images-cms-image-000381440

| Comente agora

Celebridade mais controvertida do planeta, adorado e odiado, Diego Maradona marca mais um gol ao fazer análise resumida, mas profunda sobre a Copa do Mundo no Brasil; “Parecia que teríamos de comprar uma arma ao desembarcar por aqui”, disse o ex-jogador que os argentinos cantam como “melhor que Pelé”; em seu programa De Zurda (de esquerda) na Telesur, da Venezuela, ídolo fez referência à campanha de descrédito enfrentada pelo País antes da competição; “O que se pintava lá fora é que seria um caos”, definiu ele; Pelé, por seu lado, ainda não falou; ele saiu da cena da Copa desde a terça-feira 8; pouco antes da derrota da Seleção por 7 a 1 frente a Alemanha, seu filho Edinho foi preso, em Santos, condenado a 33 anos de prisão; devastado, rei terá de ser forte.

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.