Candidato a presidente pelo PSTU, Zé Maria, em Curitiba nesta semana

Lançamento das candidaturas do PSTU no Paraná, terá a presença de Zé Maria, candidato a presidente, de Rodrigo Tomazini, governador, e demais candidatos. Evento será nesta terça-feira (22) no salão nobre da APP Sindicato, no edifício Asa, Centro de Curitiba.

Lançamento das candidaturas do PSTU no Paraná, terá a presença de Zé Maria, candidato a presidente, de Rodrigo Tomazini, governador, e demais candidatos. Evento será nesta terça-feira (22) no salão nobre da APP Sindicato, no edifício Asa, Centro de Curitiba.

Na próxima terça-feira, dia 22/07, o Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) fará o lançamento de seus candidatos à s Eleições 2014, na cidade de Curitiba. Estarão presentes na atividade o candidato a presidente pelo partido, Zé Maria, o candidato ao governo do estado, Rodrigo Tomazini, além dos candidatos ao Senado, à  Câmara Federal e Estadual. Os candidatos do PSTU apresentarão um programa para os trabalhadores, mostrando a necessidade de se governar sem patrões, empresários e banqueiros.

Nossa candidatura é feita por trabalhadores e para os trabalhadores. A melhor forma de encontrar melhorias dos setores públicos como Saúde, Educação, Transporte e Moradia é ouvindo quem os utiliza e quem mais sofre com sua precarização, que são os trabalhadores e a juventude!, afirma Tomazini.

Zé Maria estará em Curitiba nos dias 22 e 23 de julho, participando do lançamento das candidaturas do PSTU na terça-feira à  noite e realizando atividades de campanha na quarta-feira pela manhã.

O lançamento das candidaturas ocorrerá no Salão Nobre da APP-Sindicato, localizado no 14!º andar do Edifício ASA, em frente à  Praça Osório, no centro de Curitiba.

Serviço:
Atividade: Lançamento das candidaturas do PSTU no Paraná
Local: Salão Nobre da APP Sindicato
Edifício ASA, 14!º andar, em frente à  Praça Osório
Data: 22/07 (terça-feira)
Horário: 19h

9 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Partido composto de parasitas de Centros universitários e DCEs, dá dó de ver os estudantes zumbis vendendo agenda, etc(???) para alimentar amebas como o Zé Maria.

  2. O Pstu só pensa em sindicatos e DCEs, são os pelegos dos sindicatos, os integrantes deste partido vão as manifestações e ficam no cantinho com medo da policia e quando as emissoras de tv aparecem eles ficam com as bandeiras na frente das camaras, verdadeiros galinhas.

    Esses intelectualoides burros filhinhos de papai do PSTU tem tão pouco contato com as massas populares que nem sabem a linguagem do peão, do operário, do secundarista da periferia, enfim, do povão e é por isso que ganham votações pífias nas eleições.

    adoram viajar(com o dinheiro do sindicato e do dce), tomar umas cachaças e discutir teoria politica, turma que no primeiro “chega” dos patrões já tremem e abandonam o barco.
    O PSTU JÁ ERA!

  3. O Zé Maria do Pstu sofre da doença do debate despolitizado e propostas superficiais e nesta vertente não se interessa pelas idéias e encherga as propostas como promessas sem valor, passa a desenvolver um discurso sofista cheio de bordões e frase de efeito.
    O Pstu só sabe é mamar nas tetas da classe operaria, pegando dinheiro dos sindicatos para financiar as atividades do partido, onde seus dirigentes principais vivem uma vida burguesa com luxo, bebidas, viagens etc, e tem também o dinheiro do fundo partidário oriundo dos nossos impostos que vai para partidos nanicos como o Pstu.

  4. Estas eleições são uma fraude e diante das fraudulentas eleições burguesas devemos optar pelo voto nulo e boicote a farsa patronal. Além de denunciar a democracia dos ricos e as três candidaturas majoritárias do regime (Dilma, Aécio e Campos), e também boicotar os partidos pequeno burgueses, PSOL, PSTU, PCB, PCO pois legitimam a farsa burguesa em campanhas chorosas para torná-la mais democrática.
    O PSTU trai os trabalhadores pois pratica um socialismo completamente estéril, desconectado do combate por unificar e conduzir os conflitos atuais da luta de classes rumo a uma efetiva luta pelo socialismo, ou seja, pela tomada do poder pelos trabalhadores, as correntes revisionistas se adaptaram completamente a legalidade imposta pela classe dominante, restringindo-se unicamente a uma bem comportada atividade legal, mendigando espaço na mídia(como por exemplo estes dois ai). O prêmio por bom comportamento foi o desprezo tanto das classes dominantes quanto dos trabalhadores, tornando-se estes partidos desprezíveis para a luta de classes no momento eleitoral. Tanto é assim que conseguem votações pífias nas eleições burguesas devido principalmente de estarem afastados das massas dominadas.

    • Escuto o mesmo discurso pseudotrotskista desde os anos 80: a culpa é da direção revisionista pequeno burguesa. Por favor, isto é marxismo? Desde quando a superestrutura dita as regras do jogo político? A base, a estrutura econômica do Brasil é fraca, um capitalismo dependente que se fez pela metade, gerando uma classe trabalhadora de lúmpens. A contrapartida é clara, uma burguesia fraca e ridícula, pau mandada dos impérios. Vira o disco meu amigo, chega de repetir a mesma análise por 30 anos.

  5. São farsantes e oportunistas, usam palavras de ordem mas mamam no estado brasileiros:

    http://www.midiaindependente.org/pt/red/2012/07/510087.shtml

  6. São os tucanos de bico vermelho, por falar em tucanos o ex-presidente do partido no Paraná o Sr. Avanilson Araujo foi empregado do deputado Evandro Junior do PSDB.
    Pelo histórico etílico do Zé e do Rodrigo e cachaça vai rolar solta rsrsrs

  7. Os trabalhadores nem sabem que eles existem, sempre tem votações pífias nas eleições.