Eduardo Jorge (PV), Pastor Everaldo (PSC) e Zé Maria (PSTU) são candidatos à  presidência da República

Três partidos considerados pequenos fizeram convenções nacionais neste sábado (14) e oficializaram candidaturas à  presidência da República. O Partido Verde (PV) escolheu o médico e ex-deputado federal Eduardo Jorge. O Partido Social Cristão (PSC) homologou o nome do Pastor Everaldo. E o Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) repete a candidatura de Zé Maria que já concorreu em 1998, 2002 e 2010.

Três partidos considerados pequenos fizeram convenções nacionais neste sábado (14) e oficializaram candidaturas à  presidência da República. O Partido Verde (PV) escolheu o médico e ex-deputado federal Eduardo Jorge. O Partido Social Cristão (PSC) homologou o nome do Pastor Everaldo. E o Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) repete a candidatura de Zé Maria que já concorreu em 1998, 2002 e 2010.

Três partidos fizeram suas convenções nacionais eleitorais no sábado e escolheram cada qual seu candidato a presidente para a eleição de outubro. O Partido Verde (PV) definiu o médico e ex-deputado federal Eduardo Jorge. A atual vice-prefeita da Bahia, Célia Sacramento, também do PV, complementa a chapa como vice. O Partido Social Cristão (PSC) homologou o nome do Pastor Everaldo. O nome do vice não foi anunciado e deve ser confirmado no dia 31 de junho. E o PSTU lançou a candidatura de José Maria de Almeida, o Zé Maria, à  Presidência da República. A professora e assistente social Cláudia Durans concorre a vice.

Os partidos também apresentaram suas plataformas, e os que os diferencia nessa disputa. Segundo Eduardo Jorge, que também foi secretário municipal de Saúde e de Meio Ambiente de São Paulo, além de deputado estadual, o PV quer se colocar como opção alternativa na disputa. O PV é um partido do século 21. Os três partidos grandes [PT, PSDB e PSB] ainda estão no século 20. Eles continuam ligados naquele velho sistema capitalista e socialista, em que a questão do meio ambiente é considerada uma coisa secundária, quando não desprezível!, disse Jorge.

Como principais pontos do programa de governo, Eduardo Jorge (PSC) disse que o partido propõe o debate acerca da reforma política !“ com adoção do parlamentarismo, o sistema de voto distrital misto e facultativo !“, implantação de políticas de desenvolvimento sustentável focadas na expansão da energia eólica e mudanças na condução da economia.

Pastor Everaldo do PSC defende a existência de um Estado mínimo e menos ministérios. O pastor disse que 74% da população querem mudanças e nossa candidatura corresponde verdadeiramente a estas mudanças. A população quer mudanças no modelo de gestão para transformar o Brasil e inverter a política praticada pelo atual governo, que ao invés de servir ao povo se serve dele!.

Já Zé Mario e o PSTU defendem que o governo brasileiro rompa com banqueiros e as grandes empresas. Isso faria com que riqueza e os recursos que o Brasil tem possam garantir saúde, educação, moradia, transporte coletivo, reforma agrária e aposentadoria, ou seja, vida digna para o povo brasileiro.

O candidato disse que o país segue sendo governado com base nos interesses das grandes empresas. Segundo ele, o PSTU usará a força dos trabalhadores e dos jovens para fazer mudanças. Os trabalhadores, trabalhadoras e os jovens estão conosco nas ruas lutando para mudar o Brasil. Desde junho do ano passado, nós tivemos centenas de milhares de trabalhadores e jovens nas ruas protestando contra o sucateamento do serviço público, a degradação das condições de vida das pessoas. O PSTU vai levar para a campanha eleitoral uma expressão dessas exigências de junho, de mudança no país de forma que nosso povo possa ter uma vida digna!, destacou.

Com informações da Agência Brasil.

6 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Quanto candidato, parece a 1ª eleição pra presidente, só tá faltando o Ulisses Guimarães e o Afonso Camargo…

  2. 3 candidaturas de partidos pequenos, PV pode surpreender por ser liberal, progressista e um partido a frente de seu tempo, puxando o voto dos jovens e pessoas afim de uma sociedade mais justa, igualitaria, emancipatoria e soberana, pastor Everaldo pode puxar o voto dos coxinha, conservadores e falso moralistas, que se colocam acima de todos e acham que a religião é o centro de tudo, José Maria deve se manter no seu 1% de toda a eleição, contra burgues vote 16. Everaldo e Eduardo Jorge podem ajudar a levar a eleição ao segundo turno, calculo que os dois juntos devem chegar a 7% ou 8%, Aécio vai perder folego, num passa dos atuais 20% ou 22%, Eduardo Campos deve crescer com sua exposição na TV e se vinculo com Marina Silva ficar mais aparente, vai brigar pau a pau com o tucano, mas acredito que Eduardo deve alcançar seus 28%, 30%, Dilma deve se manter no patamar dos 34%(votos fieis ao PT), quem sabe chegar a uns 40%, num passa disso…

  3. 45 Aecio, novo presidente do Brasil.

  4. Aécio apoiou os xingamentos à Dilma. Ao ver que Juca Kfouri, José Trajano, e grande parte da opinião pública condenou a falta de educação da elite deste país, Aécio agora condena os xingamentos. Uma pergunta que não quer calar! Quantos votos a oposição conquistou na abertura da Copa do Mundo com a baixaria do “Ei, Dilma! Vai tomar no c…” dos Vips do “movimento cansei” em plena Arena Corinthians? Responda você aí, cidadão! Eu sei! Você deve estar pensando como eu: NENHUM! Pelo contrário, talvez tenham perdido, inclusive, simpatia junto à parte da opinião pública mais educada e esclarecida que andava meio afastada dom PT. É sempre bom lembrar: “Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma” (Joseph Pulitzer). Não tem jeito não! É Dilma reeleita em 2014! Para desespero da direita mais retrógrada e fascista que resolveu “sair do armário” para tentar nos assombrar apoiando o Aécio Neves(PSDB) numa campanha, absolutamente, triste, suja e mentirosa na Internet e nas Redes Sociais. E que não tem qualquer projeto ou proposta para superação dos imensos desafios que o país tem pela frente! Não ao retrocesso! Pronto falei! Eu vou é cravar 13 em outubro! Eu e minha geração devemos isso ao PT! É Dilma, outra vez, em 2014! Meu manifesto: #Ley de Medios Já! #PSDB nunca mais! #VejaVira-lata! #EpocaVira-lata! #VazaRonaldo! #NãoVaiTerCopanaGlobo! Xô! #RatoseUrubus larguem minha fantasia! Em 2002 a esperança venceu o medo. Já em 2014 a esperança vai vencer o ódio.