Richa, Gomyde e o “Pacto da Praia Mansa” nas eleições 2014

Publicado em 7 julho, 2014
Compartilhe agora!

Gomyde e Richa, amigos de futevôlei no balneário chique de Praia Mansa, em Matinhos, engatam um pacto para "aposentar" o senador àlvaro Dias da política em 2014; plano ainda tem apoio do prefeito do município litorâneo, Eduardo Dalmora (PDT), e parte da bancada estadual do PMDB.
Gomyde e Richa, amigos de futevôlei no balneário chique de Praia Mansa, em Matinhos, engatam um pacto para “aposentar” o senador àlvaro Dias da política em 2014; plano ainda tem apoio do prefeito do município litorâneo, Eduardo Dalmora (PDT), e parte da bancada estadual do PMDB.
O leitor deparou ontem em Campo Mourão com a “coincidência” de agendas entre o governador Beto Richa (PSDB), a senadora Gleisi Hoffmann (PT) e Ricardo Gomyde (PCdoB), candidato ao Senado (clique aqui). A orgia pantagruélica, suprapartidária, coincidente, na Festa Nacional do Carneiro no Buraco, no município do Noroeste, deu-se em virtude do “Pacto da Praia Mansa” — nome de balneário dos ricos da praia de Caiobá, em Matinhos, no Litoral paranaense.

Ao menos dois dos três personagens da política dos pinheirais citados acima — Gomyde e Richa — são frequentadores e signatários do pacto batizado com o nome da praia burguesa. O plano tem a simpatia do prefeito de Matinhos, Eduardo Dalmora (PDT).

Não é segredo para ninguém que o governador tucano prefere ver um urubu na frente que lutar pela reeleição do correligionário de ninho àlvaro Dias. O senador é adversário de estimação — e de longa data — de Richa (clique aqui).

Semana passada o Blog do Esmael registrou que o Palácio Iguaçu sinalizara com apoio suprapartidário ao candidato comunista. O recado veio pelo Twitter do deputado estadual Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), da cozinha de Beto Richa, ao cravar que o Gomyde disputará eleição para o Senado com ótimas chances, pois não é dono de pedágio e representará a renovação!. A bronca aí é com o empresário Marcelo Almeida (PMDB), dono do pedágio que leva à s praias, amigo do senador Roberto Requião (PMDB).

Ato contínuo, na última quinta-feira (3), no Teatro Positivo, em Curitiba, o ex-presidente Lula e a presidenta Dilma Rousseff “puxaram o saco” de Gomyde. Aliás, mais do que “puxaram o saco” de Gleisi. Os petistas veem no candidato do PCdoB a possibilidade de “arquivar” pelas urnas àlvaro Dias (clique aqui).

Compartilhe agora!

Comments are closed.