Coluna do Ricardo Gomyde: O balanço final da Copa do Brasil e do Mundo

Ricardo Gomyde, em sua coluna deste sábado, depois de meses escrevendo sobre o mundo da bola, avisa que a partir da semana que vem passará discutir outros temas; "Durante os últimos anos, trabalhei na preparação brasileira para o sucesso do evento. E pude registrar nesta coluna um pouco do dia a dia deste grande evento", orgulha-se; Gomyde em seu balanço derradeiro sobre a Copa, considerando-se os 15 países que mais enviaram turistas ao país durante o Mundial, os visitantes sul-americanos foram representados por 364.092 pessoas, valor maior do que os 332.228 visitantes europeus e norte-americanos juntos; colunista vê legado na área do turismo; Não só Curitiba, que foi cidade sede com grande sucesso, mas todas as regiões turísticas do Paraná devem olhar para essa grande oportunidade que se abriu com a Copa!; leia o texto e compartilhe.

Ricardo Gomyde, em sua coluna deste sábado, depois de meses escrevendo sobre o mundo da bola, avisa que a partir da semana que vem passará discutir outros temas; “Durante os últimos anos, trabalhei na preparação brasileira para o sucesso do evento. E pude registrar nesta coluna um pouco do dia a dia deste grande evento”, orgulha-se; Gomyde em seu balanço derradeiro sobre a Copa, considerando-se os 15 países que mais enviaram turistas ao país durante o Mundial, os visitantes sul-americanos foram representados por 364.092 pessoas, valor maior do que os 332.228 visitantes europeus e norte-americanos juntos; colunista vê legado na área do turismo; Não só Curitiba, que foi cidade sede com grande sucesso, mas todas as regiões turísticas do Paraná devem olhar para essa grande oportunidade que se abriu com a Copa!; leia o texto e compartilhe.

Ricardo Gomyde*

Escrevo hoje pela ultima vez sobre a Copa do Mundo do Brasil deste ano. A partir de agora, tratarei de outros temas. Durante os últimos anos, trabalhei na preparação brasileira para o sucesso do evento. E pude registrar nesta coluna um pouco do dia a dia deste grande evento.

A Copa do Mundo no Brasil foi, para muitos turistas sul-americanos, a chance de participar do torneio mais importante do futebol mundial sem ter de cruzar o oceano. A proximidade geográfica dos países a algumas das cidades-sede, entre elas Curitiba, tornou viável o sonho de argentinos, uruguaios, colombianos e tantos outros a seguir a seleção de seu país no Brasil.

Considerando-se os 15 países que mais enviaram turistas ao país durante o Mundial, os visitantes sul-americanos foram representados por 364.092 pessoas, valor maior do que os 332.228 visitantes europeus e norte-americanos juntos, como era visível nas arenas e nos principais pontos turísticos do país.

Os argentinos representaram o maior número dos sul-americanos, com 166.772. Depois vieram os chilenos, com 52.427; colombianos, com 49.246; uruguaios, 35.018; peruanos, 21.084; venezuelanos, 20.064; e paraguaios, 19.481.

Já entre os europeus e visitantes da América do Norte, foram 111.380 norte-americanos, 40.517 mexicanos, 40.408 britânicos, 39.968 franceses, 35.640 alemães, 23.949 portugueses, 20.919 italianos e 19.447 espanhóis.

Os estrangeiros aproveitaram a estada no país para conhecer outros destinos turísticos. De acordo com pesquisa feita pelo Ministério do Turismo, em parceria com a FIPE, foram 378 municípios visitados até o fim da Copa, número que pode aumentar já que o estrangeiro fica, em média, de 13 a 15 dias no país.

Esse é um importante legado a ser explorado depois da Copa: consolidar os destinos turísticos paranaenses para esse grande contingente de vizinhos sul-americanos. O turismo regional é responsável pelo grande fluxo de deslocamento de visitantes no mundo, e na América do Sul podemos seguir o mesmo caminho. Não só Curitiba, que foi cidade sede com grande sucesso, mas todas as regiões turísticas do Paraná devem olhar para essa grande oportunidade que se abriu com a Copa.

*Ricardo Gomyde, especialista em políticas de inclusão social, foi membro da Comissão Organizadora da Copa do Mundo no Brasil em 2014. Escreve nos sábados no Blog do Esmael.

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Talvez a grande frustação, se deu pela grande expectativa que se criou em torno do Evento COPA do mundo no Brasil, mas com certeza, aquilo que temos de melhor, a nossa hospitalidade e potencialidades enquanto País foram evidenciadas para o mundo inteiro. Mas, as falsas expectativas que a mídia criou sobre o evento, contribuíram sobre maneira, para que a decepção fosse muito maior, não pela perda, mas pela humilhação da entrega e quantidade de gol. Se dentre tantos problemas existente no Brasil, eu tivesse que elencar aquele que entendo ser o mais danoso, diria se tratar da má utilização intencional da mídia nos diferentes meios de comunicação, ressalvando alguns poucos exemplos positivos. Pois, a partir de uma mídia manipulada, surgem e crescem todas as outras formas de danos á população. Mas a vida continua e voltemos á realidade, aliás, á realidade dura que de fato não merecemos (altos impostos, corrupção, baixa ou falta de serviços públicos de qualidade). Aproveitar o momento, para refletir sobre o que podemos fazer para resgatar a nossa dignidade e melhoria da nossa qualidade de vida, afinal este é um ano de decisão e escolha daqueles que vão fazer as leis e gerir nossos Estados e País e, por outro lado, futebol e carnaval, não paga as nossas contas e muito menos propiciam serviços públicos de qualidade ou controla os assustadores aumentos de preços, que já se ver nos mercados. É tempo de assumirmos uma postura proativa e aqueles melhores informados e conscientizados, num exercício de cidadania plena, possa ajudar a esclarecer e a resgatar os mais sofridos e explorados e trazê-los para juntos, buscarmos um País melhor. É assim que eu penso e venho agindo! Luiz Gonzaga é Zootecnista, Servidor público da SEJU/PR e Professor Universitário. Nessas eleições é Candidato a Deputado Estadual, na cara e na coragem, sem recursos, mas com muito para contribuir para o Paraná e para a coligação “PARANÁ COM GOVERNO- PMDB/PV” CNPJ:20572008/0001-30.

  2. Belos momentos, belas passagens. Parabéns Gomyde