Coluna do Rocha Loures: Os 4 pilares do desenvolvimento das cidades

Compartilhe agora!

Rocha Loures, em sua coluna deste domingo, recapitula a criação do Colégio SESI e a Universidade da Indústria, durante sua gestão na Fiep, como um dos quatro pilares necessários para valorização das pessoas e o desenvolvimento das cidades:  Sustentabilidade, Educação, Tecnologia, e Cidadania Plena.  à‰ hora de dar substância aos debates eleitorais e promover o voto consciente nessa direção!, recomenda o líder empresarial; leia o texto e compartilhe.
Rocha Loures, em sua coluna deste domingo, recapitula a criação do Colégio SESI e a Universidade da Indústria, durante sua gestão na Fiep, como um dos quatro pilares necessários para valorização das pessoas e o desenvolvimento das cidades: Sustentabilidade, Educação, Tecnologia, e Cidadania Plena. à‰ hora de dar substância aos debates eleitorais e promover o voto consciente nessa direção!, recomenda o líder empresarial; leia o texto e compartilhe.
Rodrigo da Rocha Loures*

As cidades precisam valorizar as pessoas, atrair e reter talentos. Comentei sobre essa necessidade na minha coluna da semana passada (clique aqui). Hoje vou tratar dos fundamentos para o florescimento de cidades inteligentes e inovadoras, constituídas por comunidades atuantes voltadas para o bem estar geral.

A construção de um futuro sustentável se apoia em quatro pilares: Sustentabilidade, Educação, Tecnologia, e Cidadania Plena.

Por conta dos enormes desafios sociais e ambientais da atualidade, a Sustentabilidade converteu-se num critério obrigatório a nortear todas as políticas públicas, a educação e o desenvolvimento tecnológico. A escolha e a qualidade dos investimentos públicos e privados passam estar compulsoriamente vinculados a este pilar. Temos trabalhado neste conceito e exemplo disso foi a realização da terceira edição da Conferência Internacional de Cidades Inovadoras (CICI2014) em maio deste ano.

A Educação precisa ser inovadora, acessível, continuada e de qualidade, em todos os níveis, do infantil à  pós-graduação. Por qualidade entendo preparar indivíduos capazes de se estabelecer com autonomia e capacidade de interação e compartilhamento. Com essas características, implantamos o Colégio SESI e a Universidade da Indústria, quando fui presidente da Fiep.

A Tecnologia é vital na transformação das formas de educar, de trabalhar, de produzir, de compartilhar, de influenciar e de fazer negócios. Para esse fim, o IBQP em parceria com a PUC-PR, a FGV-SP e a Universidade de Berkeley na Califórnia, está desenhando um projeto de classe mundial para o Brasil.

à‰ nos moradores das cidades que residem os rumos e os triunfos de uma sociedade. A Cidadania Plena é o principal meio para corrigir os múltiplos defeitos do setor público brasileiro e proporcionar o desenvolvimento das pessoas e suas cidades. à‰ hora de dar substância aos debates eleitorais e promover o voto consciente nessa direção.

*Rodrigo da Rocha Loures é presidente do Conselho Deliberativo do Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade !“ IBQP e ex-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Paraná !“ Fiep (2003/2011). Escreve nos domingos.

Compartilhe agora!

Comments are closed.