Mau agouro da mídia é atropelado pelo otimismo do brasileiro com a Copa

do Brasil 247

De acordo com a plataforma Apita Brasil, que reúne e interpreta a opinião do brasileiro sobre o evento a partir dos comentários públicos feitos nas principais redes sociais, antes do início da competição, 86% dos posts eram negativos, principalmente sobre a falta de organização na Copa; num período de dez dias, 65% das manifestações se tornaram positivas usando expressões como #euapoioacopa ou #vaitercopasim.

De acordo com a plataforma Apita Brasil, que reúne e interpreta a opinião do brasileiro sobre o evento a partir dos comentários públicos feitos nas principais redes sociais, antes do início da competição, 86% dos posts eram negativos, principalmente sobre a falta de organização na Copa; num período de dez dias, 65% das manifestações se tornaram positivas usando expressões como #euapoioacopa ou #vaitercopasim.

Em menos de dez dias, brasileiros passaram da rejeição à  adesão total à  Copa do Mundo, de acordo com a ferramenta Apita Brasil.

A plataforma reúne e interpreta a opinião do brasileiro sobre o evento a partir dos comentários públicos feitos nas principais redes sociais, como Facebook, Twitter, Instagram, YouTube e Google+. O Apita Brasil foi inspirado no Causa Brasil!, um portal de consulta da mídia, de governantes e da população em geral para interpretação da evolução das causas por trás das passeatas de 2013.

Antes do início da competição, 86% dos comentários dos internautas nas redes sociais eram negativos, principalmente sobre a falta de organização na Copa. Apenas 14% apoiavam a competição.

Num período de dez dias, 65% das manifestações se tornaram positivas usando expressões como #euapoioacopa ou #vaitercopasim. As críticas tem em menor proporção (veja aqui).

Leia mais sobre a Copa:

Aeroportos funcionam e falha terrorismo midiático na Copa; só resta à  burguesia torcer contra o Brasil

Polícia Federal chama black blocs para depor no dia de Irã x Nigéria

Comentários encerrados.