Paranavaí tem comitê para combater a corrupção eleitoral

Paranavaí está rearticulando o Comitê 9840 de combate à  corrupção eleitoral. O objetivo é promover a conscientização da comunidade para as eleições de outubro. O nome vem da lei de iniciativa popular aprovada em 1999, que combate a corrupção eleitoral. Participam do Comitê: integrantes da OAB, do Observatório Social de Paranavaí, do Conselho Comunitário de Segurança, maçons, entre outros setores da sociedade.

Paranavaí está rearticulando o Comitê 9840 de combate à  corrupção eleitoral. O objetivo é promover a conscientização da comunidade para as eleições de outubro. O nome vem da lei de iniciativa popular aprovada em 1999 para combater a compra de votos e o uso da máquina administrativa durante o período eleitoral. Participam do Comitê: integrantes da OAB, do Observatório Social de Paranavaí, do Conselho Comunitário de Segurança, maçons, entre outros setores da sociedade.

Paranavaí está rearticulando o Comitê 9840 de combate à  corrupção eleitoral. Organizado inicialmente em 2012, o comitê visa promover a conscientização da comunidade. O trabalho será centrado no combate à  compra de votos nas mais variadas formas. O Comitê 9840 pretende levar a mensagem à s escolas, universidades e para as ruas, através de pedágios e panfletagem, e através da mídia local.

O Comitê também pretende realizar sabatinas com todos os candidatos a deputado (estadual e federal) da região para debater as propostas. Também serão recebidas denúncias que sejam acompanhadas de provas ou indícios que possam ser investigados. Participam do Comitê: dirigentes da OAB, do Observatório Social de Paranavaí, do Conselho Comunitário de Segurança, maçons, entre outros setores da sociedade.

Histórico

Em 1999, o Congresso Nacional aprovou a Lei 9840, de iniciativa popular, protocolada no Congresso Nacional com mais de um milhão de assinaturas, visando combater a corrupção eleitoral. Desde então, outras medidas foram aprovadas em nome da ética e da moralidade, atendendo a vontade da população brasileira de eliminar da vida pública os corruptos e os corruptores. Exemplos disso são as leis que proíbem o nepotismo e a da ficha-limpa, responsáveis por ajudar na necessidade de depuração do processo político.

Com informações do Diário do Nordeste

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. o Unico comentário que merece é kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk comite? combater corrupção eleitoral? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. …o grupo vai, também, dizer à comunidade que as urnas eletrônicas são bichadas???