenção e crime.

Segundo porque na via calma a 45 Km/h a pessoa pode perder a CNH por 2 meses e pagar uma multa de R$ 500,00 ao município. Mesmo assim, se isso ocorrer a pessoa não deixa de ser pedestre, não está impedido de ser ciclista nem passageiro de coletivo ou de qualquer veículo, pois não é necessário ser habilitado. Aliás, engraçado que nenhum cicloativista criticou o fato da faixa compartilhada não comportar a distância de 1,5m entre um veículo de 4 rodas e as bicicletas, pois se fosse na gestão anterior seria motivo de bicicletada.

A conclusão é que a Vó Gertrudes! depois de medicada deve ser devidamente aposentada, pois já não tem energia para atividades diárias, à s vezes nem semanais. Está esquecida por seu netinho mais querido. Talvez as barrigadas! cometidas pelos companheiros do seu netinho tenham agravado seu estado, como a tentativa de fraude nas multas que até agora estão sem satisfação, entre outras barbaridades.

De multa eu entendo!

*Marcelo Araújo é advogado, presidente da Comissão de Trânsito, Transporte e Mobilidade da OAB/PR. Escreve nas segundas-feiras para o Blog do Esmael.

14 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Às vezes ela é lembrada nas escolas municipais, como na semana passada que mandou uma cartinha para seus netinhos, num papel lindo e lustroso que, se pensarmos em toda RME de Curitiba deve ter custado uma fortuna! A própria piazada tem questionado “pra quê tudo isso pro?” Pois é…. vai entender|!!!!

  2. Muito bom seu artigo, com pude não ter prestado atenção antes em sua coluna. Acredito que a coligação com o outro partido não tenha feito bem ao prefeito.

  3. Deveria ter aproveitado a ocasião e colocado no pacote o Marcelo Araújo também, só que não no asilo e sim em algum pinel da cidade. PORQUE RAIVA É PEGAJOSA E DESTE CIDADÃO ESTÁ FAZ TEMPO LHE FAZENDO MAL.

  4. Gostaria de fazer um comentário sobre a nossa presidenta (não estou falando da candidata, apesar de sua atitude ter sido em razão da sua campanha). Me soa muito, mas muito estranho todas as alianças que ela continua fazendo para se manter no poder. Assim como o país retrocedeu em diversos aspectos para as minorias desde que ela assumiu seus compromissos com políticos e líderes religiosos, parece que tudo vai continuar na mesma ou, até, piorar. Discursos inflamados em igrejas falando de um único Deus são coisas que eu só tinha visto dentro de partidos com suas ideias bem mais claras. Não estou dizendo que alguém deva ou não votar nela, até porque, não sou dono da verdade e não temos outras boas opções, mas vale pensar se queremos avançar ou retroceder nas políticas públicas para as minorias que já são tão atacadas pela falta de estratégias eficientes e focadas.
    Deixo claro que não é possível tratar as populações mais prejudicadas (negros, LGBTs, idosos, deficientes, mulheres, soropositivos, religiões afro, pobres etc) de maneira geral. Políticas públicas que funcionam são aquelas que tratam diferentemente as pessoas diferentes e menos favorecidas.

  5. Não Leo, comissionados são o roberto e anti pt

  6. Este tal de Marcelo não é comissionado do beto, ou foi do Luciano ?

    • O Marcelo Araújo foi secretário de trânsito na gestão do Ducci, mas pediu demissão depois de vir a público que ele tinha mais de 180 pontos acumulados na carteira desde 2003.

      Na sequência, ele foi indicado como membro da 6a JARI (Junta Administrativa de Recurso de Infrações), órgão do DETRAN do que julga recursos de multas 🙂

      De trânsito ele entende! 😉

  7. Olá Marcelo. Porque tanta maldade. Voltar a bater numa tecla já esquecida e nos fazer lembrar da velha e infeliz Gertrutes. Isso é maldade demais conosco, amigo. Digo esquecida porque o que é mal feito não cola. O pior é que dinheiro público foi gasto a toa. Defendo a conscientização, e uma forma bastante eficaz entendo ser por out door, que pega o condutor no próprio cenário. Porém, conscientização sem fiscalização não funciona.Fiscalização do ESTAR tem aos monto quees, mas estacionamento irregular não gera acidente. E onde está a fiscalização? Mesmo que seja a eletrônica. Recursos devem ser empregados para proteger as canaletas e evitar atropelamentos. E o que você acha dos jetons de quase 500,00 reais por reunião para os 30 membros do CETRAN. Se cada membro participar das 16 reuniões possíveis, dá quase 8 mil reais por mês.Só falta colocar como membro o presidente da associação dos carrinheiros de papel.

  8. A Vó Getrudes, a agência que a inventou, mais as rádios, tvs e jornais encheram o bunzanfã da grana chorada que nós curitibanos pagamos, a Fanfesta levou mais quatro milhões.

    Lá no Caiuá tem uma clínica de reabilitação fechada, pra ela não tem grana!

  9. Grande dr. Marcelo, matando a cobra e mostrando o pau…

    Este prefeito, o Ricardo, não entende nada de nada…
    e ainda trouxe a secretaria da turma do Rei Quião…deve entender de cavalo.

  10. a melhor campanha educativa da história de Curitiba. Feita pela equipe do melhor secretario de comunicação da história de Curitiba, o Gradimir.

    Tudo feito na gestão do melhor prefeito do mundo, o Gustavo.

  11. Dinheiro do Povo Curitibano, jogado no LIXO!!! O Fruet e o Mac Lanche, deveriam Devolver aos cofres publicos.

  12. O problema foi a condução da campanha educativa, esqueceram o princípio da estética – deixaram de lado a beleza plástica, logo o apelo não tem efetividade – não chama a atenção – façam a mesma campanha com a Maria Fernanda Cândido ou Letícia Sabatella no lugar da Gertrudes e os resultados serão alvissareiros.

  13. até setores da prefeitura criticam véia gertrudes campanha cara e em contéudo, mas não fazem em público pra não perder a boquinha, o gustavo freut trata o trânsito de curitiba como piada de mau gosto e caro com essas campanhas idiotas e caríssimas.