Coluna do Requião Filho: Abaixo o mundo faz de contas de Beto Richa

Requião Filho, em sua coluna desta quinta, volta a afirmar que o governo Richa faz propaganda enganosa em horário nobre paga pelo erário; colunista relata desrespeito à  PM devido à  falta de combustível, alimentação, uniformes e até alimentação nos quartéis; "Afinal o atual governo começa e termina nos intervalos das redes de comunicação", observa ele, que é especialista em políticas públicas; "Prefiro um governador de verdade que não precise de um Paraná que acredite em um mundo de faz contas", desabafa Requião Filho; leia o texto e compartilhe.

Requião Filho, em sua coluna desta quinta, volta a afirmar que o governo Richa faz propaganda enganosa em horário nobre paga pelo erário; colunista relata desrespeito à  PM devido à  falta de combustível, alimentação, uniformes e até alimentação nos quartéis; “Afinal o atual governo começa e termina nos intervalos das redes de comunicação”, observa ele, que é especialista em políticas públicas; “Prefiro um governador de verdade que não precise de um Paraná que acredite em um mundo de faz contas”, desabafa Requião Filho; leia o texto e compartilhe.

Requião Filho*

O Paraná que acredita. Este é o slogan usado pelo candidato à  reeleição no nosso Estado, Beto Richa. Eles realmente estão desesperados à  procura de um Paraná que acredite; um Paraná que acredite em propaganda enganosa! Afinal o atual governo começa e termina nos intervalos das redes de comunicação.

Antes de entrar no vergonhoso imbróglio do aumento absurdo de mais de 35% da tarifa de luz quero falar da segurança pública. O slogan busca um Paraná que acredita que o atual governo foi o melhor governo do Sul da galáxia para a polícia mas… esquece de mencionar pontos nevrálgicos que o blog Notícias Paraná! nos traz à  luz, longe da sombra da grande mídia comprada pelo governo. Senão vejamos:

!¢ Falta crônica de combustível para as “viaturas” e o esforço que os PMs fazem;

!¢ O número de “viaturas” que não está rodando porque o governo dele não tem dinheiro para consertar as que se estragam. Hoje, setenta e cinco por cento dos carros da PM está em baixa de serviço por falta de manutenção;

!¢ Falta de comida nos quartéis;

!¢ Falta de ração para os cães da PM;

!¢ O abandono e a falta de resultados concretos das Unidades Paraná Seguro; e

!¢ A falta de botas e de uniformes para os policiais militares.

Resta clara a falta de compromisso com o mundo real do atual governo. Falta a eles coragem necessária para enfrentar os problemas, e, falta ainda mais a capacidade e a vontade de resolver estes problemas. Você leitor é um paranaense que acredita em tudo que vê na TV? Será que não é melhor duvidar um pouco e ir atrás da verdade?

O leitor deve ter visto ou assistido as propagandas da COPEL negando que foram eles que pediram o aumento, afinal Copel e Aneel disputam sua atenção no horário nobre, empurrando a culpa uma na outra no fato de que sua conta de luz vai subir e muito.

Oras, já escrevi que a COPEL apresentou a planilha pedindo o aumento e ou o governador não é respeitado e seus subalternos agem passando por cima dele ou ele não presta atenção no que passa por suas mãos. Faço aqui minhas as palavras do Enio Verri, neste mesmo blog:

O governo Richa não é apenas perdulário, incoerente e descompromissado com os pobres. A campanha publicitária mentirosa que está no ar na TV e no Facebook desmascara uma gestão que não tem pudores em utilizar a máquina pública para tirar proveito político, disseminando a mentira e manipulando a boa-fé dos paranaenses. No dia 25 de junho a Copel, empresa controlada pelo governo do Paraná, pediu à  Aneel autorização para aplicar um reajuste médio de 32% na conta de luz.!

Chega desse povo que quer nos enganar com propagandas! Eu quero um Paraná com um governo de verdade. De que me adianta um governador que nunca elevou o tom de voz… que nunca falou um palavrão em público… que nunca se indignou diante das injustiças sofridas pela população… que nunca cumpriu uma promessa… que nunca trabalhou… que nunca disse não quando não poderia dizer.

Prefiro um governador de verdade que não precise de um Paraná que acredite em um mundo de faz contas.

*Requião Filho é advogado, especialista em políticas públicas, escreve à s quintas no Blog do Esmael.

Comentários encerrados.