Coligação de Requião informa que abateu “pesquisa tucana” na Justiça. Será que Ibope e Datafolha saem?

A Justiça Eleitoral impugnou a primeira pesquisa eleitoral nestas eleições no Paraná. Alzimara Barcellar, dirigente do PPL, partido coligado a Requião, apontou falhas insanáveis do levantamento de intenção de votos no município de Toledo. Segundo a representação, o registro só considerava três candidaturas ao Palácio Iguaçu (são oito) e não previa margem de erro. Para os requianistas, "os tucanos iriam fingir que essa pesquisa 'realizada' em Toledo seria estadual, tal qual a de Cascavel no começo do mês passado". Será que alguém vai impugnar o Ibope e o Datafolha, na semana que vem? Será?

A Justiça Eleitoral impugnou a primeira pesquisa eleitoral nestas eleições no Paraná. Alzimara Barcellar, dirigente do PPL, partido coligado a Requião, apontou falhas insanáveis do levantamento de intenção de votos no município de Toledo. Segundo a representação, o registro só considerava três candidaturas ao Palácio Iguaçu (são oito) e não previa margem de erro. Para os requianistas, “os tucanos iriam fingir que essa pesquisa ‘realizada’ em Toledo seria estadual, tal qual a de Cascavel no começo do mês passado”. Será que alguém vai impugnar o Ibope e o Datafolha, na semana que vem? Será?

O Partido da Pátria Livre (PPL), da coligação Paraná com Governo, de Roberto Requião (PMDB), abateu a primeira pesquisa eleitoral nestas eleições. O instituto “Real Pesquisa”, que pretendia divulgar números da corrida ao governo do estado, não poderá fazê-lo sob pena de multa de R$ 53 mil.

Alzimara Bacellar, dirigente do PPL — ex-Movimento Revolucionário 8 de Outubro (MR-8) –, alegou falhas insanáveis na sondagem registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O partido coligado a Requião apontou duas falhas graves na pesquisa: 1- consta apenas os nomes de três candidatos ao Palácio Iguaçu, quando a legislação exige todos; e 2- não informa claramente a margem de erro no levantamento.

O juiz auxiliar Lourival Pedro Chemim, do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE), também determinou que um jornal da região Oeste se abstivesse de divulgar a pesquisa.

Requianistas comemoraram a decisão porque, afirmam, “os tucanos iriam fingir que essa pesquisa ‘realizada’ em Toledo seria estadual, tal qual a de Cascavel no começo do mês passado”.

Semana que vem tem Datafolha e Ibope. Será que alguém vai impugnar essas também?

Leia a íntegra da decisão judicial:

17 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Já comentei no post sobre a pesquisa em Cascavel, sobre os erros metodológicos e o não cumprimento da resolução eleitoral.

    Nessa de Toledo, além do que foi relatado no processo, a distribuição da amostra por bairros, não segue a distribuição de moradores nos respectivos bairros, ou vocês acham que 27% dos moradores em Toledo residem no Centro? E, mais, qual é a ponderação por sexo, idade, escolaridade e renda?

    Portanto, o Art. 2º também foi descumprido:

    A partir de 1º de janeiro de 2014, as entidades e empresas que realizarem pesquisas de opinião pública relativas às eleições ou aos candidatos, para conhecimento público, são obrigadas, para cada pesquisa, a registrar no Tribunal Eleitoral ao qual compete fazer o registro dos candidatos, com no mínimo 5 (cinco) dias de antecedência da divulgação, as seguintes informações (Lei n° 9.504/97, art. 33, caput, incisos I a VII, e § 1º):
    [“¦]
    IV ““ plano amostral e ponderação quanto a sexo, idade, grau de instrução e nível econômico do entrevistado, área física de realização do trabalho, margem de erro e nível de confiança.

    Por falar em margem de erro e nível de confiança, se formos calcular, pelo que foi informado, a amostra teria de ser maior que 663 questionários.

    Até a próxima pesquisa fajuta!

  2. …,O JUDICIÁRIO(?),NÃO SABE DE NADA…,QUE VERGONHA,ALIÁS,MAIS UMA…,PARA Á JUSTIÇA(?),DESTE PAIS…,ACORDA PARANÁ,ACORDA BRASIL,REFORMA DO JUDICIÁRIO,JÁ!!!

  3. Este é o Requião!
    Bala na agulha, café no bule, rápido como o raio, não esperem nada parecido com a campanha passada, Requião é REQUIÃO, nem percam tempo com as pesquisinhas furadas, melhor gastar sola de sapato, senão Requião já leva no primeiro turno.

  4. Cezar Silvestri (atual secretário de governo de Richa) foi vice prefeito de Guarapuava em 1988, juntamente com seu compadre Carli, mas fingem que são adversários, Carli e Silvestri são farinha do mesmo saco. Carli Filho e o prefeito de Guarapuava brincavam juntos quando crianças, são amigos nas “escondidas”.

  5. O CARLI APOIA O REQUIAO DE SOBRA TEM O MATTOS LEAO, SERA Q DA PRA GANHA DOS SILVESTRE Q ESTAO FAZENDO UMA PESSIMA ADMINISTRAÇAO . NAO VAMOS ESQUECER DA VAIA DO ALVARO

  6. Façam uma pesquisa aqui em Guarapuava, ai vamos ver o desempenho da Maria Louca e da Barbie Demoníaca.

    • Larga de ser tonto puxa saco comissionado de Beto Relincha, todos sabem que Beto Titanic Richa já era então vá se fu…..r

    • Posso até fazer uma pesquisa aí em Guarapuava mas antes me responda onde anda o seu conterrâneo Carli Filho?

    • Só se a pesquisa foi feita dentro da prefeitura.

    • Da pra fazer uma pesquisa medindo a corrupção na prefeitura de 2013 pra ca com os Silvestris no comando, duas vezes o Gaeco visitou seus amigos la. Se a justiça fosse séria, teu prefeito estaria fazendo curso de canário na cadeia.

    • Meu filho: GUARAPUAVA, não fala por todo o estado, deixa de ser infantil!J.P.DO VOZ

    • Rene, você está delirando aqui também? Conta pro pessoal aqui que vc usa do fato de ter “disturbio mental” para escrever asneiras e não pagar indenização nenhuma. No facebook todos sabem quem é vc Denis, que dizer, Rene.

      • Jocimara????minha velha amiga, você usando nome de homem aqui no blog????eu não conhecia esse seu lado não, por acaso você não é a mãe do Daniel Brandalise?nos conte um pouco sua historia e o recente escândalo da família.

        • Não Rene, não é a Jocimara… em Guarapuava já tem mais gente que sabe da tua verdadeira identidade e dos teus “problemas”, inclusive aqueles problemas “desviados”….