Requião derruba convenção em dois turnos no PMDB do Paraná

Executiva estadual do PMDB não consegue sustentar proposta de convenção em duas etapas; na noite desta quarta (11), mesmo dia em que publicou edital, houve recuo que será explicado da seguinte forma: a convenção em dois turnos causaria muito transtornos aos convencionais, que teriam que se deslocar até a capital duas vezes em menos de dez dias; edital de retificação foi publicado na página 25 do jornal Gazeta do Povo, edição desta quinta (12); esta é a quarta vitória de Requião no partido; na semana passada, ele conseguiu travar a antecipação da convenção de 20 para 15 de junho, proibiu o uso de dispositivos eletrônicos para fotografar voto secreto dos delegados e arrancou decisão da direção nacional que retirando poderes da executiva estadual, que pretendia definir candidaturas e coligações em nome dos convencionais.

Executiva estadual do PMDB não consegue sustentar proposta de convenção em duas etapas; na noite desta quarta (11), mesmo dia em que publicou edital, houve recuo que será explicado da seguinte forma: a convenção em dois turnos causaria muito transtornos aos convencionais, que teriam que se deslocar até a capital duas vezes em menos de dez dias; edital de retificação foi publicado na página 25 do jornal Gazeta do Povo, edição desta quinta (12); esta é a quarta vitória de Requião no partido; na semana passada, ele conseguiu travar a antecipação da convenção de 20 para 15 de junho, proibiu o uso de dispositivos eletrônicos para fotografar voto secreto dos delegados e arrancou decisão da direção nacional que retirando poderes da executiva estadual, que pretendia definir candidaturas e coligações em nome dos convencionais.

O senador Roberto Requião impôs nesta quarta-feira (11) a quarta vitória consecutiva no PMDB do Paraná ao derrubar a realização da convenção estadual em dois turnos, como pretendiam os aliados do governador Beto Richa (PSDB) dentro do partido.

A executiva estadual do partido chegou a publicar hoje, no jornal Gazeta do Povo, edital que previa escolha entre candidatura própria e coligação com o PSDB, no dia 20, e definição de nomes somente no dia 29 de junho.

Para consumo externo, o recuo será explicado da seguinte forma: a convenção em dois turnos causaria muito transtornos aos convencionais, que teriam que se deslocar até a capital duas vezes em menos de dez dias.

Na página 25 do jornal Gazeta do Povo, edição desta quinta (12), o presidente da sigla, deputado Osmar Serraglio, publicou retificação mantendo a convenção somente no dia 20 de junho (clique aqui para ler o documento).

Na semana passada, Requião conseguiu travar a antecipação da convenção de 20 para 15 de junho, proibiu o uso de dispositivos eletrônicos para fotografar voto secreto dos delegados e arrancou decisão da direção nacional que retirando poderes da executiva estadual, que pretendia definir candidaturas e coligações em nome dos convencionais.

19 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Baita vitória inexistente.

    Medidas protelatórias para adiar o inadiável.
    Requião vai continuar sendo um senador inatuante no quesito Paraná e vai continuar viajando e recebendo aposentadoria com dinheiro público.

  2. Na convenção, tudo pode acontecer! Nada está definido! Espero que o Senador consiga reverter o quadro. Esta convenção não está fácil! Há muitos interesses em jogo! Nunca foi assim, no passado! Orientação: basta pegar a arma do adversário, que deixará o mesmo desarmado. Há dois no grupo que podem se aproveitar das armas do adversário para mudar a história. Não vejo problema em usar esta mesma arma. “Chumbo trocado não dói!”

  3. na eleição do PMDB nos aqui da região do vale do ivai acreditemos na conversa que seria um PMDB para todos e fizemos uma caravana para ir a Curitiba e votamos em massa para o Osmar ,mas não foi aquilo que dizia ,por esse motivo nos hoje já estamos com as mesmas pessoas ,com a caravana pronta para voltar em Curitiba outra vez SO que agora e o contrario nos vamos de requiao e outra não votaremos nestes que querem ir com este desgoverno sangue puro..

  4. Da coluna de Ilimar Franco, O Globo

    O que garantiu a manutenção da aliança PT-PMDB foi o apoio do senador Roberto Requião (PR), obtido pelo vice Michel Temer nos dias que antecederam a convenção. Sem os votos do Paraná, avalia a cúpula, poderia ter sido o fim.

  5. SEMPRE FUI MANDA BRASA, MAS, ULTIMAMENTE OS CABEÇAS DO PARTIDO SO ESTAO DANDO VEXAMES, TORÇO POR UMA REFORMA NESTE PARTIDO, E ATE LA NAO QUERO SABER DESTE PARTIDO.

  6. Voltaram atrás quanto aos turnos da convenção. O partido neste vai e volta, nomeia e demite, decide e revoga está caminhando para um impasse. Isto, somado a trapalhadas, como as flagrantes infantilidades denunciadas de fatos ocorridos em Paranaguá e no Norte podem resultar em impugnações e até em intervenção pelo diretório nacional, que já decidiu, no ano passado, que o partido deve ter candidatos próprios . E, se isto ocorrer, cai a casa, antes do tempo.
    Este conflitos também favorecem a viabilidade de uma outra candidatura, realmente nova, talvez mais ao gosto do eleitorado.
    .
    Clovis Pena

  7. Tenho certeza que todos que querem Requiao governador nao ira votar nesse Pessutao aí, cara maior traíra. Se nao for requiao vou de PT sem duvida. Mas acredito na candidatura do Requiao. Betinho nunca mais.

  8. O DESESPERO DO REQUIÃO E SUA TURMA SINALIZA QUE ESTES JÁ PERDERAM.
    REQUIÃO E TURMA ““ TCHAUUUUUUUUUUUUUUUUUU”¦”¦”¦
    PESSUTI-GOVERN. RATINHO JR-VICE GOVERN

    • Pelo desespero dos tucanos, essa convenção terá como resultado a vitória da candidatura própria, eu acredito que o BEM vai vencer!

  9. Duvido que 5% dos que defendem a candidatura própria do PMDB sejam peemedebistas. E mais, duvido que 2% deste povo vota no Requião.

    • Margot Santos, na sua opinião os pmdbistas de verdade estão tramando com Beto Richa o enterro da candidatura própria, e os falsos pmdbistas lutam por uma chapa puro sangue PMDB. Você só pode ser uma comissionada deste desgoverno, pois é muita bobagem para um comentário!

    • piada kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      vc tem um emprego no (governo) do garoto bacana ne

  10. Que vitória kkkkk.

    Essa é uma vitória do Pessuti!

  11. Dia 20 vai ser o dia de saber quem é quem. Espero que a maioria não se venda.

  12. Resolve e suspende. Marca e desmarca. Contrata e descontrata………….
    Isto pode acabar em intervenção e derrubar a casa antes do dia 20.
    Clovis Pena

  13. O maior inimigo do PMDB é o próprio PMDB, mormente os direitistas inconscientes infiltrados representados por Romanelli, pelo honrado Serraglio, pelo Stephanes Júnior e pelo Alexandre Cury. O velho e resistente PMDB de Guerra lembra a poesia do galo de rinha (muito recitada pelo Pessutão em roda de amigos) – do saudoso Jayme Caetano Braun … se alguém me dobrar o penacho que seja depois de morto … Portanto o PMDB tem que sair com chapa puro sangue para resgatar o Paraná.

  14. CANDIDATURA PRÓPRIA JÁ!

    O MDB “velho de guerra” vai mostrar bravura e coragem. Ânimo forte diante do desafio. A covardia, oposto da bravura, é companheira típica do medo, do traiçoeiro, dos pusilânimes.

    “As armas ensaia,
    Penetra na vida:
    Pesada ou querida,
    Viver é lutar.
    Se o duro combate
    Os fracos abate,
    Aos fortes, aos bravos,
    Só pode exaltar”. (G.D. ““ Canção do Tamoio)