6 de agosto de 2014
por esmael
26 Comentários

Supersincero!, Marcelo Almeida diz não ver saída para o pedágio no PR

O empresário Marcelo Almeida, candidato ao Senado pelo PMDB, o supersincero!, nesta quarta-feira (6), em entrevista ao repórter Ivan Santos, do Bem Paraná, confessou não ver saída para o problema das altas tarifas do pedágio.

Além de ser o candidato mais rico com patrimônio declarado de R$ 800 milhões, o peemedebista é herdeiro da CR Almeida e “dono do pedágio mais caro do mundo”, que liga Curitiba ao Litoral.

“Eu não vejo saída. Eu não vejo uma movimentação. Virou um assunto político. Porque tem pedágio? à‰ muito fácil o pessoal do PT, do PSDB me criticar”, esquivou-se.

Leia a íntegra da entrevista com Marcelo Almeida:

Marcelo Almeida tem na ponta da língua a resposta para os críticos que o vêem apenas como o candidato mais rico do Brasil! e dono do pedágio!. Primeiro, diz que justamente por ser herdeiro da CR Almeida !“ uma das maiores empreiteiras do País !“ e um patrimônio pessoal declarado de quase R$ 800 milhões, é um dos poucos que pode dizer que está nesta eleição não por dinheiro, mas por um ideal. Segundo: As pessoas que me criticam pelo pedágio são as primeiras a bater na CR Almeida para pegar dinheiro!.

Com uma franqueza incomum para os políticos tradicionais, ele confessa não ver saída para o problema das altas tarifas. E aponta que o problema do pedágio é fruto da falta de recursos públicos para investimentos nas estradas provocada pela corrupção, que na sua avaliação, envolve governos de todos os partidos nas últimas décadas.

Candidato ao Senado pelo PMDB ao lado do senador e candidato ao governo, Roberto Requião, Almeida também garante não ver contradições nessa parceria, apesar de seu companheiro de chapa ter sido eleito governador em 2006 sob o slogan do abaixa ou acaba! contra o pedágio. E diz ainda que o Paraná precisa ter um senador voltado mais para as questões do Estad Leia mais

6 de agosto de 2014
por esmael
13 Comentários

Pagamento à  vista no comércio poderá ter desconto

via Agência Senado

O Plenário do Senado aprovou, nesta quarta-feira (6), o projeto de decreto legislativo (PDS) 31/2013 susta efeitos da Resolução 34/1989, do Conselho Nacional de Defesa do Consumidor, que proibia ao comerciante estabelecer diferença de preço de venda quando o pagamento ocorresse por meio de cartão de crédito. Com a medida aprovada, o comerciante poderá voltar a estabelecer preços diferentes para o mesmo produto, no caso de o pagamento ser feito à  vista ou no cartão. De autoria do senador Roberto Requião (PMDB-PR), o projeto tramitava em regime de urgência, já tendo sido aprovado na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) em abril de 2014.

A proibição do desconto, incorporando o preço do cartão a todos os custos do país, foi feita de forma ilegal. Quem pode decidir uma questão dessa ordem é o Congresso Nacional.! Disse Requião, que acusou parlamentares contrários à  proposta “de servir ao deus Mamon”, ou ao dinheiro, conforme a advertência de Cristo no Sermão do Monte.

Requião e Lídice argumentaram que o Conselho Nacional de Defesa do Consumidor não tem competência para instituir normas que criem obrigações a particulares. Com a resolução, sublinharam os parlamentares, o órgão exerceu poder normativo inexistente, ao proibir a cobrança de preços diferentes por parte dos fornecedores na hipótese de pagamento por meio de cartão de crédito. A relatora disse ainda que a resolução viola direitos individuais ao estabelecer, sem base em qualquer fundamento jurídico válido, restrição à  atividade econômica.

Parlamentares como Romero Jucá (PMDB-RR) e Ana Amélia (PP-RS) defenderam o adiamento da votação do PDS, com requerimentos prevendo a análise do projeto também pelas comissões de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) e de Assuntos Econômicos (CAE).

Segundo Ana Amélia, entidades como o Idec e a Proteste têm dúvi Leia mais

6 de agosto de 2014
por esmael
19 Comentários

Richa faz mea culpa da falta de obras: “Não fiz tudo que queria”

Governador Beto Richa, em visita ao Norte Pioneiro, nesta quarta (6), fez mea culpa da pouca realização na gestão que se finda; "Não fiz tudo que queria para o Norte Pioneiro", reconheceu, mas fez autoelogio no quesito pluralidade; Isso revela que nosso governo não discrimina ninguém, é uma gestão municipalista, voltada à  melhoria da vida das pessoas"; entretanto, tucano não comentou nada sobre a prisão do prefeito de São Jerônimo da Serra, Adir dos Santos Leite, correligionário no PSDB e coordenador de sua campanha na região Norte.

Governador Beto Richa, em visita ao Norte Pioneiro, nesta quarta (6), fez mea culpa da pouca realização na gestão que se finda; “Não fiz tudo que queria para o Norte Pioneiro”, reconheceu, mas fez autoelogio no quesito pluralidade; Isso revela que nosso governo não discrimina ninguém, é uma gestão municipalista, voltada à  melhoria da vida das pessoas”; entretanto, tucano não comentou nada sobre a prisão do prefeito de São Jerônimo da Serra, Adir dos Santos Leite, correligionário no PSDB e coordenador de sua campanha na região Norte.

O governador Beto Richa (PSDB), candidato à  reeleição, nesta quarta-feira (6), fez um mea culpa na reta final de seu mandato. Restando apenas quatro meses de gestão, o tucano reconheceu que não fez “tudo que queria” para a região Norte Pioneiro. ... 

Leia mais

6 de agosto de 2014
por esmael
9 Comentários

“Fiscal do Requião” flagra candidatos louquinhos! para pular a cerca

Genival, alter ego do senador Roberto Requião, ganha perfil no Facebook para receber denúncia de abuso do poder econômico durante a campanha; "Crime eleitoral é o escambau", grita Genival, também conhecido como "Fiscal do Requião", que estimula delação pelas redes sociais; na primeira ronda de trabalho, nesta quarta-feira (6), Genival tirou retrato de placas dos deputados Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), Mauro Moraes (PSDB) e Osmar Bertoldi (DEM). Em comum, todos eles, omitiram as candidaturas de Requião e do governador Beto Richa (PSDB) da propaganda de rua; taca-lhe pau, Genival!, diz no perfil do Fiscal do Requião.

Genival, alter ego do senador Roberto Requião, ganha perfil no Facebook para receber denúncia de abuso do poder econômico durante a campanha; “Crime eleitoral é o escambau”, grita Genival, também conhecido como “Fiscal do Requião”, que estimula delação pelas redes sociais; na primeira ronda de trabalho, nesta quarta-feira (6), Genival tirou retrato de placas dos deputados Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), Mauro Moraes (PSDB) e Osmar Bertoldi (DEM). Em comum, todos eles, omitiram as candidaturas de Requião e do governador Beto Richa (PSDB) da propaganda de rua; taca-lhe pau, Genival!, diz no perfil do Fiscal do Requião.

A campanha do senador Roberto Requião (PMDB), candidato ao governo do Paraná, criou o personagem Genival com o intuito de receber denúncias de abuso do poder econômico na campanha eleitoral. O alter ego do peemedebista até ganhou um perfil “Taca-lhe pau, Genival” no Facebook para interagir com eleitores. ... 

Leia mais

6 de agosto de 2014
por esmael
57 Comentários

Prefeito do PSDB que coordena campanha de Richa é preso pelo Gaeco

Governador Beto Richa perdeu nesta quarta-feira (6) importante coordenador de campanha à  reeleição na região da Associação dos Municípios do Norte do Paraná (Amunop); prefeito tucano de São Jerônimo da Serra, Adir dos Santos Leite, foi preso pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) sob a acusação de formação de quadrilha, peculato, corrupção passiva e ativa, lavagem de dinheiro, fraude a licitação e organização criminosa. O Ministério Público também faz operação nos municípios de Santa Cecília do Pavão, Maringá, São Sebastião da Amoreira, Fazenda Rio Grande, Pinhalão, Nova Santa Bárbara e Mandirituba.

Governador Beto Richa perdeu nesta quarta-feira (6) importante coordenador de campanha à  reeleição na região da Associação dos Municípios do Norte do Paraná (Amunop); prefeito tucano de São Jerônimo da Serra, Adir dos Santos Leite, foi preso pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) sob a acusação de formação de quadrilha, peculato, corrupção passiva e ativa, lavagem de dinheiro, fraude a licitação e organização criminosa. O Ministério Público também faz operação nos municípios de Santa Cecília do Pavão, Maringá, São Sebastião da Amoreira, Fazenda Rio Grande, Pinhalão, Nova Santa Bárbara e Mandirituba.

O prefeito Adir dos Santos Leite (PSDB), de São Jerônimo da Serra, região Norte do estado, foi preso na manhã desta quarta-feira (6) pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). O tucano é coordenador da campanha do governador Beto Richa (PSDB) na região que reúne os municípios da Amunop (Associação dos Municípios do Norte do Paraná). ... 

Leia mais

6 de agosto de 2014
por esmael
33 Comentários

Richa sacrifica ensino médio em Pato Branco para reduzir gastos

Um comunicado de março, mas que foi mantido em sigilo até agora, da Secretaria de Estado da Educação (SEED) do governo do Paraná determina o fechamento das turmas de ensino médio noturno no tradicional Colégio La Salle de Pato Branco. A justificativa seria de que a demanda é reduzida, visto que há somente! 100 alunos divididos em três turmas. Qualquer profissional de educação sabe que uma turma com mais de 30 alunos não pode ser considerada pequena.

O Blog do Esmael vem noticiando há tempos o abandono da educação pública no governo Beto Richa. O tucano enfrentou uma greve e diversos protestos pela maneira como a área vem sendo administrada. Já houve até falta de merenda em escolas. Trata-se mais um desdobramento do “choque de gestão” do governo Beto Richa, ou seja, com o fechamento das salas de aula reduz-se o quadro de professores. No comunicado há também a orientação para que o valor do aluguel seja renegociado e reduzido. ! Dessa forma, o governo tenta cumprir o limite prudencial (gasto em folha) previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal, sem o qual fica impedido de obter empréstimos.

O Colégio La Salle Pato Branco é fruto de parceria, na qual a Associação de Pais e Mestres é responsável pelo corpo docente e pela manutenção da escola e a Rede La Salle contribui, cedendo o edifício e prestando apoio pedagógico e formativo à  comunidade educativa.

Leia aqui o fac símile do comunicado da SEED:

http://s3.amazonaws.com/static.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2014/08/20123949/CE-La-Salle.pdf

Leia mais

6 de agosto de 2014
por esmael
30 Comentários

Sob Richa, Paraná teve “pibinho” se comparado ao governo Requião

Sob a gestão de Beto Richa o estado teve um "pibinho" acumulado real de 12,53% ao passo que a arrecadação cresceu 25,25%. "A arrecadação cresceu duas vezes mais rápido do que a produção", análise obtida pelo Blog do Esmael; a título de comparação, o crescimento acumulado real no governo Requião (2007-2010) foi de 20,83%, ainda que afetado negativamente pela crise mundial de 2009; no período, a arrecadação de ICMS cresceu 24,04%; pelo Twitter, senador do PMDB promete acabar com a "farra da substituição tributária que está quebrando empresas no Paraná" caso seja eleito para um quarto mandato.

Sob a gestão de Beto Richa o estado teve um “pibinho” acumulado real de 12,53% ao passo que a arrecadação cresceu 25,25%. “A arrecadação cresceu duas vezes mais rápido do que a produção”, análise obtida pelo Blog do Esmael; a título de comparação, o crescimento acumulado real no governo Requião (2007-2010) foi de 20,83%, ainda que afetado negativamente pela crise mundial de 2009; no período, a arrecadação de ICMS cresceu 24,04%; pelo Twitter, senador do PMDB promete acabar com a “farra da substituição tributária que está quebrando empresas no Paraná” caso seja eleito para um quarto mandato.

O Blog do Esmael teve acesso a um detalhado estudo sobre o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) do Paraná nos últimos três anos do governo Beto Richa (PSDB). Segundo as análises, sob a gestão do tucano o estado teve um “pibinho” acumulado real de 12,53% ao passo que a arrecadação cresceu 25,25%. “A arrecadação cresceu duas vezes mais rápido do que a produção”, observa o documento vazado por membros das secretarias da Fazenda e do Planejamento. ... 

Leia mais

6 de agosto de 2014
por esmael
21 Comentários

PT anuncia abertura de CPI para investigar propina no metrô de SP

da Agência Senado e Brasil 247
O Senado instala nesta quarta-feira a chamada CPI Mista do Metrô de São Paulo. A reunião para o início dos trabalhos está marcada para as 15h e será presidida pelo senador Eduardo Suplicy (PT-SP), como membro mais antigo da comissão.

Neste primeiro encontro devem ser eleitos o presidente e o vice, bem como escolhido o relator da comissão.

A CPI Mista do Metrô foi proposta pela base de apoio ao governo no Congresso. O objetivo é apurar denúncias de formação de cartel, corrupção de autoridades e outros ilícitos nos contratos, licitações, execução de obras e manutenção de linhas de trens e metrôs em gestões tucanas em São Paulo. Mas, sobretudo, o PT visa minar a reeleição do governador Geraldo Alckmin.

A investigação será conduzida por 13 senadores e 14 deputados. A maioria faz parte do bloco de apoio ao governo federal. O pedido para a criação da comissão foi apresentado no mês de maio. O prazo previsto para as averiguações é de 120 dias.

O nosso desafio será o de dar quorum para a reunião marcada para as 15h. Se isso ocorrer, se houver quorum, será uma vitória política. O presidente Renan não vinha se empenhando. Não é revanche!, garante o líder do PT no Senado, Humberto Costa.

Pelo rodízio, o relator da CPI do Metrô será o deputado Renato Simões (PT-SP). O presidente será um senador do PMDB.

Leia mais