Ex-prefeito de Goioerê é preso 17 anos após fim do mandato

via Goionews

A justiça tarda e à s vezes não falha. Dezessete anos depois de terminar seu mandato como prefeito de Goioerê, José Paulo Novaes foi preso na última sexta-feira (25). Ele foi condenado em vários processos e cumpria pena no regime semiaberto, mas duas novas condenações acabaram levando Novaes ao regime fechado. Advogado anunciou que vai recorrer para tentar voltar ao regime semiaberto.

A justiça tarda e à s vezes não falha. Dezessete anos depois de terminar seu mandato como prefeito de Goioerê, José Paulo Novaes foi preso na última sexta-feira (25). Ele foi condenado em vários processos e cumpria pena no regime semiaberto, mas duas novas condenações acabaram levando Novaes ao regime fechado. Advogado anunciou que vai recorrer para tentar voltar ao regime anterior.

Dezessete anos e meio depois de encerrar o seu mandato, o ex-prefeito de Goioerê José Paulo Novaes (1993-1996) foi preso na tarde de sexta-feira, 25, e foi recolhido ao setor de carceragem temporária da 14!ª Delegacia de Polícia de Goioerê e já está sendo providenciada a sua transferência para uma penitenciária estadual. Paulo Novaes, que tem 70 anos, foi condenado em vários processos por improbidade, mas a soma das condenações não chegava a oito anos de prisão e por isso ele cumpria a pena no regime semiaberto.

Segundo o advogado Antonio de Jesus Filho, que acompanhava o processo na tarde de sexta-feira, no Fórum de Goioerê, nos últimos dias Novaes foi condenado em mais dois processos, que ainda são passíveis de recurso, mas o juiz Christian Palharini Martins teria considerado as novas condenações como falta grave! e por isso decretou a regressão de regime das penas cumpridas pelo ex-prefeito.

Com a decisão, Paulo Novaes deixou de cumprir as penas no regime semiaberto !“ que em Goioerê é substituída pela prisão domiciliar, por falta de um local adequado para o cumprimento da pena -, para o regime fechado.

O mandado de prisão foi cumprido por policiais civis e militares na tarde de sexta-feira e ele não ofereceu resistência. O advogado Antonio de Jesus Filho salientou que pretende apresentar um pedido para que José Paulo Novaes possa voltar a cumprir pena no regime semiaberto.

3 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. …,UM BOI DE PIRANHA…,PURO TEATRINHO DO JUDICIÁRIO…,O POVO QUER VER É OS TUBARÕES DO PSDB/DEM/PPS EM CANA…,QUÁ,QUÁ,QUÁ,É MAIS FACIL SACÍ CRUZAR Á PERNA…

  2. Mas condenação depois dos 17 anos ,não vale mais.porque 8 anos depois dos setenta anos cai para 4 anos,Já prscreveu 4 vezes.Enquanto isso o mensalão mineiro se prescreve ,mesmo sendo mais novo, se prescreve pela a juda da alta corte.

    • Quanta Bobagem, Alta corte ajuda mensalão mineiro??? Esqueceu que a ta ALTA cupula é Composta por Ministros Petistas??? Então… essa ALTA cupula é INCOMPETENTE. kkkkkk Se a justiça tarda mais não falha, ainda veremos o Molusco Barbudo na CADEIA.