Araucária terá reconhecimento facial para combater fraudes nos ônibus

Araucária vai utilizar tecnologia de reconhecimento facial para evitar uso indevido dos cartões de transporte com benefício de isenção nos ônibus da cidade. Em caso de irregularidade, o cartão será bloqueado e o titular do benefício responderá pelo ato.

Araucária vai utilizar tecnologia de reconhecimento facial para evitar uso indevido dos cartões de transporte com benefício de isenção nos ônibus da cidade. Em caso de irregularidade, o cartão será bloqueado e o titular do benefício responderá pelo ato.

A Prefeitura de Araucária, por meio da Companhia Municipal de Transporte Coletivo (CMTC), vai combater fraudes na utilização de cartões de isento com um sistema que permite o reconhecimento facial dos usuários. A novidade deve começar a funcionar em cerca de 30 ou 40 dias, segundo a CMTC. Comprovado o mau uso do cartão de isento, este será bloqueado e o titular responderá pelo ato ilegal.

Em breve, cada um dos mais de 100 ônibus da frota do Transporte Integrado de Araucária (Triar) terá um equipamento que vai registrar o rosto de cada um dos usuários no momento em que eles usam o cartão para liberar a catraca. Grande parte da frota já está com o equipamento pronto para uso. A câmera instalada tira uma sequência de três fotos e, automaticamente, o sistema compara se as imagens correspondem ao do titular cadastrado.

Com o rastreamento do sistema apontando para uma possível fraude, a informação será repassada para um funcionário da CMTC que entrará em contato com o beneficiário do cartão para que este compareça à  companhia e tenha mais esclarecimentos. O cartão não será bloqueado na hora do uso e sim posteriormente. O titular responderá pelo ato já que no momento do cadastro do cartão assina como ciente em cumprir todas as normas.

Os números da CMTC mostram que, hoje, Araucária possui cadastro de 7.205 isentos ativos. Levando em conta o preço da tarifa, no mês de maio, o município deixou de arrecadar R$ 283 mil e em junho R$ 250 mil. O diretor-presidente da companhia, Sandro José Martins, ressalva que o benefício é um direito importante para muitas pessoas e o que a CMTC está fazendo é garantir que o cartão de isento seja utilizado apenas por quem realmente tem o direito. De acordo com o diretor-presidente, a expectativa com esta ação de combate à  fraude é de que o número de cartões ativos caia pela metade.

Sistema

Com a implantação desse sistema, Araucária torna-se pioneira no Paraná a realizar esse investimento. No Brasil, São José dos Campos-SP é o único município a implantá-lo em 100% da frota, seguido por Manaus-AM que está em fase de implantação. Na prática, Araucária pode se tornar o 2!º município no país a ter 100% da frota com o recurso de reconhecimento facial.

Os benefícios desse investimento vão além do combate ao mau uso do cartão de isento. O sistema vem para dar controle total da frota!, resumiu o diretor-presidente da CMTC. A gestão da frota, a programação e gestão do itinerário dos ônibus e o monitoramento das viagens em tempo real são outras vantagens desse sistema. Em uma outra etapa, a companhia contará com um Centro de Controle de Monitoramento para gerenciar, em tempo real, o transporte coletivo no município.

Comentários encerrados.