Velha mídia usa tragédia em BH para sua revanche na Copa

do Brasil 247

Constrangida pelo sucesso do Mundial, reconhecido dentro e fora do Pais, oligopólio da mídia familiar no Brasil se escora no acidente de engenharia ocorrido ontem em Belo Horizonte para uma pequena vingança; na Folha, a queda de um viaduto se transformou em "Obra inacabada da Copa desaba e mata 1 em BH"; no Globo, "Viaduto de obra da Copa desaba e mata 2 em BH"; no Estado, "Viaduto planejado para Copa cai e mata 2"; nos três jornais, ênfase no fato de se tratar de uma obra do PAC, o Plano de Aceleração do Crescimento, que, embora federal, depende da execução de estados e municípios; no caso concreto, a responsabilidade pela execução da obra era da prefeitura de Belo Horizonte, governada por Marcio Lacerda, do PSB, que viu "falha de engenharia".

Constrangida pelo sucesso do Mundial, reconhecido dentro e fora do Pais, oligopólio da mídia familiar no Brasil se escora no acidente de engenharia ocorrido ontem em Belo Horizonte para uma pequena vingança; na Folha, a queda de um viaduto se transformou em “Obra inacabada da Copa desaba e mata 1 em BH”; no Globo, “Viaduto de obra da Copa desaba e mata 2 em BH”; no Estado, “Viaduto planejado para Copa cai e mata 2”; nos três jornais, ênfase no fato de se tratar de uma obra do PAC, o Plano de Aceleração do Crescimento, que, embora federal, depende da execução de estados e municípios; no caso concreto, a responsabilidade pela execução da obra era da prefeitura de Belo Horizonte, governada por Marcio Lacerda, do PSB, que viu “falha de engenharia”.

Até aqui, a imprensa familiar brasileira vinha sofrendo a maior goleada da história das Copas. Depois de apostar no fiasco da Copa do Mundo de 2014 e usar seus colunistas para disseminar o pânico de um vexame internacional, o pequeno oligopólio da mídia no Brasil tentou marcar nesta sexta-feira, dia em que o Brasil decide contra a Colômbia uma vaga nas semifinais, um golzinho de honra. Nem que para isso tenha sido necessário explorar uma tragédia, ocorrida ontem em Belo Horizonte, onde um viaduto desabou e matou duas pessoas.

O lamentável acidente, decorrente de uma provável falha de engenharia da empreiteira Cowan, ganhou uma embalagem peculiar nos jornais brasileiros, com sabor de vingança. Na Folha, o fato se transformou na manchete “Obra inacabada da Copa desaba e mata 1 em BH”. No Globo, “Viaduto de obra da Copa desaba e mata 2 em BH”. No Estado, “Viaduto planejado para Copa cai e mata 2”. Ou seja: depois da constatação de que os aeroportos funcionaram a contento e de que os estádios (que para determinado grupo de mídia ficariam prontos apenas em 2038) encantaram o mundo, caiu um viaduto. Era o que bastava para a execução da revanche.

Nos três três jornais, a ênfase foi dada ao fato de se tratar de uma obra do PAC, o Plano de Aceleração do Crescimento, que, embora federal, depende da execução de estados e municípios. No caso concreto, embora a obra tenha recebido financiamento de R$ 171,7 milhões do governo federal, a responsabilidade pela execução era da prefeitura de Belo Horizonte, governada por Marcio Lacerda, do PSB e aliado do PSDB na política mineira.

Na Folha, que foi o jornal que produziu a manchete mais milimétrica contra a Copa após o incidente, houve ainda espaço para um editorial, chamado “Humor de Copa”, sobre o impacto do sucesso do Mundial na mais recente pesquisa Datafolha, onde a presidente Dilma foi de 34% a 38% das intenções de voto. Num dos trechos, comentou-se o incidente de ontem em Belo Horizonte. “Verdade que, até quarta-feira, registravam-se somente incidentes operacionais de menor impacto; o mais grave deles havia sido a invasão de chilenos no Maracanã, fruto de uma falha de segurança. Nada comparável à  queda de um viaduto em Belo Horizonte. O acidente, ocorrido ontem, resultou na morte de ao menos uma pessoa e deixou 22 feridos. A obra faz parte do pacote de melhorias de mobilidade urbana e não ficou pronta no prazo prometido. Não foi, felizmente, tragédia de maiores proporções. Serve para lembrar, ainda assim, o quanto houve de irresponsabilidade e improviso, para nada dizer de corrupção, na organização do Mundial. O primeiro jogo da Arena das Dunas, em Natal, deu-se sem a liberação dos bombeiros, por exemplo.”

Com a queda do viaduto, a mídia familiar fez um golzinho e diminuiu a goleada que vem sofrendo. Há tempo para a virada?

12 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. A velha mídia querendo a volta dos burgueses ao poder. Faltou a notícia da revista VESGA, essa também faz parte da mídia podre. Fora PSDB

  2. Esse site Brasil 247 é financiado pelo partido corruPTo, claro que tinha que puxar o saco e falar asneiras para bovinos no campo escutarem.
    Acaba hoje essa palhaçada de copa … brasil chorando por causa do chile .. com a Colômbia vão se cagar inteiros !!!! HAHAHHAHA

    #Bye copa das copas
    #Seleção cagada
    #Fora Dilma
    #Fora PT

    • Quero saber dos lulistas .. dá onde o PT vai tirar R$290 milhões para a campanha do fídel de saia … opss Dilma.. claro que é fruto de corrupção, ladroagem descarada !
      PT = corrupção !

      Fora lulistas !

  3. Acabo de ler a seguinte notícia: Cuiabá teve crescimento de 963% nos gastos de turistas com cartões.
    http://www. cenariomt.com.br/noticia/369946/cuiaba-teve-crescimento-de-963percent-nos-gastos-de-turistas-com-cartoes.html

  4. ESCLARECENDO. ESTA OBRA É DE RESPONSABILIDADE DA PREFEITURA DE BH ( PREFEITO MARCIO LACERDA PSB) QUE APOIA O AÉCIO

  5. veja bem a incompetencia do aécio never

  6. Tragédia não, uma tremenda cagada da engenharia responsável pelo projeto e execução da obra. Fiasco internacional e ainda com vítimas.

    • Concordo Paulo: na Hora das “fatalidades, acidentes, tragédias”, que na verdade são
      CAGADAS, é um tal de “Êeepa!!! No meu não!
      Não sei de nada.
      E ao mesmo tempo é um tal de um por fogo no rabo
      do outro, tentando colar a desgraça no
      adversário ou desafeto.
      Ninguém se lixou para a senhorita de 25 anos que agonizava presa entre as ferragens e os
      entulhos, exceção feita a você que pelo menos
      se referiu genericamente às vítimas.
      O que importa é “colar” no Aécio ou na Dilma.
      Pôrra! Quero que vão tomar no “faisqueiro” com
      1 megaton de força!
      Num olhar macro sabemos que um viaduto ou
      qualquer obra só cai por 4 motivos:
      1)- Erro de projeto.
      2)- Erro na execução do projeto.
      3)- Catástrofe.
      4)- Sabotagem (alguém deixou de colocar cimento
      ou acelerador de pega na argamassa?
      O aço usado {ou até não usado}, era de
      bitola mais fina?).
      Alguém fez isso para lucar mais
      Ora: excluindo catástrofe, as outras 3 hipóteses
      são plausíveis, é só investigar, responsabilizar,
      e punir os causadores e/ou culpados.
      A:- O CREA, além de cobrar pela “plaquinha”, e
      pelas ART (Anotação de Responsabilidade Técnica),
      fez as fiscalizações que lhe competiam?
      B:- A Prefeitura, além do Alvará, Habite-se, e
      demais licenças todas cobradas, efetuou as
      fiscalizações que lhe competem?
      C)- A empreiteira foi licitada ou foi obra
      emergencial?
      Nos 2 casos ela teria que atestar capacidade
      técnica e financeira para construir a obra
      junto aos contratantes.
      A União (recursos), Estado, e
      Município (administração e implantação),
      checaram essas capacidades?
      E o povo aí querendo “colar” merda no Aécio
      ou na Dilma… dá vergonha o nível desses
      comentários).

  7. A manchete dos jornais poderia ser “Cai viaduto do prefeito Lacerda”, mas a imprensa pró-Aécio procura vincular todo tipo de tragédia a Dilma.

  8. Não custa perguntar: a obra era mesmo um dos “legados da Copa”? O jogo na Arena das Dunas realmente aconteceu sem a liberação do bombeiro? Se as duas respostas são “não”, ponto negativo para o PIG. Já se as respostas são “sim”, ponto negativo para os ufanistas da copa. Simples assim… De um jeito ou de outro, ninguém sai com ponto positivo dessa história (tentar tirar proveito disso, para o bem e para o mal, é de um péssimo gosto).

  9. a obra em questão é de responsabilidade da prefeitura de Belo Horizonte, administrada pelo prefeito Márcio Lacerda do PSB, e apoiador declarado do PSDB. O mesmo PSDB que no governo do hoje senador Aécio Neves e candidato a presidente da republica pelo PSDB construiu a alguns quilômetros do local do acidente de hoje, a cidade administrativa, também chamada de Brasilinha do Aécio . Um prédio que apresenta rachaduras e fissuras em várias partes, além dos vidros que sempre despencam pedaços de alguns andares colocando em risco a vida das pessoas que por ali transitam”

  10. Não tinha nada, mas agora tem o viaduto, para falar, obra tocada pela Prefeitura de BH prefeito do PSDB, precisa dizer mais alguma coisa???? NÃO.