22 de agosto de 2014
por esmael
26 Comentários

Requião inova ao criar seu próprio horário eleitoral no Paraná

Após o horário político, a partir das 21h20, Requião continua discutindo ao vivo com eleitores através de seu próprio canal na internet (www.requiaopmdb.com.br); candidato do PMDB usa as redes sociais para compensar a falta de tempo no rádio e na televisão; estratégia de peemedebista consiste em continuar o horário político depois do tempo reservado aos partidos pelo TSE; candidato do PMDB dedica meia hora da agenda para discutir propostas e responder ataques de adversários.

Após o horário político, a partir das 21h20, Requião continua discutindo ao vivo com eleitores através de seu próprio canal na internet (www.requiaopmdb.com.br); candidato do PMDB usa as redes sociais para compensar a falta de tempo no rádio e na televisão; estratégia de peemedebista consiste em continuar o horário político depois do tempo reservado aos partidos pelo TSE; candidato do PMDB dedica meia hora da agenda para discutir propostas e responder ataques de adversários.

O senador Roberto Requião (PMDB), aos 73 anos, utiliza como ninguém o poder das redes sociais na busca do quarto mandato ao governo do Paraná. Com exíguos 2 minutos e 56 segundos de tempo no rádio e na televisão, o peemedebista tem puxado o horário eleitoral para a internet, ao vivo, além do estipulado pela Justiça Eleitoral. Leia mais

22 de agosto de 2014
por esmael
16 Comentários

Se fossem infrações no trânsito, Richa já teria perdido CNH 4 vezes pelo tanto de multas que fez nesta eleição

O candidato a governador Beto Richa(PSDB) insiste em desrespeitar a Justiça e já acumula mais de meio milhão em multas. Desde o início da campanha, no último dia 5 de julho, já foram 16 punições por desrespeitos à  legislação eleitoral como propaganda antecipada e uso da máquina pública em favor de sua reeleição. Fizemos as contas. Caso as infrações fossem de trânsito! e! consideradas de média gravidade, a Carteira Nacional de Habilitação do governador tucano já teria sido cassada quatro vezes.

Após recorrerem de decisão da Justiça Eleitoral que punia a propaganda irregular do governo do estado em placas de obras públicas, Beto Richa (PSDB), Cida Borghetti (PP), a coligação Todos pelo Paraná e o secretário de Comunicação, Marcelo Cattani, foram novamente multados. Agora, no valor total de R$ 280 mil. Cada um deles terá de pagar R$ 50 mil à  Justiça pelo crime eleitoral e mais R$ 20 mil cada por manterem irregularmente quatro placas de obras após o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) determinar sua retirada.

Com a nova condenação, Beto Richa já ultrapassa a marca de meio milhão em multas devidas à  Justiça Eleitoral. No total, são R$ 587.636,80 em condenações. Todas originadas de representações apresentadas pela coligação Paraná Olhando pra Frente, que tem Gleisi Hoffmann (PT) como candidata à  governadora.

Além do financeiro

Os prejuízos ao candidato tucano e sua coligação vão além das baixas nas finanças, pois em quase dois meses de campanha nas ruas e mesmo no período em que a lei proíbe a propaganda institucional, Beto Richa já teve de responder também pela não prestação de contas dos seus gastos, pela produção e distribuição de materiais ofensivos à  candidata Gleisi Hoffmann e pela propaganda eleitoral antecipada com dinheiro público.

Confira a tabela com as condenações até o momento:! 

http://www.esmaelmorais.com

.br/wp-content/uploads/2014/08/processos1.pdf

Segue a íntegra da mais recente decisão:

http://s3.amazonaws.com/static.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2014/08/20125947/Despacho1.pdf

22 de agosto de 2014
por esmael
5 Comentários

TRE-PR terá coragem de multar a Folha de S. Paulo ou vai afrouxar o sutiã?

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) destaca-se no país pela judicialização da política e da opinião. Para o Blog do Esmael, órgão vem extrapolando seu papel ao avançar sobre a Constituição Federal que garante a liberdade de expressão.

Nesta sexta-feira (22), o jornal Folha de S. Paulo, que também circula nestas plagas fisicamente e pelos bytes da internet, traz informação de que a candidata Marina Silva (PSB) está “consolidada” em segundo lugar com 20%.

A Folha relata ainda que a presidenta Dilma Rousseff (PT) lidera a corrida e Aécio Neves (PSDB) está em terceiro lugar com 15%.

“Em reunião na noite de quarta (20), com a presença de Dilma e do ex-presidente Lula no Palácio da Alvorada, os coordenadores da campanha analisaram pesquisas que mostrariam a petista com cerca de 40%, Marina acima de 20% e Aécio com 15%”, especula o jornal paulistano, sem informar o registro e o nome do instituto que fez a sondagem.

No Paraná, o TRE multou candidatos, jornalistas e blogueiros que sequer falaram em números. Apenas disseram que a disputa ao governo do estado estava “embolada”.

Pois bem, os promotores do Ministério Público Eleitoral e juízes do TRE do Paraná serão “tigrões” com a Folha? A conferir.

Abaixo, leia a íntegra da matéria no jornal Folha de S. Paulo:

Comitê petista já considera Marina como 2!ª colocada

ANDRà‰IA SADI
VALDO CRUZ
GABRIELA GUERREIRO
DE BRASàLIA

A cúpula da campanha de Dilma Rousseff avalia que a ex-senadora Marina Silva (PSB) já está consolidada na segunda colocação na disputa pelo Palácio do Planalto e que o tucano Aécio Neves, se quiser reverter o quadro atual, terá de bater na nova adversária da disputa.

Em reunião na noite de quarta (20), com a presença de Dilma e do ex-presidente Lula no Palácio da Alvorada, os coordenadores da campanha analisaram pesquisas que mostrariam a petista com cerca de 40%, Marina acima de 20% e Aécio com 15%.

Segundo um dos participantes da reunião, estes levantamentos mostram ainda que, num cenário de 2!º turno, Marina já aparece na frente de Dilma, fora da margem de erro.

A cúpula petista está dividida, porém, sobre quem seria o melhor adversário num segundo turno. Um grupo prefere Aécio, por considerar mais fácil fazer o contraponto do nós contra eles e porque, nos últimos levantamentos de segundo turno feitos pelo partido, Dilma aparece na frente do tucano.

Além disso, Marina é vista como imprevisível e como alguém que cativa um eleitorado que já votou no PT e está indeciso.

Outra ala, no entanto, acredita que seria mais fácil derrotar Marina, porque o voto da direita e de boa parte do empresariado, que iria para o tucano, deve voltar para Dilma.

Aliado da presidente Dilma e amigo pessoal de Marina, o senador Jorge Viana (PT-AC) disse nesta quinta preferir o embate com Aécio, em um eventual segundo turno. Na quarta, o líder do PT na Câmara, o deputado Vicentinho (SP), já havia afirmado o mesmo.

“Se pudéssemos escolher adversário, ele seria o PSDB. Poderíamos comparar facilmente os oito anos de governo do PSDB com os anos do governo do PT. A Marina fez parte desse governo do PT, mas traz novidades nas teses que defende e nas práticas que aposta”, disse Jorge Viana.

Para os tucanos, o discurso petista é jogo de cena. A cúpula do PSDB avalia que o PT quer inflar Marina porque teme a disputa com Aécio. A campanha

22 de agosto de 2014
por esmael
31 Comentários

Richa afirma ser contra-auxilio moradia, mas comemorou aprovação de lei com juízes e deputados; assista

O governador Beto Richa (PSDB), candidato à  reeleição, na entrevista concedida ontem (21) ao jornalista Sandro Dal Picolo jurou de pés juntos ser contra o auxílio-moradia de R$ 4 mil a juízes. Leia mais

22 de agosto de 2014
por esmael
32 Comentários

Imbróglio do PMDB: Tribunal de Justiça despeja Pessuti e Serraglio do PMDB

Tribunal de Justiça do Paraná, nesta sexta (22), determinou despejo de Serraglio e Pessuti da sede estadual do PMDB; decisão judicial confirma no comando do partido o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, eleito semana passada depois de destituída  pelo senador Roberto Requião a antiga direção pró-Beto Richa (PSDB).

Tribunal de Justiça do Paraná, nesta sexta (22), determinou despejo de Serraglio e Pessuti da sede estadual do PMDB; decisão judicial confirma no comando do partido o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, eleito semana passada depois de destituída pelo senador Roberto Requião a antiga direção pró-Beto Richa (PSDB).

O Tribunal de Justiça do Paraná (TJ), nesta sexta-feira (22), cassou a liminar que garantia a posse do deputado federal Osmar Serraglio e do ex-governador Orlando Pessuti da sede estadual do PMDB (Rua Vicente Machado, em Curitiba). Leia mais

22 de agosto de 2014
por esmael
12 Comentários

Palácio pressiona RPCTV: “Terá pergunta para a candidata do PT sobre Gaievski e Vargas?”

Tropa de choque do governador Beto Richa, que disputa a reeleição, pressiona a RPCTV para que pergunte sobre Vargas e Eduardo Gaievski na entrevista de hoje à  noite com a senadora Gleisi Hoffmann; Será que a RPCTV vai afrouxar o sutiã!, provoca o Palácio Iguaçu, lembrando que a emissora arrancou o couro! de Requião e do tucano nesta semana.

Tropa de choque do governador Beto Richa, que disputa a reeleição, pressiona a RPCTV para que pergunte sobre Vargas e Eduardo Gaievski na entrevista de hoje à  noite com a senadora Gleisi Hoffmann; Será que a RPCTV vai afrouxar o sutiã!, provoca o Palácio Iguaçu, lembrando que a emissora arrancou o couro! de Requião e do tucano nesta semana.

Estrategistas do Palácio Iguaçu cobram da RPCTV a mesma combatividade, hoje à  noite, com a senadora Gleisi Hoffmann (PT). Os luas-pretas tucanos querem o mesmo rigor à  petista que a emissora teve na entrevista com o governador Beto Richa (PSDB) e o senador Roberto Requião (PMDB). Leia mais

22 de agosto de 2014
por esmael
27 Comentários

Guerra pelo Senado: Gomyde derruba “casinha” de àlvaro

O candidato ao Senado pela Coligação Paraná Olhando Pra Frente, Ricardo Gomyde (PCdoB), nesta sexta (22), conseguiu na Justiça derrubar a “casinha” do senador àlvaro Dias (PSDB).

Conforme representação de Gomyde, o tucano que busca a reeleição terá de retirar da propaganda impressa e da televisão o símbolo “A” estilizado, em forma de casinha, que usara na sua gestão como governador do Paraná (1987-1991).

“à‰ muito oportunismo até porque ele não é mais governador há quase um quarto de século”, comemorou Gomyde, que viu na decisão judicial “o restabelecimento do equilíbrio na disputa pela vaga ao Senado”.

àlvaro terá 72 horas para cumprir a decisão do desembargador Guido José Dà¶beli sob pena de multa diária de R$ 50 mil.

Leia a íntegra da decisão:

Segue íntegra da decisão:

Decisão Liminar em! 21/08/2014! – RP N!º 270008 DES. GUIDO JOSà‰ Dà–BELI

Representação Eleitoral n!º. 2700-08.2014.6.16.0000

Representante: Coligação Paraná Olhando Pra Frente e Ricardo Crachineski Gomyde

Representados: àlvaro Fernandes Dias, Joel Malucelli e Severino Nunes de Araújo

DECISàƒO LIMINAR

Coligação Paraná Olhando pra Frente e Ricardo Crachineski Gomyde ajuizaram a presente representação aduzindo, em síntese, que: a) o primeiro representado, candidato àlvaro Fernandes Dias, está utilizando, na sua campanha eleitoral, símbolo da administração estadual caracterizada por uma “casinha” estilizada, a qual foi criada quando ele era Governador; b) o símbolo em questão existe em muitos municípios, foi largamente utilizada na publicidade institucional do Estado e identific e marca a gestão do Representado àlvaro Dias; c) embora se trate de conduta tipificada como crime, nada impede a pretensão de inibição do ilícito, pois evidente a utilização indevida de símbolo estatal difundido pelo representado quando era Governador. Ao final, requereu a concessão de tutela antecipada inibitória para o fim de determinar aos representados que se abstenham de fazer uso, sob qualquer medida ou forma (especialmente nas suas propagandas eleitorais), do símbolo do Estado do Paraná, sob pena de multa de R$ 100.000,00 (cem mil reais) para cada nova reapresentação de propaganda e a procedência do pedido, tornando definitiva a liminar, bem como seja remetida cópia integral dos autos à  Procuradoria Regional Eleitoral Auxiliar para apuração do crime previsto no art. 40 da Lei das Eleições.

à‰ o relatório. Decido.

O cerne da questão consiste em reconhecer, liminarmente, a utlização indevida de símbolo do Estado do Paraná, representado por uma “casinha” estilizada, a qual foi criada e difundida pelo primeiro representado, quando Governador.! 

A inicial veio acompanhada de impressos demonstrando a existência de monumentos, em diversos municípios paranaenses, com a mencionada casinha em concreto, instaladas em rodovias, entrada de cidades, inclusive acompanhada da locução “Governo àlvaro Dias” .

22 de agosto de 2014
por esmael
17 Comentários

Ricardo Gomyde entra na Justiça contra Casinha do àlvaro Dias!

Ex-deputado Ricardo Gomyde (PCdoB), candidato ao Senado, ingressou ontem (21) na Justiça pedindo a retirada da casinha! dos materiais impressos de campanha pela reeleição do senador àlvaro Dias (PSDB); pedido também pede a retirada da logomarca do horário eleitoral na televisão; segundo o coordenador jurídico da Coligação Paraná Olhando Pra Frente, Luiz Fernando Pereira, o tucano realiza propaganda irregular e causa desequilíbrio na disputa eleitoral em desacordo com a lei; Dias espalhou pelas principais rodovias do Paraná, durante sua gestão no governo (1987-1991), uma "casinha" cravada no concreto com a inscrição "A" de àlvaro; "obras" resistiram ao tempo e até hoje são vistas em várias partes do estado.

Ex-deputado Ricardo Gomyde (PCdoB), candidato ao Senado, ingressou ontem (21) na Justiça pedindo a retirada da casinha! dos materiais impressos de campanha pela reeleição do senador àlvaro Dias (PSDB); pedido também pede a retirada da logomarca do horário eleitoral na televisão; segundo o coordenador jurídico da Coligação Paraná Olhando Pra Frente, Luiz Fernando Pereira, o tucano realiza propaganda irregular e causa desequilíbrio na disputa eleitoral em desacordo com a lei; Dias espalhou pelas principais rodovias do Paraná, durante sua gestão no governo (1987-1991), uma “casinha” cravada no concreto com a inscrição “A” de àlvaro; “obras” resistiram ao tempo e até hoje são vistas em várias partes do estado.

O senador àlvaro Dias (PSDB) pode estar cometendo irregularidade em sua propaganda pela reeleição. O tucano imprimiu nos materiais gráficos e está usando no programa eleitoral a logomarca de seu governo, de 1987 a 1991, que tinha uma “casinha” estilizada a partir da letra “A” de seu nome. Leia mais

22 de agosto de 2014
por esmael
12 Comentários

Força Sindical do Paraná repudia postura de Richa e Gleisi em relação ao Piso Mínimo Regional

A Força Sindical do Paraná emitiu nesta quinta-feira (21) uma nota de repúdio à  postura dos candidatos ao governo do estado, Beto Richa (PSDB) e Gleisi Hoffman (PT), por declararem apoio à  proposta da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) para o Piso Mínimo Regional. Para a Central Sindical, a proposta enfraquece o salário mínimo estadual, o poder de compra dos mais de 1 milhão de trabalhadores beneficiados!  e, por conseguinte, a economia estadual.

Lamentamos que dois candidatos que tem a pretensão de governar o Paraná se mostrem favoráveis a uma proposta que significa o retrocesso para a vida dos paranaenses. Reduzir ou congelar salário é deixar de injetar dinheiro na economia do estado!, disse o presidente da Força, Sérgio Butka.

A manifestação da Força Sindical ignorou a nota da candidata Gleisi Hoffmann (PT) emitida na quarta-feira (20) negando ter assinado compromisso de baixar o piso regional. Sou a favor da manutenção do salário mínimo regional e qualquer alteração passa por amplo diálogo com todos os segmentos da sociedade envolvidos nesta discussão!, afirmou Gleisi.

A Força também emitiu nota em agradecimento ao posicionamento do candidato ao governo Roberto Requião (PMDB), que se mostrou totalmente contrário a proposta da Fiep, afirmando que em seu governo a formula de reajuste para o piso regional vai continuar sendo a reposição da inflação mais o índice de produtividade estadual.

O Piso Mínimo Regional foi criado em 2005, pelo então governador do Paraná, Roberto Requião, e atualmente beneficia mais de 1 milhão de trabalhadores que não tem convenção ou acordo coletivo de trabalho. Também serve de referência, puxando para!  cima as negociações salariais de várias categorias profissionais do estado.

Leia a seguir as duas notas da Força Sindical:

Nota de repúdio da Força Sindical do Paraná à  postura dos candidatos ao governo Beto Richa (PSDB) e Gleisi Hoffman (PT) em relação à  proposta da FIEP sobre!  o Piso Mínimo Regional do Paraná

Lamentamos e repudiamos a postura dos candidatos ao governo do Paraná, Beto Richa (PSDB) e Gleisi Hoffmann (PT),!  por terem se posicionado a favor da proposta da Federação das Indústrias do Estado do Paraná!  – FIEP – para o Piso Mínimo Regional.!  A nosso ver, a proposta representa um retrocesso ao avanço social e ao desenvolvimento econômico do Paraná.!  Hoje, o piso mínimo do Paraná é o maior do Brasil, posição que sempre manteve desde a sua criação em 2005, durante o governo de Roberto Requião, graças ao fato de sempre ser reajustado levando-se em conta a reposição da inflação mais o ganho da produtividade estadual.! 

Por isso, há partir do momento que se abre mão dessa fórmula certeira, cedendo a pressão patronal, se abre espaço para que o piso!  regional deixe de ter os ganhos que vem tendo,

22 de agosto de 2014
por esmael
15 Comentários

Lula: Mídia é o principal partido de oposição neste país

do Brasil 247
No programa eleitoral do PT desta quinta-feira (21), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou “uma das piores campanhas negativas de certa imprensa que se tornou o principal partido de oposição”.

Segundo ele, a mídia esconde os feitos do governo Dilma e voltou a pedir voto para sua afilhada política. Ele se referia a grandes obras não mostradas, como a da transposição do rio São Francisco, em PE.

“Eu tenho certeza que você já está surpreso com tanta coisa que a Dilma fez e que você não sabia”, disse.

“Essa campanha vai servir exatamente para isso. Para você ver como certa imprensa gosta mais de fazer política do que informar bem. Como só consegue falar mal e é capaz de esconder obras fundamentais, que estão transformando o Brasil”, atacou Lula.

O ex-presidente disse que sua sucessora fez “muita coisa, muita mesmo” e que só conseguiu isso porque fez um governo de continuidade. Ao mesmo tempo, não esqueceu do desejo de mudança expresso pela maioria da população em pesquisas.

“Por isso eu lhe peço: não deixe a mudança parar, não deixe o Brasil parar de mudar.”

22 de agosto de 2014
por esmael
7 Comentários

Coluna do Ricardo Mac Donald: “Corrupção, burocracia ou ambos?”

Ricardo Mac Donald, em sua coluna desta sexta-feira, volta ao tema corrupção e burocracia na máquina pública brasileira; capitão do time do prefeito Gustavo Fruet, colunista cita artigo professor Claudio de Moura Castro, Doutor por Yale, publicado na última revista Veja; "Nada a acrescentar", afirma o capitão do time do prefeito Gustavo Fruet; leia o texto e compartilhe.

Ricardo Mac Donald, em sua coluna desta sexta-feira, volta ao tema corrupção e burocracia na máquina pública brasileira; capitão do time do prefeito Gustavo Fruet, colunista cita artigo professor Claudio de Moura Castro, Doutor por Yale, publicado na última revista Veja; “Nada a acrescentar”, afirma o capitão do time do prefeito Gustavo Fruet; leia o texto e compartilhe.

Ricardo Mac Donald*

Peço licença para interromper a série A Superestrutura do Estado! para trazer alguns trechos do ótimo artigo escrito pelo professor Claudio de Moura Castro, Doutor por Yale, publicado na última revista Veja. Leia mais