Mau agouro da mídia é atropelado pelo otimismo do brasileiro com a Copa

do Brasil 247

De acordo com a plataforma Apita Brasil, que reúne e interpreta a opinião do brasileiro sobre o evento a partir dos comentários públicos feitos nas principais redes sociais, antes do início da competição, 86% dos posts eram negativos, principalmente sobre a falta de organização na Copa; num período de dez dias, 65% das manifestações se tornaram positivas usando expressões como #euapoioacopa ou #vaitercopasim.

De acordo com a plataforma Apita Brasil, que reúne e interpreta a opinião do brasileiro sobre o evento a partir dos comentários públicos feitos nas principais redes sociais, antes do início da competição, 86% dos posts eram negativos, principalmente sobre a falta de organização na Copa; num período de dez dias, 65% das manifestações se tornaram positivas usando expressões como #euapoioacopa ou #vaitercopasim.

Em menos de dez dias, brasileiros passaram da rejeição à  adesão total à  Copa do Mundo, de acordo com a ferramenta Apita Brasil.

A plataforma reúne e interpreta a opinião do brasileiro sobre o evento a partir dos comentários públicos feitos nas principais redes sociais, como Facebook, Twitter, Instagram, YouTube e Google+. O Apita Brasil foi inspirado no Causa Brasil!, um portal de consulta da mídia, de governantes e da população em geral para interpretação da evolução das causas por trás das passeatas de 2013.

Antes do início da competição, 86% dos comentários dos internautas nas redes sociais eram negativos, principalmente sobre a falta de organização na Copa. Apenas 14% apoiavam a competição.

Num período de dez dias, 65% das manifestações se tornaram positivas usando expressões como #euapoioacopa ou #vaitercopasim. As críticas tem em menor proporção (veja aqui).

Leia mais sobre a Copa:

Aeroportos funcionam e falha terrorismo midiático na Copa; só resta à  burguesia torcer contra o Brasil

Polícia Federal chama black blocs para depor no dia de Irã x Nigéria

11 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Normal, as pessoas gostam de futebol e estão sendo bombardeadas 24h pela campanha pró COPA.

    Não importa se gosto do PT, PSDB, PMDB etc, ou se então sou Atleticano ou Coxa.

    A questão é que a FIFA usou e abusou, fez leis serem mudadas, impos isenção de impostos. Nossos governantes e legisladores disseram amém. Enquanto isso temos o coro arrancado, tanto por este governo, quanto o do Lula ou FHC (vide defasagem do IR entre outros).

    Enfim, é sabido que (a maioria) Time de Futebol vive dando calote no INSS. Vão pagar empréstimo (baratinho) de estádio?

    Se alguém quiser me distratar, distrate. Não sou comissionado e não vou ficar me deixando levar por qualquer conversa.

    Não gosto de ser explorado pela FIFA e não me engano com essa conversa de burguesia, isso é bobagem pra tirar o foco da discussão: O Brasil precisa mudar, seja com Dilma, Campos, Aécio ou qualquer outro.

  2. NÃO É POR R$ 0,20
    A bronca dos brasileiros (sim, dos brasileiros em sua grande maioria) nunca foi contra a seleção e sim contra a copa e as extravagâncias com ela. Contra os desvios de recursos, as obras super-faturadas, obras desnecessárias, o ufanismo que o governo apresentava, dizendo que ficariam milhões de turistas aqui.
    E isto continua. O que estamos vendo e nunca ninguem duvidou disto é a torcida dos brasileiros pela seleção do Felipão. Basta acompanhar as redes sociais que verão que as criticas ao governo continuam, em paralelo ao apoio à seleção

    PORTANTO, NÃO CONFUNDA LÉ COM CRÉ.

  3. NOTÍCIA ENCOMENDADA.
    O GOVERNO ENCOMENDOU O BLOG 247, QUE ENCOMENDOU O BLOG DO ESMAEL.

  4. Muitas pessoas estão sendo manipuladas pelos meios de comunicação e pela elite sem perceber. Afinal: a oposição por acaso apresentou alternativas para resolver os problemas brasileiros? Quando esteve no poder, apresentou resultados melhores? É óbvio que não! Infelizmente, a oposição no Brasil, torce contra o Brasil, aposto no quanto pior melhor e, se estrutura em base podre, com um candidato que envergonha a Nação com vídeos deploráveis espalhados pelas redes sociais:
    http://www.youtube.com/watch?v=ho4VOqSHA_g
    http://www.youtube.com/watch?v=wjEPOV020V8

  5. Minha bronca nunca foi contra a Copa, foi contra socar tanto dinheiro público em estádios privados e contra os PeTralhas se adonarem da coisa. Se é paga com dinheiro nosso, daonde este povo acha que eles são os donos? Ridículo.

    • Margot Santos, quem socou tanto dinheiro público em estádios privados? O Governo Federal bancou as obras de infraestrutura, que durante e após a Copa serão desfrutados pela população brasileira. Em relação aos estádios, o dinheiro foi disponibilizado pelo BNDES – O banco nacional do desenvolvimento, em forma de empréstimo, alguém irá pagar! Margot Santos, por acaso você sabe quem vai se responsabilizou pelos empréstimos que levantaram a Arena da Baixada? O Atlético Paranaense e os Governos Estadual e Municipal!

      • Bem o estilo petista de ser, depois mandam a cretina da presidanta tomar no c… e acham que é baixaria. Se é governo estadual, municipal ou federal que vai pagar, é dinheiro público e isto é sacanagem.

        • Margot Santos, a oposição “salvadora da pátria” está trabalhando no período da Copa? Beto Richa e os deputados da Assembleia estão trabalhando normalmente, ou estão viajando o Brasil inteiro para assistir aos jogos ao vivo? Sabia que após a Copa, todos os cidadãos de bem vão continuar pagando a mordomia desse pessoal, e tenha certeza, em um ano, o gasto com vereadores, deputados, governadores, senadores e com toda a turma ineficiente e corrupta do Judiciário seria duas, três vezes mais do que o que está sendo gasto com a Copa. Quando se fala que o dinheiro daria para construir hospitais, concordo, poderia, mas pergunto, nos hospitais que temos hoje em dia, por que faltam médicos? O SUS é ruim? Por que então muitos médicos estão se desfiliando dos Planos de Saúde? Se os planos particulares estão em crise, será que isso é culpa também do governo? É certo médico fazer pré-natal pelo SUS e depois cobrar mais de 2 mil reais por fora para fazer o parto? Isso sim é sacanagem. Se os estádios construídos na Copa ficaram caros, quem ganhou dinheiro com isso foram as empreiteiras, então por que não aparece um político pedindo uma CPI das Empreiteiras? Claro, a maioria dos partidos são financiados por estas empreiteiras. Sabia disso? Sabia também que independente do partido que ganhar as eleições as empreiteiras vão continuar superfaturando as obras e toda a classe política vai continuar quieta? Isso sim é sacanagem. Mais um detalhe, se houve superfaturamento dos estádios, o Tribunal de Contas da União foi incapaz de impedir que isso acontecesse?

          Dei uma pesquisada rápida no Google, e veja que interessante a atuação do TCU em 2013 contra as obras federais que realmente são importantes para o país: “Entre as sete obras que o tribunal recomenda a paralisação estão a construção da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), entre Caetité e Barreiras, na Bahia, e obras da ferrovia Norte-Sul, em Tocantins. As duas são de responsabilidade da Valec, estatal do setor ferroviário, e têm custo estimado em cerca de R$ 4,8 bilhões.”

          Então, se o TCU fez isso com as ferrovias, por que então deixou as empreiteiras construírem estádios superfaturados?

          Mais informações sobre a atuação do TCU em relação às ferrovias veja:
          http://g1.globo.com/economia/noticia/2013/11/tcu-recomenda-paralisacao-de-7-obras-pagas-com-recursos-federais.html

    • No seu ramo você não paga imposto de renda Margot,os caches são pagos só em especié

    • Margot Santos, então explique para todos nós o que fez FHC, aquele vagabundo, que não trouxe Copa e Olimpíadas, mas no entanto não fez nenhuma obra que beneficiasse a população. FHC et caterva apenas doou o que era do povo.

  6. Doravante fica eternamente suspenso o #NãoVaiTerCopa e agora o que vale é o #CoxinhasFilhosDaPutaVãoTomarNo CU. Visto, lido e publicado nesta data de 15 de junho de 2014, mesmo ano da vitória da Dilma no Primeiro Turno.