Araucária adere à  Política Nacional de Humanização do SUS

A visita de representantes do Ministério da Saúde marcou a nesta segunda-feira a adesão de Araucária à  Política Nacional de Humanização da Atenção e da Gestão do SUS (PNH). O município já executa ações com vistas à  humanização, mas a partir dessa nova articulação, a atuação nesse sentido será bem mais intensa, padronizando o atendimento nas unidades.

A visita de representantes do Ministério da Saúde marcou a nesta segunda-feira a adesão de Araucária à  Política Nacional de Humanização da Atenção e da Gestão do SUS (PNH). O município já executa ações com vistas à  humanização, mas a partir dessa nova articulação, a atuação nesse sentido será bem mais intensa, padronizando o atendimento nas unidades.

Representantes do Ministério da Saúde visitaram hoje (09) Araucária para sinalizar mais um importante passo dado pela cidade na área da saúde: a adesão à  Política Nacional de Humanização da Atenção e da Gestão do SUS (PNH) nos atendimentos prestados pelo SUS. O encontro realizado com diretores e profissionais estratégicos da Prefeitura, no anfiteatro do paço municipal, discutiu como pode ser realizada a implantação da PNH na cidade.

As mudanças sugeridas pelo projeto englobam toda a rede da cidade: unidades básicas de saúde, atendimento especializado, de urgência e emergência. As ações começarão em alguns setores e serão ampliadas para o restante da rede aos poucos. Araucária já executa ações com vistas à  humanização, mas a partir dessa nova articulação, a atuação nesse sentido será bem mais intensa, padronizando o atendimento nas unidades.

As representantes do Ministério abordaram um breve histórico da PNH, mostrando algumas ações que deram certo e alertando que o objetivo da política é que as boas ideias sejam replicadas. Para nós essa visita já é uma conquista, porque queremos fazer a diferença para os funcionários,!  unidades e usuários. Esse foi apenas o pontapé inicial de um projeto que será implementado a longo prazo!, comenta a diretora geral da Secretaria Municipal de Saúde, Vanessa Alcântara de Oliveira.

De acordo com Vanessa, o relacionamento estabelecido entre profissionais e usuários pode fazer muita diferença na resolutividade dos problemas. Ela ressalta que é direito de todo cidadão receber um atendimento público de qualidade. Para que sejam aprimoradas as relações entre profissional de saúde e usuário, dos profissionais entre si e da unidade de saúde com a comunidade, as principais ações propostas foram capacitação dos funcionários e rodas de discussão sobre os desafios de cada serviço, duas maneiras de fortalecer e articular as ações já existentes.

Atribuições da PNH

Segundo informações do Ministério da Saúde, a Política Nacional de Humanização tem com principais atribuições: difundir os benefícios da assistência humanizada; pesquisar e levantar os pontos críticos do funcionamento da instituição; propor uma agenda de mudanças que possam beneficiar os usuários e os profissionais de saúde; divulgar e fortalecer as iniciativas humanizadoras já existentes; melhorar a comunicação e a integração da unidade de saúde com a comunidade de usuários.

Comentários encerrados.