sanepar_mp_seguranca.jpg

| Comente agora

A Embrasil e a Empresa Auxiliar, empresas de segurança privada doadoras de dinheiro na campanha de Richa, em 2010, dispensadas de licitação e contratadas em regime emergencial, serão investigadas pelo promotor de Justiça Felipe Lamarão de Paula Soares, da Comarca de Curitiba; elas têm contrato que somam até R$ 23 milhões na Sanepar.

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.