Requião promete “devassa nos contratos e tarifaços da Copel” se eleito

Senador Roberto Requião, ao Blog do Esmael, nesta quinta (10), afirmou que, se eleito para o quarto mandato em outubro, realizará verdadeira devassa nos contratos revisando-os se considerá-los lesivos interesses do Estado e dos consumidores de energia; peemedebista disse ainda que descobriu os motivos da quebradeira e do tarifaço promovidos pelo governador Beto Richa; leia abaixo.

Senador Roberto Requião, ao Blog do Esmael, nesta quinta (10), afirmou que, se eleito para o quarto mandato em outubro, realizará verdadeira devassa nos contratos revisando-os se considerá-los lesivos interesses do Estado e dos consumidores de energia; peemedebista disse ainda que descobriu os motivos da quebradeira e do tarifaço promovidos pelo governador Beto Richa; leia abaixo.

O senador Roberto Requião (PMDB), candidato ao governo do Paraná, ao Blog do Esmael, nesta quinta-feira (10), se eleito em outubro, adiantou que realizará uma verdadeira devassa na Companhia Paranaense de Energia (Copel).

Requião afirmou que vai revisar todos os contratos da empresa e cancelar os que ele considerar lesivos aos interesses do Estado e dos consumidores de energia.

Dizendo que conseguiu desvendar os motivos do recente tarifaço e a quebradeira promovida pelo governador Beto Richa (PSDB) na estatal de energia, Requião elencou razões:

1 – Quando assumiu o governo, em 2003, reduziu de 23 para sete diretores da Copel. Richa aumentou para 17 com salários até R$ 80 mil.

2 – Requião disse que eliminou as subsidiárias da energética, mas o tucano criou 5 novas na atual gestão.

3 – A Copel geração vendeu energia a preços baixos para a Tradener e depois a Copel distribuição recompra da Tradener a preços altos.

4 – A Copel pagava 25% dos lucros aos sócios privados, Richa elevou essa distribuição de dividendos para 50%.

5 – Participações da Copel em empreendimentos fora do Paraná (eólicas) sem viabilidade econômica.

Por fim, ao Blog do Esmael, Requião denuncia que Richa mandou uma agencia de propaganda que atende o governo fazer uma página na internet para apoiá-lo como se fosse inciativa dos copelianos. Detalhe: sem conhecimento dos copelianos!.

33 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Tomara que chegue logo outubro para demitirmos a familia richa.

  2. Beto está acabando com a Copel! Estamos sem rumo e sem direção! Da forma que a empresa está sendo conduzida, em no máximo dois anos estará fadada a privatização por ser julgada sem capacidade de continuar operando sua concessão sem dar prejuízo! Não fazemos manutenção preventiva! Só corremos arrumar quando já está arrebentado no chão! Como uma empresa que opera uma concessão de exclusividade, sem concorrência, oferecendo um produto extremamente necessário dá prejuízo? Deve ser excesso de competência dos seus gestores… ah, sem esquecer que após inúmeras aposentadorias incentivadas pela empresa, não foi autorizado reposição das vagas, em nome da excelência administrativa… e pra ajudar a atual diretoria mandou dispensar a grande maioria dos terceirizados, que davam um enorme apoio as equipes da empresa, agilizando a execução dos serviços… tudo em nome do lucro…

  3. Em 2003 Requião mandou prender uns, agora vai aumentar a quantia, até o bronzeadinho tem que ver o sol nascer quadrado!

  4. Ele prometeu abaixar ou acabar com os pedágios no ultimo mandato, mais eles estão ai!! E ainda por cima se aliou ao dono da ecovias a tarifa mais cara do estado!!

  5. Vai sim… e vai acabar com o pedágio também… tenho certeza… vai baixar o preço do pãozinho, do leite e do custo de vida… vivaaa estamos salvos… :p

  6. Requião agora vem pra cá no papel de justiceiro…Porque enquanto Senador não pediu esclarecimentos a Aneel e ao Governo Federal sobre os aumentos das tarifas. Saiu fora Requião, deixa que do Paraná o Beto cuida direitinho.

  7. …,VERGONHOSAMENTE, MAIS UMA VEZ,NÃO VAI DAR EM NADA…,OS LACÁIOS DO PARANÁ,BETO RICHA,LERNER E TANIGUCHI(ESSE ÚLTIMO,O PROCESSO, PRES-CRE-VEL…),FAZEM PARTE DO “TIME DOS INTOCÁVEIS”,POR PARTE DO JUDICIÁRIO(?),DO PARANÁ/ BRASIL…,PSDB/DEM/PPS…,PODEM DEITAREM E ROLAREM(COMO SEMPRE FAZEM…),QUE “LOS ERMANOS”,DA TOGA “MATAM NO PEITO”…,QUE INVEJA DO JUDICIÁRIO DA FRANÇA…,ACORDA PARANÁ,ACORDA BRASIL!!!REFORMA DO JUDICIÁRIO,JÁ!!!

  8. BRAVATEIRO
    Este véio louco mamoneiro é o maior bravateiro que já passou pelo Paraná. Campanha passada dele, era PEDÁRIO: OU ABAIXA OU ACABA. Oito anos e nem uma nem outro coisa e agora ainda anda abraçado e financiado por PEDAGEIROS.
    Se tivermos o desprazer de conviver com ele por mais 4 anos, ele vai aliar-se ao grupo (cujo líder é sogro do sobrinho) que está de olho na exploração de energia elétrica no Pr, inclusive já tem participação na Usina de Mauá.

  9. A imprensa e o governo Beto Richa divulgaram que o estado gastou uma fortuna com ração dos cavalos do ex governador Roberto Requião. Todos sabem que o mesmo é apaixonado pelos equinos, mas… Onde estão os cavalos em suas declaração de bens apresentado ao TRE?? Possui R$ 1.190.000,00 em bens mas nada de SEMOVENTES. Vendeu?Doou? Cadê-los?

  10. Funcionários da SANEPAR grande maioria com Requião.
    Mencionei Funcionários, paraquedistas e puxa sacos de plantão não estão nas estáticas.

  11. Requião chamou os Copelianos de frouxos e ameaçou a todos durante todo o governo dele. Se querem uma empresa burocrata e que não quer crescer e se desenvolver, vote Requião. Vão virar uma empresa meramente estadual( e olhe lá). Mamona nele.

  12. Requião é mau assessorado ou mente. A geradora não pode vender para a distribuidora por regulação federal(qualquer uma). Uma pena.
    A geradora vende em leilões que o governo promove(mas o governo não promoveu qq leilão até dezembro de 2013).
    Se a geradora não vender a sua energia fica exposta ao mercado spot. Mercado de risco e especulativo. O que resta é fazer leilões(pregão) ao mercado livre.
    Se habilita quem pode e quer.
    Em eleição a primeira vitima é a verdade.Lamentavel.

    • Ok Sr. Roberto, existe a regulação que obriga as distribuidoras a comprar parte de necessidade em leilões. Mas porque então a Copel Distribuição não comprou da Copel Geração a energia ofertada ao mercado. Acho que funciona assim: “Olha distribuidora, nessa semana tem um leilão aí, como a gente não compra energia barata, tem o mercado spot aí, deixa pra lá…” depois de um tempo (Ihh pessoal, erramos a necessidade de carga, vamos ter que comprar de alguma tradegulin no mercado…Não tem problema, a energia é só um pouco mais caro…)

  13. Alguém que faz tudo isso, não tem outro nome: é roubo; muito, muito roubo. Essa “gente” não tem limites?? Infelizmente, esse Beto tem que sair do governo, ser processado (com seriedade) e preso. Uma lástima

    • A exatamente 5 (cinco) anos atrás qual a Empresa que vendia a Luz Mais cara do Mundo ?

      Se liga, cara. Essa manchete é a mesma do pedágio. Quem é o amiguinho nº 01 do Candidato do que ele é proprietário ???

  14. Que bom, final de ano chegando e Requiao assumindo a cadeira no Palácio Iguacu. Portanto da-lhe Requiao para governador do Paraná.

  15. Assim como prometeu “acabar ou baixar as tarifas de pedágio”?

  16. Esse é o meu senador e futuro governador…Dá-lhe Requião.

  17. Os copelianos estão com Requião. Ninguém aguenta mais a incompetência de Beto Richa.

    • Li na Gazeta do Povo que “a direção da Copel, incluindo o governador [Beto Richa], fez uma opção política de ter uma energia que gerasse mais lucro para os seus acionistas em detrimento de uma energia mais barata”, disse Tadeu Veneri. Mas o líder do governo na Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB), defendeu que a decisão de não aderir à medida provisória foi técnica. “A Copel fez essa opção porque, senão, teria que entregar todo o seu patrimônio para a Aneel em 2014. E temos que defender aquilo que é nosso”, disse.