Coluna do Requião Filho: Vamos ganhar a convenção. Adeus, Beto

Em coluna carregada pela ironia, Requião Filho relata nesta quinta a disputa intestina no PMDB do Paraná e aponta uma certeza: "Vamos ganhar a convenção, adeus Beto"; especialista em políticas públicas, o colunista diz que a única discussão "histórica" que chamaria a atenção de Richa seria sobre qual supercarro italiano "Ferrari ou Lamborghini"; o governador pilota uma Ferrari; Requião Filho acusa Richa e parlamentares do PSDB de ingerência em outro partido, enganar os deputados do PMDB e estimular laranjice na convenção peemedebista, prevista para 20 de junho; Um diz:

Em coluna carregada pela ironia, Requião Filho relata nesta quinta a disputa intestina no PMDB do Paraná e aponta uma certeza: “Vamos ganhar a convenção, adeus Beto”; especialista em políticas públicas, o colunista diz que a única discussão “histórica” que chamaria a atenção de Richa seria sobre qual supercarro italiano “Ferrari ou Lamborghini”; o governador pilota uma Ferrari; Requião Filho acusa Richa e parlamentares do PSDB de ingerência em outro partido, enganar os deputados do PMDB e estimular laranjice na convenção peemedebista, prevista para 20 de junho; Um diz: “eu sou o vice”. E o outro: “não, eu sou o verdadeiro vice”!, caçoa sem dó nem piedade; leia o texto e compartilhe.

Requião Filho*

Mais uma quinta, mais um texto. Na certeza de que não importa o conteúdo que seja publicado neste espaço, a certeza é que irão atacar a minha pessoa, ou minha família, ou o dono do Blog, me senti tentado a escrever sobre a discussão histórica que chamaria a atenção do atual Governador do estado: Ferrari ou Lamborghini, qual o grande super-carro italiano?

Tenho certeza de que os asseclas comissionados viriam com as mesmas críticas de sempre. Mas tenho respeito por este espaço, e os asseclas têm seus dias de salário comissionado próximo do fim. Ao inferno com eles!

Vamos então falar da convenção do meu partido, do PMDB. Desespero total! Ao mencionar que vou escrever sobre este assunto, expondo as intestinas brigas entre a bancada de Deputados Estaduais, ora um puxando o tapete do outro, ora se juntando na panela de um verto interesse, ora na panela de outro. Um total descompromisso com ideologia e um agarro na fisiologia que dói.

Um diz: eu sou o vice!. E o outro: não, eu sou o verdadeiro vice!. Uma dança das cadeiras ao som das mais terríveis melodias de facadas, punhaladas e traições entre eles mesmos, mas… não posso escrever sobre isto! Roupa suja se lava em casa, aprendi com minha querida avó. O resultado de nosso partido é público, nossa luta interna.

Ah! A luta interna! Acabei de escrever isto e me vem à  mente deputados do PSDB ligando para os delegados do meu partido, ligando para prefeitos do PMDB e tentando cooptá-los, não há nada de interno nisso, uma ingerência de fora tamanha que não terá outro fim se não o fim do PMDB no Estado, se prosperar esta laranjice.

Incrível os deputados do meu partido acharem que os tucanos vão ajudá-los na convenção, é tanta inocência política que me faz questionar… No interior, diferente de na capital, política se faz com coração e partidos opostos, quando puros, não se misturam. Mas não posso criticar os poucos deputados que inocentemente acreditam em promessas de um menino que nada cumpriu até hoje.

Não vou criticar, pois eu separo o joio do trigo, eu sei quem vem com o PMDB e quem realmente irá trair, mas vão apresentar este artigo dizendo que ataquei a toda bancada sem distinção. Não o fiz, conheço meu partido e conheço sua bancada, conheço bastante para ser inocente a ponto de acreditar que um ou outro irá distorcer minhas palavras.

Que venham ao lado do partido aqueles que quiserem ver um PMDB forte com a maior bancada da ALEP e novamente com prefeitos e vereadores e que vão… Bem… que acompanhem o Beto os que não tem o PMDB no coração, os que apenas se utilizam de nossa sigla por interesses próprios e escusos.

Não posso escrever falando mal do Beto, os assecla pira! (sic) nos comentários. Acreditem, queria ter algo de positivo para escrever, queria conseguir ser mais obtuso para acreditar no Paraná das propagandas, ser mais denso e acreditar nas promessas em véspera de campanha… Queria ter o intelecto fraco que só um cargo comissionado parece proporcionar para acreditar no atual Governo e sofrer menos pelo desastre que está nosso Estado.

Acreditem, estou feliz por ser ano eleitoral! Estou feliz que a convenção do PMDB se aproxima e as desculpas se findam, o tempo se esvai e o PMDB se reergue. Acaba em breve a tentativa de compra de delegados, acabam as ameaças, acaba a era Beto.

Estou feliz em saber que assistirei debates sérios entre a candidata do PT, Gleisi Hoffman, e o candidato do PMDB; vamos ver soluções factíveis discutidas contra planos imaginários e pirotecnias eleitorais beirando o ridículo, de outro candidato, que nada terá a apresentar.

Ufa! Ainda bem que me censurei! Tinha muito a dizer, mas teria gente que poderia se ofender.

*Requião Filho é advogado, especialista em políticas públicas, escreve à s quintas no Blog do Esmael.

47 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Após a Convenção de 20/06 Roberto Requião parte para a Campanha. Vence no 1° Turno.

  2. Creci aplicando “decalque mania” do MDB-MANDABRASA sim nos caminhões do exército… longa historia
    .. Mas sempre fiel aos meus princípios.
    100% REQUIÃO sempre!
    PMBD Livre e Forte no Nosso PARANÁ.

  3. Vamos falar sobre cavalos, Manga larga x Puro sangue, pagos com o dinheiro publico como o teu pai fazia seu arrogante desqualificado.

  4. Nunca na história do PMDB foi tão claro E TÃO FACIL SEPARAR O JOIO DO TRIGO…Preparem-se vendilhões para, como Doático e Cia voltarem com o rabo entre as pernas como fizeram quando venderam a alma emporcalhada para o DUCCI e de no que deu…Haverá choro e ranger de dentes…

  5. Maurício filho de Roberto, as pessoas de bem estão com você na sua assertiva e também com o Senador Roberto Requião, seu pai, na caminhada pretendida. O governador Beto Richa “Exterminador do Futuro” não merece a reeleição, pois nada fez nos seus 4 anos, a não ser prejudicar o nosso estado do Paraná. Estaremos juntos no dia 20 p.p. e vamos ver como ficam os vendilhões do partido. A história é antiga, desde as 30 moedas bíblicas. Até o dia da convenção. Abraços.

  6. Alguns jornalistas e políticos incompetentes insistem em afirmar que os gastos na reforma da Arena para receber os jogos da Copa de 2014 seriam excessivos. O valor atualizado de 326 milhões é alvo de críticas. Entretanto, esses mesmos políticos e jornalistas ““ na sua maioria ““ e a chamada grande imprensa, silenciaram na roubalheira de 19 bilhões do Banestado, que daria para construir 6 Arenas.

    A maior roubalheira de dinheiro público em toda a história do Paraná foi patrocinada no governo Jaime Lerner, quando roubaram mais de 19 bilhões de reais do Banestado. Valor que está sendo pago pelo povo do Paraná até o ano de 2029, e que faz falta mensalmente para a melhoria na saúde, educação e segurança pública.
    Na época alguns doleiros chegaram a afirmar que entregavam parte da corrupção em dinheiro vivo nos apartamentos de políticos locais ““ entre eles as mais altas autoridades do legislativo e executivo ““ envolvidos na maracutaia que lesou o Estado do Paraná e continua impune.
    Ninguém devolveu um centavo da fortuna roubada. A própria imprensa silenciava porque comia um pouco das migalhas que caiam da mesa do banquete.
    No final da década de 90 o Banestado era um banco que registrava lucros e estava com as finanças equilibradas. Financiava construção de casas e apartamentos populares, agricultura, comércio e indústria no Paraná. Bastou poucos anos de governo Lerner para que o banco fosse quebrado e vendido ao Itaú. A dívida ““ títulos podres e empréstimos fraudulentos ““ ficou para ser paga pelo povo paranaense, enquanto o Itaú ficou apenas com a parte boa da negociata. Algo que não teria sido possível sem a cumplicidade de funcionários e servidores corruptos do Banestado e Banco Central, políticos, autoridades e imprensa. A opinião pública do Paraná foi condenada ao silêncio enquanto os abutres faziam festa com o dinheiro público roubado.
    Hoje, quando Curitiba se prepara para receber os jogos da Copa do Mundo de 2014, e com ela uma avalanche de turistas nacionais e estrangeiros para dinamizar o comércio local, existe uma campanha de bastidores para tentar não inviabilizar a realização da Copa em Curitiba, algo inimaginável diante dos investimentos milionários até agora realizados, mas pelo menos desmoralizar a cidade e este evento.
    Os custos da reforma da Arena são criticados diariamente, mas trata-se de uma obra que beneficiará a cidade como um todo porque trará shows, jogos e eventos internacionais que hoje Curitiba não comporta e não recebe. O clube é alvo de ataques sistemáticos, como se a obra monumental beneficiasse apenas o clube Atlético, o que não é verdade. Justificando os aditivos nos custos da obra, o presidente do Clube Atlético Paranaense, Mario Celso Petraglia, lembrou que os aumentos estão ligados ao retardamento de um ano no cronograma. “O dinheiro do estado e da prefeitura não foi liberado, as desapropriações não aconteceram, o Exército só liberou os prédios com muito atraso. Todo custo da obra incidiu”.

    Na Arena do Atlético Paranaense serão realizados jogos das seleções do Irã, Nigéria, Honduras, Equador, Austrália, Espanha, Argélia e Rússia. A cidade será tomada por turistas de forma nunca vista em toda sua história. Será uma oportunidade de ouro para os empresários e comerciantes que usarem criatividade para atender os turistas e lucrar com este evento. As muitas obras de infraestrutura, de mobilidade urbana, dificilmente seriam construídas em nossa cidade caso Curitiba não recebesse jogos da Copa ““ como defendem muitos comunicadores desinformados ou mal intencionados.
    Reduzir a discussão sobre a conclusão da Arena a mero embate clubístico, onde as cores dos times superam a razão dos investimentos realizados e a serem concluídos, é um desserviço à cidade e ao nosso Estado, e uma miopia para ver o legado da Copa que ficará para posteridade, depois que os últimos jogos forem realizados e os turistas voltarem aos seus países de origem. Ganhou Curitiba, ganhou o Paraná, ganhou o Brasil. Só não vê quem não quer.

    • Embora eu tenha ressalvas na parte final do teu texto,gostaria de parabenizá-lo pela primeira parte. Parabéns ,Tio Paulo, pela lucidez e pela qualidade do teu texto que demonstra não só sua inteligência como sua memória histórica, coisa tão rara em nossos dias.É um texto para ser divulgado.

  7. Povo do Paraná, este piá de prédio cuja profissão é ser filho, está virando unanimidade negativa, mesmo antes de se aventurar nas urnas! Ô gente feia!

  8. Simplesmente não acredito que o Requião lançará seu filho (ou sobrinho, sabe lá) a candidato para concorrer com os deputados estaduais do PMDB, a quem tanto respeita e gosta!

  9. ESSE MAMONA FILHO SO DIZ ASNEIRAS. MAS ESTA CORRETO, SE O FILHO NAO CORRER EM DEFESA DO PAI .. AI TA MUITO COMPLICADO. DEIXE O MAMONINHAFICAR NA ILUSAO,TADINHO ELE NAO PODE LEVAR SUSTO.

  10. Uiuiui mas é um baita especialista em políticas públicas né?
    Baita orgulho pra classe que estuda administração pública de fato.
    Pessoal da Harris School of Public Policy que esteve essa semana no PR deveria te levar pra dar aula lá.

    Bom, piadas a parte, “Ao inferno com eles!”
    Isso é fazer uma boa política, é a política do carisma. Só que não.
    O que esse piá tem pra mostrar além de passear de jatinho bancando pelo suplente do Requião?

  11. Volta Requiao, para o bem do Paraná. Tenho certeza que os unicos que estao defendendo governo Richa recebem algo em troca hehe comissionados, e ainda fingem se funcionários públicos, nós funcionarios sabemos a real situação, governador deve e muito, diz nao ter dinheiro mas vive gastanto com cargos que não tras nenhuma contribuição ao povo paranaense.

  12. Os aliados do senador Roberto Requião (PMDB) usaram nas redes sociais a revelação feita nesta quinta-feira (5) pelo colunista Bernardo Mello Franco, da Folha de S. Paulo, sobre as obsessões místicas de Gleisi Hoffmann ““ “A ex-ministra Gleisi Hoffmann (PT-PR) adotou um ritual curioso: só apresenta projetos de lei no Senado em períodos de lua crescente. “Se influencia as marés, também pode influenciar a política”¦”, justifica.”, destaca a nota da Folha ““ para sugerir que petista não pode sequer sonhar em ser governadora do Paraná. De acordo com o senador e sua turba, a ex-chefe da Casa Civil estaria sob o comando espiritual de um estrangeiro, no caso o guru anglo-australiano Ken O”™Donnell, conhecido nos meios místicos, frequentados por Gleisi, como “Hare Baba”.

  13. vao ganhar como ganharam a de Curitiba adeus bob reque.

  14. A convenção já está certa, isto é sabido.Mas, mais certo ainda é que os resultados não serão muito agradáveis para o Bob Pai e para o Bob Filho. Quero ver como será sua próxima coluna depois desta convenção…

  15. O Mauricinho escreve como se tivesse alguma importância no jogo eleitoral. Ao invés de aproveitar esse blog pra mostrar suas propostas e suas ideias perde seu tempo atacando o governador do estado. Garanto que não são os comissionados do Richa que lhe atacam, mas sim o povo paranaense que não aguenta mais as bravatas e as incoerências da família requiao. O governo Richa apenas por cumprir contratos e não espantar o capital (tão atacado pelo requiao) teve 30 bi deminvestimentos e um crescimento 5 vezes maior do que o pais. Porque é que o candidato a deputado não escreve sobre quais as medidas que pretende para manter o crescimento do estado. Ficar chamando o governador de playboy já perdeu a graça. O que está figurinha fez na vida de relevante? Tenha dó

  16. Se o filho não defender o Pai……dai fica feio.

  17. O texto é tão confuso quanto a “confusão mental do Requião” em querer voltar ao Governo.
    CHEGA DA RAPOSA VELHA FELPUDA DO REQUIÃO E DO SAPO BARBUDO DO LULA E OS “PTRAPALHADA” QUE O ACOMPANHAM…
    BETO E AÉCIO EM 2015!!!

  18. Quando da venda da Copel,um deputado espalhou por Londrina out doors contra a venda,depois de um tempo ele teve 500 mil motivos para votar a favor.
    O que está acontecendo agora com o PMDB e seus delegados é que eles estão tendo 20 mil motivos para se aliar ao arghhh Beto Richa.

  19. Pra quem vem de uma familia que roubou a educação e os portos, além de prejudicar o estado por briga de interesses, ele tem muita auto estima.

  20. Requeijinho querendo se safar porque foi culpa dele o PMDB votar em peso contra o pai dele. Foi dizer que iria ser o deputado mais votado com apoio do pai, fudeu, todos os deputados são contra o pai dele.. kkkk BURRO

  21. Play boy por Play boy….aí está o do BobReq.
    É muita bravata. Novas lideranças já.

  22. esse moleque do bobi requinho é uma comédia

  23. Como tem puxa saco recebendo para atacar os verdadeiros o psdb não competência para montar uma chapa de deputados própria a esperança do mercenários e se juntar com alguns safados que estão se utilizando do PMDB.O que estão fazendo com os delegados é o fim o povinho do Beto acredita que os delegados vão aceitar esta podridão que vem ocorrendo no Paraná.Ei Tucanos é o fim acabou nossa gente não se vende sou de Pinhais e o Requião tem meu voto.Dia vinte minha alegria e ver tucano doidão.

  24. QUE VENHA LOS TOUROS….QUE O PMDB ENFRENTA…

  25. MUITO BEM..REQUIÃO FILHO…TAMO JUNTOS

  26. VIVA REQUIÃO FILHO…VIVA ROBERTO REQUIÃO GOVERNADOR..

  27. Esse texto não é do Requião Pai. Tá muito feito, esquisito, bagunçado. Coisa de desesperado e parece redação de Enem.

  28. Devolva o dinheiro do aposento do teu pai!
    Como o Requião vai ser governador se já é aposentado como tal!

  29. Se a intenção do seu pai fosse pura e se fosse real a preocupação com o partido, seria a favor de QUALQUER candidatura própria. Mas você, eu e a torcida do Brasil sabemos que não é, nunca foi e nunca será assim, né, Maurício?

  30. Sou delegado e voto não a Requião! Acabou com duas candidaturas do PMDB, mas o pedágio Abaixa ou acaba ficou só no slogan! Ta rolando no twitter as fotos do Requiao e o filho andando de jatinho pras caravanas, to vendo de onde vem dinheiro pra comprar voto…o candidato ao senado do Requiao é dono de pedageira! kkkkk Hilario essa familia, fazem tudo ao contrario que pregam!

    • É muito triste ouvir dizer não em uma ideologia. Não esta dizendo não a Requião e sim a um Partido de grande história ao Paraná:PMDB. Coligação que não tem nada de aproximação ideológica… Meu Deus que vergonha, quanta palhaçada deste delegado…

  31. E eu estou feliz por você achar que não tem o intelecto fraco, certas pessoas como você vivem melhor iludidas, achando que tem ideias próprias e são respeitadas

  32. Como diria o filósofo contemporaneo Compadre Whashington::::

    SABE NADA INOCENTE….

  33. Qual a cotação diária de um voto de delegado do PMDB na convenção estadual? Senhores, façam suas apostas! hehehe

  34. É incrível como nenhum tipo de ideologia, de ideal, de utopia, faz parte das ideias dos políticos de hoje em dia. Só pensam em interesses particulares, não do Paraná. Entram na política por sanha de dinheiro e não com o desejo de mudar o Brasil.
    Parabéns Requião Filho, pelo menos vejo um IDEAL em seus textos. A despeito das ofensas recebidas, fique firme companheiro. Estamos contigo…Viva o povo paranaense…Viva o Paraná…

  35. O rapaz, talvez pela juventude, enxerga uma realidade distorcida. Concordo com o primeiro comentário que a primeira confusão já está no nome. Depois, nos faz concluir que se há assecla bom, é do partido dele. O comissionado, conhecido como cabo eleitoral remunerado com dinheiro público, só é bom quando você nomeia. Em seguida, chama os deputados do seu partido para acompanharem a candidatura do papi soberano, deve ser o Romanelli, o Stephanes, o Curi e tantos outros que, a “la pmdb”, são governo sempre. E por falar em “planos imaginários e pirotecnia”, o jovem poderia nos explicar melhor o caso Ferreirinha, o abaixa ou acaba e os recentes 30 mihões ofertados por almas do além.
    Em tempo, não sou e nunca fui comissionado, muito menos eleitor do Richa.

    • Chiquinho Chamberlain, Requião filho, para os alfabetizados, quer dizer “filho de Requião”, o nome Maurício é em homenagem ao tio querido, Maurício Requião, irmão do Senador Roberto Requião. Quer que eu desenhe ou entendeu?

  36. Sou vereador pelo PT em um pequeno município do oeste, na semana passada um Dep. de vcs, Nereu Moura, veio aqui e além de descascar a Gleisi, falou que o melhor para o PMDB é se aliar com o Richa, pois é seguro que ele ganha da Gleisi, segundo a analise dele, sobre o Requião ele disse que já está na hora deste se aposentar, que já passou o tempo dele, e que não tem diálogo com ninguém…como podem perceber, o PMDB é um partido político composto inteiramente de inimigos e traidores, por isso Requião Junior, muito cuidado com essa convenção, se a Gleisi ficar pelo caminho, serei ferrenho cabo eleitoral do seu pai, porém na minha cidade e cidades vizinhas “os mensageiros de satanás” já estão chegando com as burras cheias de metais, a assediar os convencionais…

  37. o senador Roberto Requião não se cansa de acusar de roubalheira a todos os que o contrariem.
    No twitter, sugere que senadores estariam levando dinheiro (Mamon), “Não se pode servir a Deus e a Mamon. Mas o tal Mamom esta muito influente no plenário do senado. Santa periquita, livrai-nos do mal!”.
    Um debochado ex-liderado do senador garante que Requião também segue Mamom, e também a mamona.

    http://www.youtube.com/watch?v=uR1i-w9QUEA
    © 2014 Microsoft Termos Privacidade e cookies Desenvolvedores Português (Brasil)

  38. É um piá de prédio este colunista. Se acha a última bolacha do pacote.

  39. Nossa, que salada confusa… misturar mamona no café da manhã é um perigo! Mas as confusões desse rapaz já começam no nome. Ele se chama Maurício Requião Filho, mas se diz filho do Roberto Requião. De quem ele é filho? Espero que um dia fiat lux!

    • Sucrilhos com leite de mamona mais esteroides heheheheheh

      “É bom!”

    • Humberto, confuso me parece ser você. Requião filho, para os alfabetizados, quer dizer “filho de Requião”, o nome Maurício é em homenagem ao tio querido, Maurício Requião, irmão do Senador Roberto Requião. Quer que eu desenhe ou entendeu?