14 de agosto de 2014
por Esmael Morais
3 Comentários

Datafolha adiado para amanhã

Segundo informações obtidas pelo Blog do Esmael, os números da corrida pelo Palácio Iguaçu serão divulgados na edição desta sexta-feira (15) pelo jornal Folha de S. Paulo.

Segundo informações obtidas pelo Blog do Esmael, os números da corrida pelo Palácio Iguaçu serão divulgados na edição desta sexta-feira (15) pelo jornal Folha de S. Paulo.

A morte do presidenciável Eduardo Campos (PSB) atrasou a divulgação da pesquisa Datafolha sobre a disputa pelo governo do Paraná. A sondagem estava prevista para hoje, horas antes do debate que haveria entre os candidatos, que também foi transferido para dia 28 pela Band Curitiba. ... 

Leia mais

14 de agosto de 2014
por Esmael Morais
12 Comentários

Fernanda Richa já jogou a toalha?

Prefeito Gustavo Fruet colocou a barba de molho!, nesta semana, ao saber que Fernanda Richa pensa em brevíssimo prazo disputar cargo eletivo; revelação coube ao repórter Rogério Galindo, da Gazeta do Povo; até as capivaras do Parque Barigui sabem que a primeira-dama está de olho no cargo do pedetista; hoje, a legislação a proíbe de concorrer a cargo público porque seu marido, Beto Richa, luta pela reeleição; ela só poderia concorrer em 2016, por exemplo, se o esposo for derrotado em outubro; será que a primeira-dama Fernanda Richa já jogou a toalha e aposta na derrota do governador?

Prefeito Gustavo Fruet colocou a barba de molho!, nesta semana, ao saber que Fernanda Richa pensa em brevíssimo prazo disputar cargo eletivo; revelação coube ao repórter Rogério Galindo, da Gazeta do Povo; até as capivaras do Parque Barigui sabem que a primeira-dama está de olho no cargo do pedetista; hoje, a legislação a proíbe de concorrer a cargo público porque seu marido, Beto Richa, luta pela reeleição; ela só poderia concorrer em 2016, por exemplo, se o esposo for derrotado em outubro; será que a primeira-dama Fernanda Richa já jogou a toalha e aposta na derrota do governador?

O repórter Rogério Galindo, da Gazeta do Povo, anotou esta semana que a primeira-dama do estado, Fernanda Richa, não descarta disputar cargo eletivo em brevíssimo prazo (clique aqui). O fato repercutiu inclusive nos canais de comunicação do tucanato nativo. ... 

Leia mais

14 de agosto de 2014
por Esmael Morais
29 Comentários

Veja essa: Para ficar no cargo, Serraglio decreta luto oficial! no PMDB pela morte de Campos

Deputado Osmar Serraglio se agarra ao cadáver! do presidenciável Eduardo Campos para se segurar na presidência do PMDB do Paraná; parlamentar decretou hoje "luto de três dias" com objetivo de manter fechada a sede da agremiação, em Curitiba, na tentativa de adiar reunião convocada amanhã (15), à s 14 horas, para dissolver a executiva; tropa de Requião avisa que o encontro vai ocorrer de qualquer jeito, até na rua, pois já teria a maioria das assinaturas necessárias para fazer a troca do comando no partido; Serraglio e outros membros da executiva que ainda flertam com o tucano Beto Richa, mesmo depois de derrotados na convenção peemedebista.

Deputado Osmar Serraglio se agarra ao cadáver! do presidenciável Eduardo Campos para se segurar na presidência do PMDB do Paraná; parlamentar decretou hoje “luto de três dias” com objetivo de manter fechada a sede da agremiação, em Curitiba, na tentativa de adiar reunião convocada amanhã (15), à s 14 horas, para dissolver a executiva; tropa de Requião avisa que o encontro vai ocorrer de qualquer jeito, até na rua, pois já teria a maioria das assinaturas necessárias para fazer a troca do comando no partido; Serraglio e outros membros da executiva que ainda flertam com o tucano Beto Richa, mesmo depois de derrotados na convenção peemedebista.

O presidente do PMDB do Paraná, deputado Osmar Serraglio, na marca do pênalti, decretou! hoje na sigla que dirige luto de três dias pela morte do presidenciável Eduardo Campos (PSB). O ex-governador pernambucano vai ser enterrado neste domingo (17) em Recife. ... 

Leia mais

14 de agosto de 2014
por Esmael Morais
6 Comentários

Lula sobre Campos: “Nós éramos mais do que políticos amigos”

Ex-presidente Lula, nesta quinta (14), emocionado, disse que ele e Eduardo Campos eram  mais do que amigos políticos; Nós éramos companheiros", declarou o petista; enterro do corpo do ex-governador de Pernambuco será à s 16h deste domingo (17), em Recife; (Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula).

Ex-presidente Lula, nesta quinta (14), emocionado, disse que ele e Eduardo Campos eram mais do que amigos políticos; Nós éramos companheiros”, declarou o petista; enterro do corpo do ex-governador de Pernambuco será à s 16h deste domingo (17), em Recife; (Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula).

“Nós éramos mais do que políticos amigos, nós éramos companheiros”. Foi assim que Lula, emocionado, definiu a relação com o ex-presidenciável Eduardo Campos (PSB), na tarde de hoje, ao conversar com a imprensa no Instituto Lula.  ... 

Leia mais

14 de agosto de 2014
por Esmael Morais
43 Comentários

Requião promete mandar para cadeia os atuais diretores da Copel

O senador Roberto Requião (PMDB), candidato ao Palácio Iguaçu, nesta quinta-feira (14), pelo Twitter, se comprometeu a mandar para a cadeira os responsáveis pela quebradeira da Companhia Paranaense de Energia (Copel). ... 

Leia mais

14 de agosto de 2014
por Esmael Morais
29 Comentários

MPF quer que Beto Richa seja investigado por suposto caixa 2

O candidato à  reeleição, governador Beto Richa (PSDB), deve ser investigado por suposto caixa dois por não ter apresentado à  Justiça Eleitoral a prestação de contas dos primeiros 30 dias de campanha.

à‰ o que recomenda parecer da Procuradoria Regional Eleitoral !“ órgão vinculado ao Ministério Público Federal (MPF) !“ encaminhado na manhã desta quinta-feira (14) a Corte do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/PR).

O procurador regional eleitoral, Alessandro José Fernandes de Oliveira, afirma que o caso precisa ser investigado por conta da existência de indicativos probatórios iniciais da ocorrência de ilícitos eleitorais nas contas dos representados, como caixa dois e abuso do poder econômico, que necessitam de aprofundamento investigatório, haja vista que os elementos iniciais não são suficientes para uma análise exauriente!.

Em outro trecho do parecer, novamente o procurador reafirma que a postura de Beto Richa ao esconder a prestação de contas aponta para existência de um caixa-dois de campanha. Ao postergar a prestação das devidas informações por exigência legal a todos os candidatos imposta, para além de violarem a legislação eleitoral relativa à  prestação de contas, a conduta dos representados dá fortes indicativos probatórios iniciais de ocorrência de caixa dois (movimentação de gastos sem tramitação na conta bancária específica)”.

Além de se manifestar pela abertura da investigação por suposto caixa dois, o procurador recomenda que seja fixada multa diária caso Richa não apresente a prestação de contas dos primeiros 30 dias de campanha.

O caso

Na última sexta-feira (8), em decisão inédita no país, a Justiça Eleitoral determinou que, no prazo máximo de 48 horas, o governador Beto Richa apresentasse os valores arrecadados e gastos por sua campanha no primeiro mês.

Contrariando a legislação eleitoral, Richa entregou zerada a primeira prestação de contas, alegando que não arrecadou e nem gastou nada nos primeiros 30 dias de campanha.

A decisão da juíza Renata Estorilho Baganha atendeu a representação da coligação Paraná Olhando pra Frente, que tem Gleisi Hoffmann (PT) como candidata à  governadora.

Para comprovar que Richa havia realizado gastos no primeiro mês de campanha, a coligação de Gleisi Hoffmann apresentou ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR) adesivos, panfletos, fotos e notícias veiculadas na internet que mostram o governador inaugurando comitês e participando de eventos de campanha em diversas regiões do Paraná.

Até hoje, a coligação de Richa não explicou à  Justiça Eleitoral os gastos dos primeiros 30 dias.

Confira ab Leia mais

14 de agosto de 2014
por Esmael Morais
3 Comentários

Band define dia 28 para debate de candidatos ao governo do PR

Confronto televisivo com candidatos ao governo do Paraná, daqui a duas semanas, terá Bernardo Pilotto (PSOL), Beto Richa (PSDB), Geonísio Marinho (PRTB), Ogier Buchi (PRP), Roberto Requião (PMDB), Rodrigo Tomazini (PSTU), Gleisi Hoffmann (PT) e Túlio Bandeira (PTC).

Confronto televisivo com candidatos ao governo do Paraná, daqui a duas semanas, terá Bernardo Pilotto (PSOL), Beto Richa (PSDB), Geonísio Marinho (PRTB), Ogier Buchi (PRP), Roberto Requião (PMDB), Rodrigo Tomazini (PSTU), Gleisi Hoffmann (PT) e Túlio Bandeira (PTC).

O Debate da TV Band entre os candidatos ao governo do Paraná foi transferido par ao dia 28 de agosto, quinta-feira. O primeiro encontro entre os oito candidatos foi adiado em função da morte do candidato à  presidência Eduardo Campos (PSB) e do cancelamento de agendas de campanha em todo país.  ... 

Leia mais

14 de agosto de 2014
por Esmael Morais
19 Comentários

Morto é principal cabo eleitoral de candidato a deputado no Paraná

Que as pessoas ficam mais legais quando morrem todo mundo fala. Mas será que morto dá voto? Essa é aposta do candidato a deputado estadual Marquinhos Roque (PMDB), que usa a imagem de seu pai falecido, o ex-prefeito de Paranaguá e ex-deputado estadual, Mario Roque; que morreu quando estava à  frente da prefeitura da maior cidade do litoral paranaense em julho do ano passado. A novidade está na forma como a imagem é utilizada. Nos materiais de campanha de Marquinhos aparece uma foto de seu pai como se fosse um fantasma. Para completar, o sobrenome Roque recebe uma aureola de santo, como na novela Roque Santeiro exibida nos anos 80 pela TV Globo.

Na história do nosso país há diversos casos em que pessoas mortas serviram a objetivos políticos. Um dos casos mais conhecidos é do presidente da então província da Paraíba, João Pessoa. Seu assassinato quando era candidato a vice-presidente na chapa com Getúlio Vargas foi o estopim para a revolução de 1930. Seu corpo foi embalsamado e o esquife ficou exposto à  visitação pública por vários dias na Paraíba, até ser transportado para ser sepultado no Rio de Janeiro.

O Paraná está cheio de herdeiros políticos!, como o governador Beto Richa (PSDB), o deputado Alexandre Curi (PMDB), entre outros. ! O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), se elegeu deputado federal em 1996 substituindo seu pai, Mauricio Fruet, falecido poucos dias antes das eleições.

A trágica morte do candidato a presidente Eduardo Campos (PSB) ocorrida ontem (13) trouxe o tema à  tona. Analistas políticos! costumam afirmar que casos de vitimização, como falecimentos de parentes ou correligionários, tendem a atrair a simpatia dos eleitores, o que pode ser revertido em votos.

Mas Marquinhos Roque é campeão em enfatizar a herança! no material de campanha. Seu irmão, Marcelo Roque, candidato a deputado federal pelo PV é mais discreto. Limita-se a usar o slogan Com a experiência e a força do povo, é Roque de novo!”, numa clara referência ao pai, visto que é bem novo e não tem lá muita experiência.

Já Marquinhos resolveu não arriscar e abandonou a sutileza. Ele deve pensar que se o pai era bom de voto, é melhor! fazer de tudo para garantir que esse capital político lhe sirva de herança.

Leia mais

14 de agosto de 2014
por Esmael Morais
21 Comentários

Mais uma da SEED: aprovados terão de bancar os exames admissionais

O Concurso Público do Magistério Estadual está na fase de exames e avaliações médicas. Dias atrás o Blog do Esmael falou da necessidade dos aprovados de provarem que não são doidos para poderem assumir os respectivos cargos. Além disso, outro fator está causando grande revolta nos candidatos, que é o custo dos exames e avaliações médicas exigidas no processo.

O item 3.1 do Edital N!° 169/2014 publicado no dia 08 de agosto, sexta-feira da semana passada determina que os exames de Auxílio Diagnóstico e as Avaliações Médicas Especializadas, a serem realizados à s ! custas dos candidatos, estão relacionados no Anexo II deste Edital.!

Os exames são: hemograma completo, glicose, ureia, creatinina e audiometria tonal aérea. As avaliações médicas especializadas são: psiquiátrica, ortopédica, cardiovascular com eletrocardiograma (para menores de 45 anos) e cardiovascular com eletrocardiograma e teste de esforço (para maiores de 45 anos), e avaliação oftalmológica com acuidade visual.

Alguns candidatos já orçaram os exames e avaliações e relatam que devem custar entre R$ 400,00 e 800,00 reais, dependendo da clínica. Os concursados questionam o porquê de os exames não serem agendados pelo SUS, que é público, ou pelo SAS, que existe para justamente atender aos servidores. Qual é o interesse do governo em firmar convênios com clínicas particulares?

O pior de tudo é que os candidatos vão ter de pagar esses valores com o risco de serem considerados inaptos para a função, e podem ainda ficar sem a vaga, e arcar com o prejuízo. Abaixo, confira a íntegra do edital 169/2014 e a lista completa de exames:

Edital 169/2014

http://s3.amazonaws.com/static.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2014/08/20125016/edital169.pdf

Lista de Exames

http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2014/08/relação-de-exames.pdf

Leia mais

14 de agosto de 2014
por Esmael Morais
28 Comentários

Se ninguém impugnar, hoje tem pesquisa Datafolha no Paraná

O instituto Datafolha deverá divulgar no começo da noite desta quinta-feira (14) a primeira pesquisa estadual para o governo do estado. O Paraná apresenta uma das eleições mais judicializadas do país, portanto, o leitor não poderá estranhar se a sondagem for impugnada antes mesmo de sua divulgação.

O instituto Datafolha deverá divulgar no começo da noite desta quinta-feira (14) a primeira pesquisa estadual para o governo do estado. O Paraná apresenta uma das eleições mais judicializadas do país, portanto, o leitor não poderá estranhar se a sondagem for impugnada antes mesmo de sua divulgação.

O instituto Datafolha deverá divulgar no começo da noite desta quinta-feira (14) a primeira pesquisa estadual para o governo do Paraná. ... 

Leia mais

14 de agosto de 2014
por Esmael Morais
9 Comentários

Sem censura: Richa perde mais uma e Justiça garante no ar site de Requião

Justiça havia determinado no começo da semana a retirada da página após representação do governador Beto Richa. No entanto, o juiz Leonardo Castanho Mendes acatou a defesa peemedebista e entendeu que não houve irregularidade no uso dos endereços eletrônicos que levam ao site oficial de Requião. A campanha de reeleição do tucano vem colecionando importantes derrotas no front jurídico destas eleições. A tentativa de censurar sites e judicializar a opinião política tem sido uma das estratégias dos advogados de Richa, que, para o bem da liberdade de expressão, vai batendo na trave.

Justiça havia determinado no começo da semana a retirada da página após representação do governador Beto Richa. No entanto, o juiz Leonardo Castanho Mendes acatou a defesa peemedebista e entendeu que não houve irregularidade no uso dos endereços eletrônicos que levam ao site oficial de Requião. A campanha de reeleição do tucano vem colecionando importantes derrotas no front jurídico destas eleições. A tentativa de censurar sites e judicializar a opinião política tem sido uma das estratégias dos advogados de Richa, que, para o bem da liberdade de expressão, vai batendo na trave.

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE) reconsiderou decisão liminar e decidiu manter no ar o site oficial da candidatura de Roberto Requião (PMDB), candidato ao Palácio Iguaçu.  ... 

Leia mais

14 de agosto de 2014
por Esmael Morais
10 Comentários

Pós-Campos: Candidatura de Marina não interessa a Aécio nem a Dilma

à€ primeira vista, com o desaparecimento de Eduardo Campos, soa como natural que a vaga seja "herdada" pela ex-senadora Marina Silva, vice na chapa socialista. Entretanto, uma eventual candidatura de Marina à  Presidência da República não interessa a Aécio Neves (PSDB) nem a Dilma Rousseff (PT). Ela também tem muita resistência no PSB e não é confiável à  velha mídia, que teme aventura parecida como a que foi Collor de Mello.

à€ primeira vista, com o desaparecimento de Eduardo Campos, soa como natural que a vaga seja “herdada” pela ex-senadora Marina Silva, vice na chapa socialista. Entretanto, uma eventual candidatura de Marina à  Presidência da República não interessa a Aécio Neves (PSDB) nem a Dilma Rousseff (PT). Ela também tem muita resistência no PSB e não é confiável à  velha mídia, que teme aventura parecida como a que foi Collor de Mello.

Algumas horas depois do trágico acidente aéreo que levou o presidenciável Eduardo Campos já se falava em substituição do candidato do PSB. à€ primeira vista soa como natural que a vaga seja “herdada” pela ex-senadora Marina Silva, vice na chapa socialista. ... 

Leia mais

14 de agosto de 2014
por Esmael Morais
13 Comentários

Coluna do Requião Filho: “Eu não tenho tempo para política”

Requião Filho, em sua coluna desta quinta-feira, faz uma abordagem sobre a importância dos trabalhadores urbanos e rurais participarem da política; colunista afirma que tudo no mundo da produção -- e da vida -- tem relação direta com as boas e más escolhas que fazemos no cotidiano; Uma lei mal votada, um imposto aumentado, uma tarifa maximizada, um salário mínimo regional, uma escola reformada, um novo hospital, tudo interfere diretamente em nossas vidas de forma positiva ou negativa!, afirma Requião Filho, que alerta: Tenha tempo para a política e não jogue seu voto fora, sob pena de passar mais quatro anos reincidindo nas mesmas reclamações!; leia o texto e compartilhe.

Requião Filho, em sua coluna desta quinta-feira, faz uma abordagem sobre a importância dos trabalhadores urbanos e rurais participarem da política; colunista afirma que tudo no mundo da produção — e da vida — tem relação direta com as boas e más escolhas que fazemos no cotidiano; Uma lei mal votada, um imposto aumentado, uma tarifa maximizada, um salário mínimo regional, uma escola reformada, um novo hospital, tudo interfere diretamente em nossas vidas de forma positiva ou negativa!, afirma Requião Filho, que alerta: Tenha tempo para a política e não jogue seu voto fora, sob pena de passar mais quatro anos reincidindo nas mesmas reclamações!; leia o texto e compartilhe.

Requião Filho* ... 

Leia mais