Requião derruba convenção em dois turnos no PMDB do Paraná

Publicado em 11 junho, 2014
Compartilhe agora!

Executiva estadual do PMDB não consegue sustentar proposta de convenção em duas etapas; na noite desta quarta (11), mesmo dia em que publicou edital, houve recuo que será explicado da seguinte forma: a convenção em dois turnos causaria muito transtornos aos convencionais, que teriam que se deslocar até a capital duas vezes em menos de dez dias; edital de retificação foi publicado na página 25 do jornal Gazeta do Povo, edição desta quinta (12); esta é a quarta vitória de Requião no partido; na semana passada, ele conseguiu travar a antecipação da convenção de 20 para 15 de junho, proibiu o uso de dispositivos eletrônicos para fotografar voto secreto dos delegados e arrancou decisão da direção nacional que retirando poderes da executiva estadual, que pretendia definir candidaturas e coligações em nome dos convencionais.
Executiva estadual do PMDB não consegue sustentar proposta de convenção em duas etapas; na noite desta quarta (11), mesmo dia em que publicou edital, houve recuo que será explicado da seguinte forma: a convenção em dois turnos causaria muito transtornos aos convencionais, que teriam que se deslocar até a capital duas vezes em menos de dez dias; edital de retificação foi publicado na página 25 do jornal Gazeta do Povo, edição desta quinta (12); esta é a quarta vitória de Requião no partido; na semana passada, ele conseguiu travar a antecipação da convenção de 20 para 15 de junho, proibiu o uso de dispositivos eletrônicos para fotografar voto secreto dos delegados e arrancou decisão da direção nacional que retirando poderes da executiva estadual, que pretendia definir candidaturas e coligações em nome dos convencionais.
O senador Roberto Requião impôs nesta quarta-feira (11) a quarta vitória consecutiva no PMDB do Paraná ao derrubar a realização da convenção estadual em dois turnos, como pretendiam os aliados do governador Beto Richa (PSDB) dentro do partido.

A executiva estadual do partido chegou a publicar hoje, no jornal Gazeta do Povo, edital que previa escolha entre candidatura própria e coligação com o PSDB, no dia 20, e definição de nomes somente no dia 29 de junho.

Para consumo externo, o recuo será explicado da seguinte forma: a convenção em dois turnos causaria muito transtornos aos convencionais, que teriam que se deslocar até a capital duas vezes em menos de dez dias.

Na página 25 do jornal Gazeta do Povo, edição desta quinta (12), o presidente da sigla, deputado Osmar Serraglio, publicou retificação mantendo a convenção somente no dia 20 de junho (clique aqui para ler o documento).

Na semana passada, Requião conseguiu travar a antecipação da convenção de 20 para 15 de junho, proibiu o uso de dispositivos eletrônicos para fotografar voto secreto dos delegados e arrancou decisão da direção nacional que retirando poderes da executiva estadual, que pretendia definir candidaturas e coligações em nome dos convencionais.

Compartilhe agora!

Comments are closed.