Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

Sem pesquisas, continua no escuro a disputa pelo governo do Paraná

Murilo Hidalgo, diretor-presidente da Paraná Pesquisas, afirma que crise financeira da velha mídia explica ausência de levantamentos sobre a disputa eleitoral no estado; "os institutos locais não estão capitalizados como os nacionais que bancaram praticamente todos os levantamentos até agora", explica; corrida no pelo Palácio Iguaçu, no escuro, apresenta três candidatos na linha de frente !“ o governador Beto Richa (PSDB) e os senadores Gleisi Hoffmann (PT) e Roberto Requião (PMDB).

Murilo Hidalgo, diretor-presidente da Paraná Pesquisas, afirma que crise financeira da velha mídia explica ausência de levantamentos sobre a disputa eleitoral no estado; “os institutos locais não estão capitalizados como os nacionais que bancaram praticamente todos os levantamentos até agora”, explica; corrida no pelo Palácio Iguaçu, no escuro, apresenta três candidatos na linha de frente !“ o governador Beto Richa (PSDB) e os senadores Gleisi Hoffmann (PT) e Roberto Requião (PMDB).

Segundo o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), até agora, não há nenhuma pesquisa de intenção de votos registrada sobre a corrida pelo governo do Paraná.

A disputa pelo Palácio Iguaçu, que tem oito candidatos, permanece no escuro desde o início oficial da campanha eleitoral há onze dias.

Um dos motivos para a ausência de pesquisas nos órgãos de imprensa seria o alto custo das mesmas e a dificuldade dos mesmos contratarem.

O diretor-presidente da Paraná Pesquisas, Murilo Hidalgo, recorda que em eleições passadas choviam! sondagens.

Para Hidalgo, hoje, os institutos locais não estão capitalizados como os nacionais que bancaram praticamente todos os levantamentos até agora.

Comentários desativados.