enio_brics.jpg

| Comente agora

“O Brasil deixou de ser puxadinho dos Estados Unidos e do FMI”, saúda Enio Verri, em sua coluna desta terça, a criação do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD) pelos países que formam o Brics; colunista afirma que ação de Brasil, Rússia, China, Índia e África do Sul significa uma resposta concreta à crise econômica e do neoliberalismo; “Com Lula e Dilma mostramos que o modo petista de governar dá certo”, exalta o parlamentar do PT, que ainda acrescenta: “o protagonismo brasileiro e enfrentamento ao FMI parece superficial aos olhos dos mais jovens que pouco conviveram com os governos neoliberais de FHC”; leia o texto e compartilhe.

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.