Por Esmael Morais

Líder de Richa nega propaganda irregular no Blog do Esmael

Publicado em 09/07/2014

Líder do governo Ademar Traiano (PSDB) diz que está sendo vítima de censura e perseguição da ex-ministra e senadora Gleisi Hoffmann; tucano reivindica direito de opinar sobre a atuação política da petista ao mesmo tempo em que garante que os textos foram publicados em período que ambos ainda não eram candidatos; Justiça Eleitoral aplicou multa de R$ 5 mil no guru de Richa por causa da coluna publicada no Blog do Esmael, que é contra a judicialização da opinião e condena quaisquer ações que visem à  censura.

Líder do governo Ademar Traiano (PSDB) diz que está sendo vítima de censura e perseguição da ex-ministra e senadora Gleisi Hoffmann; tucano reivindica direito de opinar sobre a atuação política da petista ao mesmo tempo em que garante que os textos foram publicados em período que ambos ainda não eram candidatos; Justiça Eleitoral aplicou multa de R$ 5 mil no guru de Richa por causa da coluna publicada no Blog do Esmael, que é contra a judicialização da opinião e condena quaisquer ações que visem à  censura.

O deputado estadual Ademar Traiano (PSDB), líder e guru do governo Beto Richa (PSDB), nesta quarta (9), contestou decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que lhe impôs multa de R$ 5 mil por suposta propaganda ilícita.

Segundo decisão monocrática do desembargador Guido Dà¶beli, atendendo pedido da candidata a governadora pela coligação Paraná Olhando Pra Frente, Gleisi Hoffmann (PT), o tucano fez campanha eleitoral antecipada na coluna semanal no Blog do Esmael.

Traiano diz que está sendo vítima de censura e perseguição da ex-ministra e senadora petista. Ele reivindica o direito de opinar sobre a atuação política de Gleisi ao mesmo tempo em que garante que os textos foram publicados em período que ambos ainda não eram candidatos.

Sem entrar no mérito do conteúdo do parlamentar colunista, o Blog do Esmael é contra a judicialização da opinião e condena quaisquer ações que visem à  censura.