Prefeito de Guarapuava corta 40% no próprio subsídio e 10% dos comissionados e secretários

O prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho (PPS) anunciou na terça-feira (17) uma série de medidas de redução de gastos na administração municipal, começando pelo próprio subsídio, dos secretários municipais e funcionários comissionados da prefeitura. As medidas também incluem redução no custeio das secretarias municipais na ordem de 15%. A cidade sofreu com as fortes chuvas no início do mês e teve o estado de emergência decretado pelo prefeito no último dia 08.

O prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho (PPS), anunciou nesta! quarta-feira (18) uma série de medidas de redução de gastos na administração municipal; começando pelo próprio subsídio, dos secretários municipais e funcionários comissionados da prefeitura. As medidas também incluem redução no custeio das secretarias municipais na ordem de 15%. A cidade sofreu com as fortes chuvas no início do mês e teve o estado de emergência decretado pelo prefeito no último dia 08.

A redução dos subsídios do prefeito, da vice, do secretariado e de cargos comissionados acima de R$ 3 mil, além do aperto! no custeio de secretarias foram os principais pontos do pronunciamento do prefeito Cesar Silvestri Filho (PPS) no começo da tarde desta quarta (18), em Guarapuava.

Falando para cerca de 250 pessoas no auditório da Faculdade Guairacá, o prefeito disse que o seu subsídio será reduzido em 40%, da vice prefeita Eva Schran em 10%, mesmo percentual válido para o corte do secretariado e sobre o TIDE (Tempo Integral de Dedicação Exclusiva) de comissionados que ganham acima de R$ 3 mil por mês. Da vice, secretários e comissionados o corte será pelo período de seis meses, já do prefeito será em caráter definitivo.

Soma-se a essa decisão o ajuste orçamentário que prevê redução de 15% nos gastos de custeio nas secretarias municipais. Em seis meses queremos economizar cerca de R$ 10 milhões!, disse o prefeito. Segundo Cesar Filho, o grande desafio hoje é restabelecer a rotina de Guarapuava, depois das fortes chuvas que atingiram o município.

Comentários encerrados.