requiao_appa_pmdb.jpg

| Comente agora

Requião Filho, em sua coluna desta quinta, condena utilização de cargos comissionados no Porto de Paranaguá, pelo PSDB, para interferir no resultado da convenção estadual do PMDB; partido vai definir no próximo dia 20 entre candidatura própria do senador Roberto Requião e coligação com o PSDB do governador Beto Richa; “Isto pode ser chamado de corrupção? Que moral tem quem promove a corrupção?”, indaga o colunista, especialista em políticas públicas, que emenda: “daria roteiro de filme de máfia vagabundo”; leia o texto e compartilhe.

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.