pesquisa_pr.jpg

| Comente agora

Esquema consiste no registro de sondagens em todos os estados no Sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais, mas não há certeza de que o instituto realizará as entrevistas prometidas na internet; site do TSE serve como chamariz de clientes interessados em comprar pesquisas. O público-alvo, nesses casos, são coligações, candidatos, partidos políticos, entidades de classe e empresas de comunicação; não há obrigatoriedade de o que está anotado na página do TSE seja cumprido à risca; disputas pelo governo e Senado no Paraná, por exemplo, continuam no escuro; não há pesquisa divulgada desde a oficialização das candidaturas pelas convenções partidárias; entretanto, houve dois registros de levantamentos pelo desconhecido Instituto Veritá, de Uberlândia (MG).

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.