Richa é condenado de novo, agora por usar Twitter do Governo na campanha

A judicialização já é uma das marcas da disputa pelo governo do Paraná, mas não há saída quando candidatos desconhecem limites. Beto Richa que concorre a mais um mandato de governador, e sua vice Cida Borghetti, foram condenado novamente, desta vez por usar o Twitter do Governo do Estado para autopromoção. A multa é de 15 mil UFIRs. A página já foi retirada do ar.

A judicialização já é uma das marcas da disputa pelo governo do Paraná, mas não há saída quando candidatos desconhecem limites. Beto Richa que concorre a mais um mandato de governador, e sua vice Cida Borghetti, foram condenado novamente, desta vez por usar o Twitter do Governo do Estado para autopromoção. A multa é de 15 mil UFIRs. A página já foi retirada do ar.

O candidato à  reeleição, governador Beto Richa (PSDB) e sua vice, Cida Borghetti (Pros), foram condenados ao pagamento de multa no valor de 15 mil UFIRs (pouco mais de R$ 15 mil) por terem utilizado o Twitter oficial do governo do Paraná para autopromoção.! Semana passada, Richa já havia sofrido duas condenações, uma por publicação de fotos suas nos site da Copel e Sanepar, e outra por campanha antecipada.

Além da condenação, a Justiça Eleitoral determinou a imediata suspensão da prática, sob pena de aplicação de multa diária de R$ 100 mil. A decisão do Juiz Lourival Pedro Chemim atende a pedido da coligação Paraná Olhando Pra Frente, que tem Gleisi Hoffmann (PT) como candidata à  governadora. A página do Twitter em questão já saiu do ar.! 

De acordo com a Justiça Eleitoral, as postagens no Twitter oficial do governo do Estado contrariam a Lei 9.504/97. Elas transcenderam a legalidade. Ou seja, elas se configuram como veiculação de publicidades (propagandas) institucionais irregulares, algumas, ainda, de forma velada!, explica o magistrado.

O juiz rejeitou a argumentação dos advogados de Richa que alegavam que a publicidade via Twitter não traria prejuízos ao erário, por ser gratuita. Não é gratuita por ser realizada em ambiente virtual, pois a publicidade representa gasto para quem a realiza. Ou seja, do web designer ao servidor público encarregado para responder os comentários dos internautas, equipamentos, etc. tudo representa custos ao erário público Estadual!, afirma.

O uso da máquina pública em benefício do candidato à  reeleição está se tornando recorrente. Na semana passada, o governador já havia sido enquadrado!, lembra o coordenador jurídico da coligação Paraná Olhando Pra Frente, Luiz Fernando Pereira.

 

5 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. seguindo a mesma linha de pensamento do juiz teríamos q condenar todos políticos do país principalmente o senador requião q gasta o dinheiro publico para seus funcionários ficarem no twitter o dia todo

  2. Porque tanto medo de Beto Richa?? Deve ser porque ele lidera as pesquisas e conseguiu fazer um grande governo, com total aprovação, apesar de Requião e Gleisi puxarem seu tapete o tempo todo.

  3. Quanto pau estão levando no judiciário!!!

  4. Kkkkk isso mesmo. Fora PSDB.