Como prêmio de consolação, ex-secretário de Richa vai coordenar campanha de Campos no PR

Palácio Iguaçu dá um drible fantástico e coloca o empresário Edson Casagrande para escanteio nas eleições deste ano; ex-secretário Assuntos Estratégicos do Governo do Paraná, que deixou o cargo em abril para candidatar-se, foi preterido da primeira suplência do senador àlvaro Dias; como prêmio de consolação, patobranquense vai coordenar a campanha de Eduardo Campos no Paraná !“ terceiro lugar no Datafolha.

Palácio Iguaçu dá um drible fantástico e coloca o empresário Edson Casagrande para escanteio nas eleições deste ano; ex-secretário Assuntos Estratégicos do Governo do Paraná, que deixou o cargo em abril para candidatar-se, foi preterido da primeira suplência do senador àlvaro Dias; como prêmio de consolação, patobranquense vai coordenar a campanha de Eduardo Campos no Paraná !“ terceiro lugar no Datafolha.

O empresário e ex-secretário estadual para Assuntos Estratégicos do Governo do Paraná, Edson Casagrande (PSB), defenestrado pelos tucanos da primeira suplência do senador àlvaro Dias, como prêmio de consolação, vai ser o coordenadora da campanha do presidenciável Eduardo Campos (PSB) no Paraná.

De acordo com pesquisa Datafolha, divulgada ontem (2), Campos patina na terceira posição com 9% das intenções de voto. Aécio Neves (PSDB) tem 20% e Dilma Rousseff (PT) possui 38%.

O patobranquense Casagrande, inicialmente, colocava-se como pré-candidato a deputado federal. Depois foi convencido a passar as bases para o tucano Valdir Rossoni, em troca ficaria com a primeira suplência de àlvaro. Entretanto, o senador do PSDB escolheu o empresário Joel Malucelli (PSD) para sua companhia na chapa.

Resumo da ópera: o empresário Edson Casagrande foi enrolado pelo Palácio Iguaçu. Acabou ficando sem a Secretaria, a Câmara e a suplência do Senado. A coordenação de Campos é apenas um prêmio de consolação por “bom comportamento” no processo.

13 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. PRESENTE DE GREGO…E O OTÁRIO ACEITOU…
    QUANTO SERA QUE ELE LEVOU NO CALA BOCA..???

  2. Carlos, o Impacto tem seu valor e muita gente boa escreve lá. É um jornal de evisceração de qualquer governo, divirto-me com o sagacismo e assertiva das posições. Viva o Impacto, viva seus colunistas e viva o boi de mulungú de Ralf Moreira.

  3. Pois eu já soube que esse Casagrande vai coordenar,em Francisco Beltrão e região a campanha para a reeleição do TRAIANO,até por uma questão de gratidão.Segundo aquele jornaleco “IMPACTO”,Casagrande assustou muito andando como alma penada pelos corredores da Assembleia Legislativa do Estado.

  4. Se o deputado federal André Vargas provocou um desastre no projeto político da senadora e candidata ao governo do Estado, Gleisi Hoffmann (PT), pelo suposto envolvimento com doleiro preso Marcos Youssef, o secretário para Assuntos Estratégicos do governo estadual, Edson Casagrande, certamente causará estragos de proporções semelhantes na campanha de reeleição de Beto Richa (PSDB). Contra Casagrande, pesam sérias denúncias, por ser o principal responsável pelo sucateamento e o caos instalado no Hospital Municipal Padre Germano Lauck, de Foz do Iguaçu, penalizando a população mais carente.

    O último prego no caixão do Hospital Municipal acaba de ser colocado, com o fechamento da UTI, cancelamento das cirurgias eletivas, fim das consultas eletivas ambulatoriais e exames eletivos e exames eletivos do SADT ““ Endoscopia, Ultrassonografia e Colonoscopia. A denúncia contra Casagrande foi feita hoje (dia 3), pelo vereador do município, Nilton Bobato (PC do B), por ser o gestor da Fundação Municipal de Saúde, entidade que administra o Hospital Municipal. “Estou falando, sim, de um cidadão chamado Edson Casagrande, que é quem manda no Hospital, cujo objetivo é desmantelar a saúde pública para atender interesses políticos e econômicos”, afirmou o vereador.

    Bobato, um dos autores da CPI que investiga superfaturamentos no Hospital Municipal de Foz, observa que a crise que se instalava na área de saúde não era apenas por má gestão ou incompetência administrativa, mas por ações perversa que visavam destruir o que estava funcionando, para entregar nas mãos de Edson Casagrande e seu grupo político. “É um ato de covardia com a população de Foz do Iguaçu que assiste ao desmonte de um hospital com a desculpa de que não tem competência para gerenciá-lo, quando na verdade é para fazer negócios”, condena o vereador.

    Hoje, pela manhã, haverá a primeira reunião da CPI da Câmara de Vereadores que investiga os estragos feitos na área da saúde em Foz do Iguaçu, com a participação do diretor da 9ª Regional de Saúde, Ademir Ferreira, que explicará a real situação do Hospital Municipal e a gestão da Fundação Municipal. Bobato observa que a Fundação Municipal de Saúde não pode jogar a culpa da má gestão nos ombros do Governo do Estado pelo atraso nos repasses quando, na verdade, há superfaturamento, altos salários e negociatas.

    Edson Luiz Casagrande, que acaba de deixar o cargo de secretário de Assuntos Estratégicos do governo do Estado, não atendeu às ligações ““ fones 9285-5309 e 2101-4689 ““ da reportagem da revista Documento Reservado por estar em viagem ao exterior, segundo informou seu escritório político. O político e empresário de Pato Branco figura na lista de possível suplente do candidato ao Senado, Alvaro Dias (PSD

    Publicado em Política por Pedro Ribeiro. Marque Link Permanente.
    © 2013-2014. Documento Reservado

  5. quem banca a candidatura do senador tem que ser o primeiro suplente isso é de praxe quem paga tem direito a primeira suplência,em oito anos as chances do suplente assumir o senado muito grande , vai que o álvaro bate as botas nesses oito anos

  6. Não se engane Esmael. Foi porque um empresario muito forte ameacou por a boca no trombone envolvendo grilarem de terras e outras coisas mais. E a cobra ainda vai fumar. No momento adequado vao estourar muita coisa.

  7. E para os comissionados sobrará a demissão, kuakuakuakua. Vão ter que trabalhar nas concessionárias de pedágio.

  8. Será que ainda esta abalado com o trabalho e o gasto que tiveram em Pato Branco? Ai não tem nada pra oferecer pro povo. É governar pro setor privado. Xô direitona.

  9. Vá mentir para os quintos dos infernos.

  10. Eu acho normal dentro do PSDB isso acontecer é uns subindo nas costas dos outros para chegar mais alto politicamente,para o Casagrande é bom que aconteça porque ele também usa esse tipo de trairagem,e mais o PSDB daqui de Dois Vizinhos deu um calote de 13 milhões de reais no povo com a concordância do Casagrande.Hoje eles comandam a camara de vereadores e a poucos dias os vereadores do PSDB,PP,DEM,PV, e suas coligações,denunciaram o presidente da Camara que é companheiro deles no tribunal de Contas por corupção em licitações fraudulentas.Esse pessoal todo é do grupo do Litro do Richa,do Casagrande do Ronssoni,do Alvaro e mais um monte de larápios.

  11. Coordenador de campanha é uma excelente con$$olação…

  12. quando eu digo que em tucano não da de confia,se ferro agora esse papo, que vai cuida das empresas e pra boi durmi.