Autor de ação de censura em Campo Mourão quer censurar até a Justiça

O presidente da Câmara dos Vereadores de Campo Mourão, Pedrinho Nespolo (SDD), parece que não cansa de se enrolar na desastrada tentativa de calar a imprensa local e o portal Google. Devido à  péssima repercussão que ação teve no meio político local, causando inclusive reação do Ministério Público, Nespolo entrou com pedido de segredo de justiça através da Procuradoria Jurídica da Câmara.

O presidente da Câmara dos Vereadores de Campo Mourão, Pedrinho Nespolo (SDD), parece que não cansa de se enrolar na desastrada tentativa de calar a imprensa local e o portal Google. Devido à  péssima repercussão que ação teve no meio político local, causando inclusive reação do Ministério Público, Nespolo entrou com pedido de segredo de justiça através da Procuradoria Jurídica da Câmara.

O presidente da Câmara, Pedrinho Nespolo, quer segredo de justiça na ação movida por ele contra o Google. O pedido, com “urgência”, foi feito na sexta-feira, através da Procuradoria Jurídica da Câmara.

Várias notas do Blog Boca Santa foram anexadas para justificar a medida, inclusive divulgação da ação movida pelo Ministério Público. “Inegável objetivo especulativo e difamatório das publicações midiáticas ora colacionadas”, frisa o texto.

O Blog do Esmael noticiou em maio a censura determinada pela Justiça e também a reação do Ministério Público, em que os cinco promotores da cidade ajuizaram uma ação civil pública, com pedido de liminar contra o presidente da Câmara e contra uma procuradora parlamentar, por ato de improbidade administrativa. ! Agora, o pedido de segredo de justiça mais parece uma tentativa de ampliar a censura.

Com informações do Blog Boca Santa

Comentários encerrados.