Sete pessoas autuadas por tumulto no Maracanã eram estrangeiras

da Agência Brasil

Os oito presos foram encaminhados à  delegacia móvel instalada próximo ao Maracanã; cinco foram autuados de acordo com o Estatuto do Torcedor, que prevê sanções a quem promover tumulto, praticar ou incitar violência; demais foram enquadrados na Lei de Contravenções Penais também por tumulto.

Os oito presos foram encaminhados à  delegacia móvel instalada próximo ao Maracanã; cinco foram autuados de acordo com o Estatuto do Torcedor, que prevê sanções a quem promover tumulto, praticar ou incitar violência; demais foram enquadrados na Lei de Contravenções Penais também por tumulto.

Sete das oito pessoas autuadas por tumulto pela polícia, em torno do Maracanã, ontem (15) eram estrangeiras. De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, quatro eram argentinos, três, ingleses e apenas um, brasileiro.

Os oito foram encaminhados à  delegacia móvel instalada próximo ao Maracanã. Cinco foram autuados de acordo com o Estatuto do Torcedor, que prevê sanções a quem promover tumulto, praticar ou incitar violência. Os demais foram enquadrados na Lei de Contravenções Penais também por tumulto.

A assessoria de imprensa da Polícia Civil não soube afirmar se algum deles participou do protesto, na noite de ontem (15), em torno do estádio, durante o jogo entre Argentina e Bósnia, pela primeira rodada da Copa do Mundo.

1 Comentário

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. E o keko? Se fossem marcianos isso seria uma notícia.