Por Esmael Morais

Gomyde vira “arma secreta” de Lula e Dilma para “aposentar” àlvaro

Publicado em 04/07/2014

PT e PCdoB levam a sério possibilidade de "aposentar" senador àlvaro Dias utilizando a "arma secreta" Ricardo Gomyde na corrida pelo Senado; em seu discurso, ex-deputado comunista disse ontem (3) que tucano é uma das vozes mais ácidas do Senado e é preciso renovação! e que "não sou candidato de empreiteira e nem do pedágio!, numa clara referência a Marcelo Almeida, herdeiro da poderosa CR Almeida.

PT e PCdoB levam a sério possibilidade de “aposentar” senador àlvaro Dias utilizando a “arma secreta” Ricardo Gomyde na corrida pelo Senado; em seu discurso, ex-deputado comunista disse ontem (3) que tucano é uma das vozes mais ácidas do Senado e é preciso renovação! e que “não sou candidato de empreiteira e nem do pedágio!, numa clara referência a Marcelo Almeida, herdeiro da poderosa CR Almeida.

O ex-deputado federal Ricardo Gomyde (PCdoB), candidato ao Senado na coligação liderada pela senadora Gleisi Hoffmann (PT), foi bastante prestigiado na noite de quinta-feira (3), em Curitiba, pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pela presidenta Dilma Rousseff.

Os petistasenalteceram! o comunista em diversas oportunidades de seus discursos. Gomyde, por sua vez, retribuiu a confiança aoaliado PT! ao afirmar que àlvaro Dias (PSDB)! é uma das vozes mais ácidas do Senado e é preciso renovação! e que “não sou candidato de empreiteira e nem do pedágio!, numa clara referência a Marcelo Almeida (PMDB).

PCdoB e PT levam a sério a eleição de Gomyde e a concomitante “aposentadoria” do tucano àlvaro Dias. Prova disso que a legenda vermelha trouxe ontem à  capital paranaense Renato Rebelo, presidente nacional do partido, e mobilizou ônibus com militantes de diversas regiões do Paraná para o evento que ocorreu no Teatro do Positivo.