15 de agosto de 2014
por Esmael Morais
2 Comentários

Richa tenta “devolver” condenação a Gleisi por uso da máquina, mas perde

A Justiça Eleitoral julgou improcedente a acusação de que a candidata à  governadora, Gleisi Hoffmann, da coligação Paraná olhando pra Frente!, teria usado dois sites de notícias para divulgar a revogação da Portaria do Ministério da Fazenda que reduziu a cota de compras no exterior como mote de campanha. Na representação, a Coligação “Todos pelo Paraná” do candidato Beto Richa, alegava que Gleisi teria realizado publicidade ilegal.

Os veículos citados na acusação são o Blog do Esmael e o Blog de Valdir Cruz, no site Notícias Paraná. A notícia era do! anúncio feito por Gleisi! de que a cota de importados livre de impostos nas fronteiras terrestres seria mantida em 300 dólares.

Em sua decisão, o juiz auxiliar Guido José Dà¶beli concluiu que as matérias divulgadas por dois veículos de comunicação do Paraná não foram publicidade institucional da candidata, mas veiculação de notícias produzidas a partir da interpretação dada pelos jornalistas ao anúncio feito pela representada. Ora, se determinado candidato divulga um fato e tal divulgação vira notícia na imprensa, não se pode dizer que houve publicidade institucional, mas legítimo exercício da atividade jornalística, o qual não pode ser cerceado ou censurado vez que a plena liberdade de imprensa e de expressão é garantida constitucionalmente!, justifica o juiz.

José Dà¶beli reforça seu parecer dizendo que “nas notícias veiculadas tanto pelos blogs quanto pelas páginas em redes sociais da representada não houve a divulgação de atos, programas, obras públicas, serviços e campanhas, autorizadas por agentes públicos… Apenas fazem referência ao anúncio, pela representada, de medida tomada pelo governo federal no que toca à  política de cotas de importação regulamentadas por meio de portarias do Ministério da Fazenda”. Ainda observa que, na divulgação feita pela Empresa Brasileira de Comunicação sobre a suspensão da redução da cota pelo Governo, sequer citar o nome de Gleisi Hoffmann.

Para o coordenador jurídico da campanha Gleisi Hoffmann, Luiz Fernando Pereira, a ação foi apenas uma tentativa de politizar o fato, já que a notícia foi divulgada em outros meios de comunicação. Além disso, a candidata não tem competência para autorizar publicidade institucional do governo federal.

Durante visita à  cidade de Assunção, no dia 22 de julho, onde se encontrou com o presidente Horácio Cartes, no Palácio de los Lopes, e visitou o Senado paraguaio, Gleisi com Leia mais

15 de agosto de 2014
por Esmael Morais
21 Comentários

Luiza Erundina pode substituir candidatura de Eduardo Campos

do Brasil 247
A colunista Mônica Bergamo, uma das jornalistas mais bem-informadas do País, publicou, nesta tarde, uma informação que pode alterar os rumos da sucessão presidencial.

Segundo ela, uma ala do PSB estaria inclinada a lançar Luiza Erundina, ex-prefeita de São Paulo, ao Palácio do Planalto (leia aqui).

à‰ uma indicação clara de que não há consenso no PSB em torno do nome de Marina Silva, que enfrenta resistência do próprio presidente da legenda e sucessor de Eduardo Campos no cargo, Roberto Amaral.

Nacionalista e defensor de teses contrárias à s de Marina, como a energia nuclear, Amaral é aliado do ex-presidente Lula e, no passado, foi contrário à  candidatura do próprio Eduardo Campos. Ele defendia o apoio à  reeleição de Dilma.

Amaral também foi contrário à  aliança entre o PSB e a Rede, de Marina Silva.

O lançamento de Luiza Erundina seria uma saída para evitar a candidatura da ex-senadora.

Leia mais

15 de agosto de 2014
por Esmael Morais
66 Comentários

Requião destitui Serraglio e Pessuti. Rocha Loures assume o PMDB

Requião destituiu nesta sexta-feira (15) a executiva estadual do PMDB, que agora é presidida pelo ex-deputado presidida Rodrigo Rocha Loures; a secretaria geral do partido, que era pilotada pelo ex-governador Orlando Pessuti, passou ás mãos de Sérgio Ricci; o ex-presidente da agremiação, deputado federal Osmar Serraglio, foi acusado de fazer corpo mole! acerca da candidatura própria do partido aprovada em convenção estadual. Serraglio sonhava ser vice na chapa do governador Beto Richa; Pessuti havia declarado apoio ao tucano em detrimento da candidatura própria.

Requião destituiu nesta sexta-feira (15) a executiva estadual do PMDB, que agora é presidida pelo ex-deputado presidida Rodrigo Rocha Loures; a secretaria geral do partido, que era pilotada pelo ex-governador Orlando Pessuti, passou ás mãos de Sérgio Ricci; o ex-presidente da agremiação, deputado federal Osmar Serraglio, foi acusado de fazer corpo mole! acerca da candidatura própria do partido aprovada em convenção estadual. Serraglio sonhava ser vice na chapa do governador Beto Richa; Pessuti havia declarado apoio ao tucano em detrimento da candidatura própria.

O senador Roberto Requião (PMDB), embalado pela pesquisa Datafolha, que o coloca em empate técnico na corrida pelo governo do Paraná, na tarde desta sexta-feira (15), liderou pessoalmente a retomada da direção executiva do partido. Ele e a maioria do diretório estadual realizam uma reunião em frente à  sede da agremiação, no Centro de Curitiba, porque ainda não tem as chaves do prédio. ... 

Leia mais

15 de agosto de 2014
por Esmael Morais
41 Comentários

PT interpela criminalmente assessor de Beto Richa por insinuação sobre morte de Eduardo Campos

Blog do Esmael registrou na última quarta-feira (13), dia em que caiu o avião do ex-governador pernambucano Eduardo Campos (PSB), Júlio Jacob Júnior, assessor do governador Beto Richa, utilizou as redes sociais no horário de expediente para atribuir a morte do presidenciável ao PT; Reafirmo, suspeito sim de sabotagem, típica de fanatísmos como vários radicais do PT", escreveu no Facebook o assessor de Richa, causando indignação nos advogados e protestos de internautas.

Blog do Esmael registrou na última quarta-feira (13), dia em que caiu o avião do ex-governador pernambucano Eduardo Campos (PSB), Júlio Jacob Júnior, assessor do governador Beto Richa, utilizou as redes sociais no horário de expediente para atribuir a morte do presidenciável ao PT; Reafirmo, suspeito sim de sabotagem, típica de fanatísmos como vários radicais do PT”, escreveu no Facebook o assessor de Richa, causando indignação nos advogados e protestos de internautas.

O diretório estadual do PT do Paraná ingressou ontem (14) com uma interpelação criminal, em Curitiba, contra o advogado Júlio Jacob Júnior, assessor jurídico do governador Beto Richa (PSDB) e presidente da Copel Participações S/A. ... 

Leia mais

15 de agosto de 2014
por Esmael Morais
31 Comentários

Datafolha: àlvaro Dias tem 57% e Ricardo Gomyde 4%

Eleição para o Senado poderá repetir 2006, quando àlvaro foi ameaçado pela desafiante Gleisi Hoffmann; nesta sexta (15), Datafolha mostrou o tucano em situação confortável com 57% diante de 4% de Ricardo Gomyde.

Eleição para o Senado poderá repetir 2006, quando àlvaro foi ameaçado pela desafiante Gleisi Hoffmann; nesta sexta (15), Datafolha mostrou o tucano em situação confortável com 57% diante de 4% de Ricardo Gomyde.

O Datafolha divulgou nesta sexta-feira (15) a primeira pesquisa estadual no Paraná sobre a disputa do Senado Federal. Segundo o instituto, o senador àlvaro Dias (PSDB) tem 55% das intenções de voto e Ricardo Gomyde (PCdoB) possui 4%. ... 

Leia mais

15 de agosto de 2014
por Esmael Morais
193 Comentários

Richa e Requião estão tecnicamente empatados, diz pesquisa Datafolha

Segundo pesquisa Datafolha, Beto Richa e Roberto Requião estão tecnicamente empatados na disputa pelo governo do Paraná dentro da margem de erro da sondagem que é 3% para mais ou para menos. Governador tucano está numericamente à  frente do senador peemedebista: tem 39% das intenções de voto, contra 33% do peemedebista.  Em terceiro lugar está Gleisi Hoffmann (PT), com 11%.

Segundo pesquisa Datafolha, Beto Richa e Roberto Requião estão tecnicamente empatados na disputa pelo governo do Paraná dentro da margem de erro da sondagem que é 3% para mais ou para menos. Governador tucano está numericamente à  frente do senador peemedebista: tem 39% das intenções de voto, contra 33% do peemedebista. Em terceiro lugar está Gleisi Hoffmann (PT), com 11%.

O jornal Folha de S. Paulo e o programa Bom Dia Paraná, da RPCTV (Globo), divulgaram nesta sexta-feira (15) a primeira pesquisa estadual Datafolha sobre a corrida pelo governo do Paraná.  ... 

Leia mais

15 de agosto de 2014
por Esmael Morais
27 Comentários

Coluna do Ricardo Mac Donald: Judiciário custa muito caro ao Brasil

Ricardo Mac Donald, em sua coluna desta sexta-feira, traz à  luz a A Superestrutura do Estado !“ Parte II!, onde destaca que os superfuncionários do Brasil, incluído os juízes e promotores, aparecem como os mais bem pagos do mundo. Gastamos com o judiciário, por habitante, mais do que o dobro da média dos países europeus. Em relação ao PIB, nenhum país europeu se aproxima. Os juízes e promotores em início de carreira ganham mais do que o dobro da média europeia!, revela o colunista ao comparar os salários anuais dos magistrados brasileiros, em euros, com os de colegas de toga em cinco países europeus: França, Alemanha, Portugal, Espanha e Suécia; leia o texto e compartilhe.

Ricardo Mac Donald, em sua coluna desta sexta-feira, traz à  luz a A Superestrutura do Estado !“ Parte II!, onde destaca que os superfuncionários do Brasil, incluído os juízes e promotores, aparecem como os mais bem pagos do mundo. Gastamos com o judiciário, por habitante, mais do que o dobro da média dos países europeus. Em relação ao PIB, nenhum país europeu se aproxima. Os juízes e promotores em início de carreira ganham mais do que o dobro da média europeia!, revela o colunista ao comparar os salários anuais dos magistrados brasileiros, em euros, com os de colegas de toga em cinco países europeus: França, Alemanha, Portugal, Espanha e Suécia; leia o texto e compartilhe.

Ricardo Mac Donald* ... 

Leia mais