Gomyde recebe apoio suprapartidário do Palácio Iguaçu para o Senado

Relação amistosa entre Gomyde e Richa vem de longa data e foi aprofundada na definição de Curitiba com subsede da Copa do Mundo; deputado Luiz Cláudio Romanelli, da cozinha do Palácio Iguaçu, dá sua impressão pelo Twitter sobre a candidatura do ex-deputado do PCdoB ao Senado na chapa de Gleisi Hoffmann: "o Gomyde disputará eleição para o Senado com ótimas chances, pois não é dono de pedágio e representará a renovação"; parlamentar, conhecido como Tucanelli, tem bronca antiga com o pedágio, levando-o em 2008 a furar a catraca no trecho entre Cornélio e Curitiba; assista ao vídeo.

Relação amistosa entre Gomyde e Richa vem de longa data e foi aprofundada na definição de Curitiba com subsede da Copa do Mundo; deputado Luiz Cláudio Romanelli, da cozinha do Palácio Iguaçu, dá sua impressão pelo Twitter sobre a candidatura do ex-deputado do PCdoB ao Senado na chapa de Gleisi Hoffmann: “o Gomyde disputará eleição para o Senado com ótimas chances, pois não é dono de pedágio e representará a renovação”; parlamentar, conhecido como Tucanelli, tem bronca antiga com o pedágio, levando-o em 2008 a furar a catraca no trecho entre Cornélio e Curitiba; assista ao vídeo.

Pré-candidato ao Senado na chapa da petista Gleisi Hoffmann, o ex-deputado Ricardo Gomyde (PCdoB), recebeu palavras de apoio vindas do Palácio Iguaçu.

Pelo Twitter, o deputado Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), considerado principal porta-voz do governo Beto Richa (PSDB), disse que “o Gomyde disputará eleição para o Senado com ótimas chances, pois não é dono de pedágio e representará a renovação”.

Gomyde pode se viabilizar como “primeira opção” do Palácio Iguaçu ao Senado, caso sua candidatura seja confirmada, e, ineditamente, receber apoios “suprapartidários” que podem fulminar o tucano àlvaro Dias.

Quanto ao deputado Romanelli, sua guerra particular e política contra o pedágio é antiga. Em 2008, por exemplo, ele furou o pedágio no trecho entre Cornélio Procópio e Curitiba. No vídeo abaixo, Tucanelli, como é conhecido o peemedebista pró-Richa, ensina como “pular a catraca”:

Comentários encerrados.