Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

Coligação de Requião informa que abateu “pesquisa tucana” na Justiça. Será que Ibope e Datafolha saem?

A Justiça Eleitoral impugnou a primeira pesquisa eleitoral nestas eleições no Paraná. Alzimara Barcellar, dirigente do PPL, partido coligado a Requião, apontou falhas insanáveis do levantamento de intenção de votos no município de Toledo. Segundo a representação, o registro só considerava três candidaturas ao Palácio Iguaçu (são oito) e não previa margem de erro. Para os requianistas, "os tucanos iriam fingir que essa pesquisa 'realizada' em Toledo seria estadual, tal qual a de Cascavel no começo do mês passado". Será que alguém vai impugnar o Ibope e o Datafolha, na semana que vem? Será?

A Justiça Eleitoral impugnou a primeira pesquisa eleitoral nestas eleições no Paraná. Alzimara Barcellar, dirigente do PPL, partido coligado a Requião, apontou falhas insanáveis do levantamento de intenção de votos no município de Toledo. Segundo a representação, o registro só considerava três candidaturas ao Palácio Iguaçu (são oito) e não previa margem de erro. Para os requianistas, “os tucanos iriam fingir que essa pesquisa ‘realizada’ em Toledo seria estadual, tal qual a de Cascavel no começo do mês passado”. Será que alguém vai impugnar o Ibope e o Datafolha, na semana que vem? Será?

O Partido da Pátria Livre (PPL), da coligação Paraná com Governo, de Roberto Requião (PMDB), abateu a primeira pesquisa eleitoral nestas eleições. O instituto “Real Pesquisa”, que pretendia divulgar números da corrida ao governo do estado, não poderá fazê-lo sob pena de multa de R$ 53 mil.

Alzimara Bacellar, dirigente do PPL — ex-Movimento Revolucionário 8 de Outubro (MR-8) –, alegou falhas insanáveis na sondagem registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O partido coligado a Requião apontou duas falhas graves na pesquisa: 1- consta apenas os nomes de três candidatos ao Palácio Iguaçu, quando a legislação exige todos; e 2- não informa claramente a margem de erro no levantamento.

O juiz auxiliar Lourival Pedro Chemim, do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE), também determinou que um jornal da região Oeste se abstivesse de divulgar a pesquisa.

Requianistas comemoraram a decisão porque, afirmam, “os tucanos iriam fingir que essa pesquisa ‘realizada’ em Toledo seria estadual, tal qual a de Cascavel no começo do mês passado”.

Semana que vem tem Datafolha e Ibope. Será que alguém vai impugnar essas também?

Leia a íntegra da decisão judicial:

http://s3.amazonaws.com/static.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2014/08/20124324/liminar_real.pdf

Comentários desativados.