requiao_curi.jpg

| Comente agora

Movimento pela candidatura própria no PMDB, nesta terça, distribuiu CD e carta de Alexandre Curi na tentativa de provar “fidelidade” a Requião; “Infelizmente, pessoas que conhecem o teu temperamento fazem de tudo para que aja (sic) um rompimento entre nós, mas tenho caráter e gratidão”, diz um trecho documento que está sendo enviado aos 600 delegados do partido; nesta sexta, daqui a três dias, convencionais decidem em Curitiba se lançarão Requião ao Palácio Iguaçu ou apoiarão coligação com o PSDB de Beto Richa; “haja coração!”, como diria o “Chatão Bueno” da TV Globo.

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.