Por Esmael Morais

“Toda infidelidade será castigada no PMDB”, avisa xerife de Requião

Publicado em 27/06/2014

Ex-secretário da Segurança, Luiz Fernando Delazari, revelou ao Blog do Esmael que praticamente todos os deputados estaduais que haviam trabalhado pela coligação com o PSDB de Beto Richa "já se arrependeram"; "A convenção do PMDB definiu pela candidatura própria do senador Roberto Requião ao governo do Paraná, logo, se houver movimento no sentido contrário, haverá degola", avisou o xerife do senador Roberto Requião.

Ex-secretário da Segurança, Luiz Fernando Delazari, revelou ao Blog do Esmael que praticamente todos os deputados estaduais que haviam trabalhado pela coligação com o PSDB de Beto Richa “já se arrependeram”; “A convenção do PMDB definiu pela candidatura própria do senador Roberto Requião ao governo do Paraná, logo, se houver movimento no sentido contrário, haverá degola”, avisou o xerife do senador Roberto Requião.

O ex-secretário da Segurança Pública, Luiz Fernando Delazari, o Lulinha, ao Blog do Esmael, nesta sexta (27), disse que o PMDB não vai tolerar casos de infidelidade durante a campanha eleitoral.

“A convenção do PMDB definiu pela candidatura própria do senador Roberto Requião ao governo do Paraná, logo, se houver movimento no sentido contrário, haverá degola”, avisou o xerife do peemedebista.

Além de adiantar que “toda infidelidade será castigada no PMDB”, Delazari revelou ao Blog do Esmael que praticamente todos os deputados estaduais que haviam trabalhado pela coligação com o PSDB de Beto Richa “já se arrependeram”.

“Nos próximos dias haverá uma reunião com a bancada para o cumprimento da decisão da convenção”, adiantou.