Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

28 de julho de 2014
por esmael
69 Comentários

“Beto Richa foi covarde, moleque e truculento”, acusa Requião

Papéis trocados?

O senador Roberto Requião (PMDB), candidato ao governo do Paraná, nesta segunda-feira (28), acusou o governador Beto Richa (PSDB) de covardia, molecagem, grosseiro, deselegante e truculência. Leia mais

28 de julho de 2014
por esmael
2 Comentários

Moradores de Pontal se mobilizam por nova estrada de acesso ao município

O Paraná tem um litoral muito bonito e cada vez mais frequentado por veranistas daqui do Estado, de outros estados e de diversos países mundo. Num breve passeio pela Ilha do Mel é possível encontrar turistas europeus, orientais, norte-americanos e de outros países da nossa América Latina. Pontal do Paraná, o jovem município de belíssimas praias, é reconhecido pela preservação de uma ampla faixa de restinga ao longo de toda a sua costa e recebe centenas de milhares de veranistas todos os anos. Mas Pontal do Paraná e o acesso à  Ilha do Mel sofrem de um problema crônico que é a falta de uma estrada apropriada. Os moradores e veranistas sofrem com os constantes congestionamentos que duram horas na única estrada que margeia as praias, a PR 412.

Cansados de esperar, os moradores e empresários locais estão se organizando no movimento Eu Amo Pontal !“ Estrada Já!! sob a liderança da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Pontal do Paraná (ACIAPAR). O movimento fará coletas de assinaturas dos moradores e veranistas em apoio à  construção da estrada. Também será buscado o apoio e o compromisso dos candidatos a governador e parlamentares oriundos e! com base no litoral.

Segundo Gilberto Espinosa, presidente da ACIAPAR, a falta de acesso adequado faz com que as pousadas percam turistas, os restaurantes percam clientes, e em casos mais graves, como acidentes ou emergências médicas, a dificuldade de transporte pode matar. A ausência de uma estrada transitável estrangula o desenvolvimento local, fazendo com que muitas praias continuem desertas, dificultando a geração de emprego e renda para a população local!, afirmou Espinosa.

g414523

O Governo do Estado já elaborou o planejamento para a construção de uma nova estrada, chamada de faixa de infraestrutura, pois inclui ferrovia, rede elétrica, rede de gás e canal. O projeto está na fase do estudo de impacto ambiental, com edital aberto desde o dia 17 de julho e no dia 03 de setembro será feita a abertura dos envelopes com as propostas. Por isso, a primeira fase da campanha se

28 de julho de 2014
por esmael
7 Comentários

Dilma sobre Santander: Inadmissível, lamentável!

via Brasil 247

A presidente Dilma Rousseff classificou como “inadmissível” e “lamentável” a atitude do banco Santander, que emitiu um comunicado aos clientes de alta renda alertando para o risco à  economia brasileira, caso Dilma vença as eleições. “à‰ inadmissível, lamentável, para qualquer candidato”, afirmou a presidente, durante sabatina promovida por Folha, Uol, SBT e Jovem Pan.

Dilma disse que terá “atitude bastante clara em relação ao banco” e afirmou ter considerado o pedido de desculpas da instituição como “bastante protocolar”. Questionada se pretendia processar o banco, respondeu que irá “conversar primeiro” a respeito. “Eu conheço bastante bem o CEO do banco, pretendo conversar a respeito”, acrescentou, sobre o presidente mundial, Emilio Botín, que é recebido com frequência no Palácio do Planalto.

No comunicado, o Santander disse que a reeleição da Dilma seria prejudicial à  economia. No pedido de desculpas, afirmou: “a instituição pede desculpas aos seus clientes e acrescenta que estão sendo tomadas as providências para assegurar que nenhum comunicado dê margem a interpretações diversas dessa orientação”. Emilio Botín tentou minimizar a responsabilidade da instituição: “não foi o banco, foi um analista” (leia aqui).

Privatização

Ao falar sobre economia, afirmou que “a inflação ficará abaixo do limite superior da meta, numa trajetória decrescente”. Questionada se admitia erros na área econômica, e que se por isso promoveria mudanças, disse que não se faz mudanças porque errou, mas porque “precisa sempre querer alterar e melhorar as coisas que faz”.

A presidente atribuiu a “jogo político” o fato de o PSDB apontar que o governo do PT promove privatizações. “O que nós fizemos é concessão, eles [os prestadores de serviço] têm prazo para devolver. à‰ por isso que as pessoas se equivocam. Ninguém pode achar que [o serviço] é da pessoa eternamente, ao fim do prazo eles me devolvem. Privatização não existe devolução”.

Rejeição

Dilma atribuiu a rejeição ao seu governo, especialmente no estado de São Paulo, ao “desconhecimento” sobre muitos programas realizados pelo governo federal. E acrescentou que pretende “esclarecer bastante” o eleitorado durante o horário político eleitoral, a partir de agosto. Ela lembrou que outros candidatos a presidente, em eleições passadas, tinham índice similar de rejeição nesse período da campanha. Segundo o último Datafolha, divulgada na semana

28 de julho de 2014
por esmael
3 Comentários

Ex-prefeito de Goioerê é preso 17 anos após fim do mandato

via Goionews

Dezessete anos e meio depois de encerrar o seu mandato, o ex-prefeito de Goioerê José Paulo Novaes (1993-1996) foi preso na tarde de sexta-feira, 25, e foi recolhido ao setor de carceragem temporária da 14!ª Delegacia de Polícia de Goioerê e já está sendo providenciada a sua transferência para uma penitenciária estadual. Paulo Novaes, que tem 70 anos, foi condenado em vários processos por improbidade, mas a soma das condenações não chegava a oito anos de prisão e por isso ele cumpria a pena no regime semiaberto.

Segundo o advogado Antonio de Jesus Filho, que acompanhava o processo na tarde de sexta-feira, no Fórum de Goioerê, nos últimos dias Novaes foi condenado em mais dois processos, que ainda são passíveis de recurso, mas o juiz Christian Palharini Martins teria considerado as novas condenações como falta grave! e por isso decretou a regressão de regime das penas cumpridas pelo ex-prefeito.

Com a decisão, Paulo Novaes deixou de cumprir as penas no regime semiaberto !“ que em Goioerê é substituída pela prisão domiciliar, por falta de um local adequado para o cumprimento da pena -, para o regime fechado.

O mandado de prisão foi cumprido por policiais civis e militares na tarde de sexta-feira e ele não ofereceu resistência. O advogado Antonio de Jesus Filho salientou que pretende apresentar um pedido para que José Paulo Novaes possa voltar a cumprir pena no regime semiaberto.

28 de julho de 2014
por esmael
37 Comentários

Aliados de Richa ensinam em “cursinho” como bater em Requião

No cursinho ministrado por aliados de Richa, de acordo com a fonte do Blog do Esmael, ensina-se aos "alunos" que "Requião é louco, toma Gardenal e bate na mulher"; coordenação de campanha peemedebista vê no ataque a Requião "claro desespero logo depois da pesquisa divulgada pelo instituto Visão/Jornal Impacto!.

No cursinho ministrado por aliados de Richa, de acordo com a fonte do Blog do Esmael, ensina-se aos “alunos” que “Requião é louco, toma Gardenal e bate na mulher”; coordenação de campanha peemedebista vê no ataque a Requião “claro desespero logo depois da pesquisa divulgada pelo instituto Visão/Jornal Impacto!.

A tropa de choque do governador Beto Richa (PSDB), na região Sul de Curitiba, na última sexta-feira à  noite, ministrou aula à s lideranças comunitárias sobre como “bater” no senador Roberto Requião (PMDB). Leia mais

28 de julho de 2014
por esmael
7 Comentários

Conselho de Segurança da ONU pede cessar-fogo imediato em Gaza

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) formalizou na madrugada de hoje (28), em Nova York, uma declaração apelando para um cessar-fogo humanitário imediato e incondicional! entre Israel e o Hamas na Faixa de Gaza. Aprovada por unanimidade pelos 15 membros do conselho, a declaração pede para as partes envolvidas no conflito aplicarem totalmente! o cessar-fogo durante a celebração do fim do Ramadã, esta semana, e estenderem para além desse período, buscando uma negociação da paz na região.

As 15 nações apelaram ao respeito pleno do direito humanitário internacional, sobretudo no que diz respeito à  proteção dos civis! e enfatizaram que as instalações civis e humanitárias, incluindo as da ONU, devem ser respeitadas e protegidas!. Há três dias, um bombardeio atingiu uma escola da ONU em Gaza. A declaração também cobra de ambas as partes o esforço de implementar um cessar-fogo duradouro e totalmente respeitado, baseado na iniciativa de mediação egípcia!.

O Conselho de Segurança também ressaltou a necessidade de fornecimento imediato de assistência humanitária à  população da Faixa de Gaza, com o aumento das contribuições dos países ao Alto Comissário das Nações Unidas para Refugiados (Acnur). Além dos cinco membros permanentes (Estados Unidos, Rússia, China, Reino Unido e França), os dez membros eleitos que compõem o conselho atualmente são: Argentina, Austrália, Chade, Chile, Coreia do Sul, Jordânia, Lituânia, Luxemburgo, Nigéria e Ruanda.

O Conselho de Segurança é o único órgão do sistema internacional capaz de adotar decisões obrigatórias para todos os Estados-Membros da ONU, podendo, inclusive, autorizar intervenção militar para garantir a execução de suas resoluções. Dos 15 países do conselho, cinco são membros permanentes !“ Estados Unidos, Reino Unido, França, Rússia e China !“ e dez são rotativos, ficando dois anos no órgão e sendo substituídos. O voto negativo de apenas um membro permanente configura veto a uma eventual resolução do conselho.

A declaração foi divulgada logo depois da reuni

28 de julho de 2014
por esmael
18 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: “Muda de cidade”, recomenda time de Fruet

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda-feira, acusa o governo municipal de Gustavo Fruet de "extremismo" que lembra a ditadura militar; segundo o colunista, representante do IPPUC teria sido ríspido com ativista da ciclomobilidade ao ser questionado sobre a ausência de cronogramas, prazos e fontes financeiras em projetos: se não gosta de nada disto, se nada é muito sério para você, muda de cidade, muda de país, companheiro!; especialista de trânsito e multa vê complacência! e frouxidão! na gestão do prefeito curitibano; leia o texto e compartilhe.

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda-feira, acusa o governo municipal de Gustavo Fruet de “extremismo” que lembra a ditadura militar; segundo o colunista, representante do IPPUC teria sido ríspido com ativista da ciclomobilidade ao ser questionado sobre a ausência de cronogramas, prazos e fontes financeiras em projetos: se não gosta de nada disto, se nada é muito sério para você, muda de cidade, muda de país, companheiro!; especialista de trânsito e multa vê complacência! e frouxidão! na gestão do prefeito curitibano; leia o texto e compartilhe.

Marcelo Araújo*

O prefeito de Curitiba Gustavo Fruet e seus outorgados de confiança deveriam saber que quando um deles fala alguma coisa o faz em nome do outorgante, o qual se não concordar deve “desautorizá-lo” ou revogar a outorga. Portanto, o PREFEITO FALOU, por meio de um assessor da presidência do IPPUC que foi questionado sobre a ausência de cronogramas, prazos e fontes financeiras em projetos de ciclomobilidade que se não gosta de nada disto, se nada é muito sério para você, muda de cidade, muda de país, companheiro!. Leia mais