Richa poderá gastar R$ 817 milhões do Proinveste somente em agosto

Publicado em 2 julho, 2014
Compartilhe agora!

à‰ mais fácil Saci-Pererê cruzar as pernas e o sargento Garcia prender o Zorro que sair o dinheiro do Proinveste antes de agosto; governador Beto Richa sabe disso, por isso subiu no palanque reeleitoral pedindo a prisão dos titulares da Secretaria Nacional do Tesouro; nesta quinta, Dilma estará em Curitiba; portanto, o tucano mandou à s favas a diplomacia; governo do Paraná fez vistas grossas à  Lei de Responsabilidade Fiscal, que limita a contratação de pessoal à  arrecadação.
à‰ mais fácil Saci-Pererê cruzar as pernas e o sargento Garcia prender o Zorro que sair o dinheiro do Proinveste antes de agosto; governador Beto Richa sabe disso, por isso subiu no palanque reeleitoral pedindo a prisão dos titulares da Secretaria Nacional do Tesouro; nesta quinta, Dilma estará em Curitiba; portanto, o tucano mandou à s favas a diplomacia; governo do Paraná fez vistas grossas à  Lei de Responsabilidade Fiscal, que limita a contratação de pessoal à  arrecadação.
O Blog do Esmael anotou em abril passado que o governo Beto Richa (PSDB) só verá a cor dos R$ 817 milhões do Proinveste somente em agosto (clique aqui). Também está escrito nas estrelas.

Se liminar do Supremo Tribunal Federal (STF) desse dinheiro, Richa já teria em caixa R$ 2,4 bi emprestados do governo federal. A ironia continua atualíssima, pois quando um não quer dois não namoram.

Dilma Rousseff vem aí amanhã. Ao invés da diplomacia o tucano, já no palanque, achou melhor partir para o ataque. A Procuradoria Geral do Estado, órgão do governo do Paraná, pediu a prisão do secretário Nacional do Tesouro, Arno Augustin, e do subsecretário da STN, Eduardo Guerra, pela desobediência das três liminares do STF. Mais uma bravata.

Beto Richa quer meter a mão na bufunfa driblando a legislação que o obriga investir 12% do orçamento na saúde. Segundo técnicos da STN, o Paraná só aplica 10%.

O governo do estadual também quer fazer vistas grossas à  Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que limita a contratação de pessoal à  arrecadação. Esse item foi desrespeitado pelo tucano.

Compartilhe agora!

Comments are closed.