PSD fecha com Dilma. No Paraná, partido deve abandonar base de Richa

Escolha de Ratinho Júnior para a vice poderá espirrar o PSD da coligação com o PSDB de Beto Richa; se Sciarra não for sacramentado na vice de Richa, no domingo (29), durante a convenção dos tucanos, ficará livre para escolher outro rumo político!, avisa um dirigente do partido de Kassab no Paraná; nesta quarta (25), em Brasília, PSD confirmou apoio à  reeleição de Dilma.

Escolha de Ratinho Júnior para a vice poderá espirrar o PSD da coligação com o PSDB de Beto Richa; se Sciarra não for sacramentado na vice de Richa, no domingo (29), durante a convenção dos tucanos, ficará livre para escolher outro rumo político!, avisa um dirigente do partido de Kassab no Paraná; nesta quarta (25), em Brasília, PSD confirmou apoio à  reeleição de Dilma.

O PSD formalizou hoje (25), em sua primeira convenção nacional, o apoio à  reeleição da presidenta Dilma Rousseff e do vice-presidente Michel Temer (PMDB). A aliança foi aprovada por mais de 94% dos 114 votos de convencionais, durante encontro que ocorreu no auditório da Câmara dos Deputados, em Brasília. Um dos mais novos partidos do país, o PSD tem pouco mais de dois anos de criação.

O partido de Gilberto Kassab, ex-prefeito de São Paulo, cumpriu a promessa de marchar com o PT no âmbito nacional. Essa sinalização, aliada a desarranjos regionais, poderá causar defecções em palanques do PSDB, como no caso de Beto Richa no Paraná.

A possibilidade de o tucano escolher como vice o deputado Ratinho Júnior (PSC), na segunda-feira (30), poderá levar o PSD paranaense para o colo do senador Roberto Requião (PMDB). O PT também disputa o passe do partido liderado no estado pelo deputado Eduardo Sciarra. Quem conquistar o “coração” do PSD ganha mais 1min40s no horário eleitoral gratuito.

Uma fonte do Blog do Esmael, dentro do PSD, garante que se Sciarra não for sacramentado na vice de Richa, no domingo (29), durante a convenção dos tucanos, ficará livre para escolher outro rumo político!.

Com informações da Agência Brasil.

Comentários encerrados.