11 de junho de 2014
por Esmael Morais
19 Comentários

Requião derruba convenção em dois turnos no PMDB do Paraná

Executiva estadual do PMDB não consegue sustentar proposta de convenção em duas etapas; na noite desta quarta (11), mesmo dia em que publicou edital, houve recuo que será explicado da seguinte forma: a convenção em dois turnos causaria muito transtornos aos convencionais, que teriam que se deslocar até a capital duas vezes em menos de dez dias; edital de retificação foi publicado na página 25 do jornal Gazeta do Povo, edição desta quinta (12); esta é a quarta vitória de Requião no partido; na semana passada, ele conseguiu travar a antecipação da convenção de 20 para 15 de junho, proibiu o uso de dispositivos eletrônicos para fotografar voto secreto dos delegados e arrancou decisão da direção nacional que retirando poderes da executiva estadual, que pretendia definir candidaturas e coligações em nome dos convencionais.

Executiva estadual do PMDB não consegue sustentar proposta de convenção em duas etapas; na noite desta quarta (11), mesmo dia em que publicou edital, houve recuo que será explicado da seguinte forma: a convenção em dois turnos causaria muito transtornos aos convencionais, que teriam que se deslocar até a capital duas vezes em menos de dez dias; edital de retificação foi publicado na página 25 do jornal Gazeta do Povo, edição desta quinta (12); esta é a quarta vitória de Requião no partido; na semana passada, ele conseguiu travar a antecipação da convenção de 20 para 15 de junho, proibiu o uso de dispositivos eletrônicos para fotografar voto secreto dos delegados e arrancou decisão da direção nacional que retirando poderes da executiva estadual, que pretendia definir candidaturas e coligações em nome dos convencionais.

O senador Roberto Requião impôs nesta quarta-feira (11) a quarta vitória consecutiva no PMDB do Paraná ao derrubar a realização da convenção estadual em dois turnos, como pretendiam os aliados do governador Beto Richa (PSDB) dentro do partido. ... 

Leia mais

11 de junho de 2014
por Esmael Morais
25 Comentários

Richa rebate Gleisi: ‘governo federal é que vai definir reajuste da Copel’

O governo Beto Richa (PSDB) adotou o estilo “bateu-levou” em relação à s acusações da ex-ministra e senadora Gleisi Hoffmann (PT) acerca do tarifaço de 32,4% na energia.

Em nota oficial, assinada pela Copel, o tucano devolveu a bola para a petista dizendo que caberá à  Aneel, do governo federal, definir o índice de 32% na conta de luz dos paranaenses.

A estatal de energia informa também que, em um ano, teve perda de receita de R$ 178 milhões por causa da participação no plano de redução da tarifa do governo federal.

No fim da tarde de hoje, em nota, Gleisi se disse “inconformada” com o reajuste de 32,4% na tarifa de energia da Copel (clique aqui).

Leia a íntegra da nota oficial da Copel:

Sobre as informações a respeito do possível aumento da energia elétrica, a Copel esclarece:

– A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), órgão do governo federal, é que vai definir qual o índice de reajuste da conta da luz no Paraná. Segundo já divulgado pelo órgão federal, a tarifa pode subir 32%.

– O custo da Copel neste reajuste é de apenas 1,5%. O restante é custo do sistema nacional, de compra de energia. A energia está muito cara porque o sistema nacional tem acionado muito as usinas térmicas, que têm um custo mais elevado.

– A Copel Geração, apesar de ter 25 usinas, não pode gerar energia diretamente para os paranaenses, ou diretamente para a Copel Distribuição, que é a empresa que fornece aos consumidores.

– Como o sistema elétrico é interligado nacionalmente, a energia gerada vai para o sistema nacional. A Copel Distribuição tem que comprar a energia nos leilões feitos pelos órgãos do governo federal.

– A falta de chuvas deixou os reservatórios das usinas hidrelétricas com Leia mais

11 de junho de 2014
por Esmael Morais
35 Comentários

Em menos de 24 horas, Porto de Paranaguá volta atrás e “demite” convencionais do PMDB pró-Richa

E-mail interno da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA), que o Blog do Esmael teve acesso com exclusividade, nesta quarta (11), em menos de 24 horas depois de denúncia, informa que a "demissão" de convencionais do PMDB do Litoral; delegado e parente de peemedebistas estariam trocando voto contra Requião, na convenção do partido, por cargo comissionado de R$ 7 mil ao mês; mesmo com suspensão de contratações, deputado João Arruda avisa que vai pedir na Justiça e à  direção nacional do PMDB a suspeição dos convencionais do Litoral. (Clique na imagem para ampliar).

E-mail interno da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA), que o Blog do Esmael teve acesso com exclusividade, nesta quarta (11), em menos de 24 horas depois de denúncia, informa que a “demissão” de convencionais do PMDB do Litoral; delegado e parente de peemedebistas estariam trocando voto contra Requião, na convenção do partido, por cargo comissionado de R$ 7 mil ao mês; mesmo com suspensão de contratações, deputado João Arruda avisa que vai pedir na Justiça e à  direção nacional do PMDB a suspeição dos convencionais do Litoral. (Clique na imagem para ampliar).

Menos de 24 horas depois de nomear convencionais ou pessoas ligadas a delegados do PMDB à  convenção estadual do PMDB, a superintendência do Porto de Paranaguá voltou atrás e “demitiu” nesta quarta-feira (11) Camila Roque e Ivori José Dias. ... 

Leia mais

11 de junho de 2014
por Esmael Morais
32 Comentários

“Sequer a ditadura militar chegou tão longe”, diz OAB sobre Joaquim Barbosa; assista ao vídeo

via UOL

A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) condenou nesta quarta-feira (11) a atitude do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Joaquim Barbosa, de expulsar o advogado do petista José Genoino do plenário e disse que “sequer a ditadura militar chegou tão longe no que se refere ao exercício da advocacia”.

Em nota, a diretoria do Conselho Federal da OAB afirma que a entidade vai estudar medidas judiciais contra Barbosa. “O presidente do STF não é intocável e deve dar as devidas explicações à  advocacia brasileira”, diz o texto. Leia mais

11 de junho de 2014
por Esmael Morais
31 Comentários

Em nota, Gleisi se diz “inconformada” com tarifaço de Richa na conta de luz

A senadora Gleisi Hoffmann, pré-candidata do PT ao Palácio Iguaçu, resolveu interromper esta semana uma trégua tácita que havia declarado, desde o caso André Vargas, ao governador Beto Richa (PSDB). A parlamentar anunciou que pedirá investigação ao Ministério Público do tarifaço que atende “tão somente os interesses dos acionistas” da Copel.

Pela manhã de hoje, a petista bateu duro no tucano ao afirmar que ele faz “politicagem” com as vítimas das enchentes no Paraná (clique aqui). Agora, na boca da noite, Gleisi se diz inconformada com o reajuste de 32,4% na tarifa de energia da Copel. Leia a nota oficial:

Nota Oficial

Inconformada com a decisão do governo do Estado do Paraná de reajustar em 32,4% a tarifa de energia da Copel, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) vem a público condenar o aumento e solicitar a atenção dos paranaenses para os seguintes pontos:

1- O governador Beto Richa negou-se a aderir ao plano do governo federal para antecipar os contratos de concessão de energia, ficando contra o projeto de baratear a conta de luz de todos os brasileiros, em especial a dos consumidores paranaenses.

2- A inexplicável decisão do governador expôs a Copel Distribuidora S/A à  necessidade de comprar energia muito mais cara no mercado livre para cumprir a obrigação de atender o mercado consumidor do Paraná. Ao invés de pagar o valor de R$ 32,00/MWh definido pelo governo federal, teve de comprar energia por R$ 822,00/MWh, causando um prejuízo de 2469% por MWh aos cofres da empresa que pertence a todos os paranaenses.

3- Em maio passado, o governo federal socorreu as distribuidoras estaduais ao realizar um leilão para entrega de energia imediata. Com isso, a Copel conseguiu sair do sufoco e comprou energia por R$ 268,00 contra os R$ 822,0 Leia mais

11 de junho de 2014
por Esmael Morais
13 Comentários

MP abre investigação sobre dispensa de licitação de R$ 23 mi na Sanepar

A Embrasil e a Empresa Auxiliar, empresas de segurança privada doadoras de dinheiro na campanha de Richa, em 2010, dispensadas de licitação e contratadas em regime emergencial, serão investigadas pelo promotor de Justiça Felipe Lamarão de Paula Soares, da Comarca de Curitiba; elas têm contrato que somam até R$ 23 milhões na Sanepar.

A Embrasil e a Empresa Auxiliar, empresas de segurança privada doadoras de dinheiro na campanha de Richa, em 2010, dispensadas de licitação e contratadas em regime emergencial, serão investigadas pelo promotor de Justiça Felipe Lamarão de Paula Soares, da Comarca de Curitiba; elas têm contrato que somam até R$ 23 milhões na Sanepar.

O promotor de Justiça Felipe Lamarão de Paula Soares, da Comarca de Curitiba, comanda investigação do Ministério Público contra a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). A estatal de água e esgoto é acusada de contratar empresas de segurança privada em regime de urgência com dispensa de licitação entre os anos 2011 e 2014.  ... 

Leia mais

11 de junho de 2014
por Esmael Morais
1 Comentário

PTB faz convenção dia 28 em Londrina

O Partido Trabalhista Brasileiro do Paraná (PTB-PR) vai realizar a sua convenção eleitoral no final deste mês e, ao contrário do que normalmente acontece, será fora da capital, sede do partido. O evento, que definirá a posição da agremiação nas eleições de outubro, será em Londrina no próximo dia 28. Os trabalhos serão realizados das 8 à s 12 horas no espaço da Associação das Senhoras de Rotarianos, na Avenida Santos Dumont, 1160 (Aeroporto), ocasião em que os convencionais definirão suas diretrizes para as eleições majoritárias e proporcionais.

Segundo o presidente do partido no Estado, deputado federal Alex Canziani, o objetivo do PTB é melhorar seu desempenho se comparado com as eleições de quatro anos atrás, quando apoiou a candidatura de Beto Richa ao Governo do Paraná e elegeu um deputado estadual e um federal. Queremos ver se fazemos pelo menos dois deputados federais e três estaduais!, destaca.

Na convenção serão tratadas e votadas questões como a possibilidade de candidatura própria para o Governo do Estado, para o Senado, a definição, ou não, de concorrer com chapa pura! e a possibilidade de coligações com outros partidos, além das candidaturas para a Assembleia Legislativa e Câmara dos Deputados. Os convencionais também homologarão os números de campanha de todos os candidatos !“ o prefixo eleitoral do PTB é 14!.

Já em novembro do ano passado, Alex Canziani adiantou, em encontro estadual da legenda, que o partido deve apoiar a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) e do governador Beto Richa (PSDB). à‰ a aliança apelidada de Dilmicha!.

Leia mais

11 de junho de 2014
por Esmael Morais
40 Comentários

Deputado apresenta provas de compra de votos contra Requião na convenção do PMDB do Paraná

Deputado João Arruda apresentou provas nesta quarta (11) de uso do Porto de Paranaguá para cabalar votos de peemedebistas contra Requião; Ivori José Dias, delegado do PMDB de Guaraqueçaba, foi nomeado hoje para exercer o cargo de chefe da seção de operações Antonina; ontem, o parlamentar já havia denunciado a contratação de Camila Roque, filha do vereador Marquinhos Roque, presidente da Câmara Municipal de Paranaguá, que é delegado à  convenção estadual do PMDB, e sobrinha de outro convencional, Mário Cezar Elias Roque, conhecido como Maruca; Se o Ministério Público precisava de provas concretas para agir, aí estão os recibos das compras de votos de convencionais do PMDB!; sobrinho de Requião adiantou que pedir na Justiça e à  direção nacional do PMDB a suspeição dos convencionais do Litoral. (Clique na imagem para ampliar).

Deputado João Arruda apresentou provas nesta quarta (11) de uso do Porto de Paranaguá para cabalar votos de peemedebistas contra Requião; Ivori José Dias, delegado do PMDB de Guaraqueçaba, foi nomeado hoje para exercer o cargo de chefe da seção de operações Antonina; ontem, o parlamentar já havia denunciado a contratação de Camila Roque, filha do vereador Marquinhos Roque, presidente da Câmara Municipal de Paranaguá, que é delegado à  convenção estadual do PMDB, e sobrinha de outro convencional, Mário Cezar Elias Roque, conhecido como Maruca; Se o Ministério Público precisava de provas concretas para agir, aí estão os recibos das compras de votos de convencionais do PMDB!; sobrinho de Requião adiantou que pedir na Justiça e à  direção nacional do PMDB a suspeição dos convencionais do Litoral. (Clique na imagem para ampliar).

“Se o Ministério Público precisava de provas concretas para agir, aí estão os recibos das compras de votos de convencionais do PMDB”. São essas as palavras do deputado federal João Arruda, que, nesta quarta-feira (11), mostrou cópias das portarias que contratam delegados do partido pela superintendência do Porto de Paranaguá (APPA). Segundo o parlamentar, cada cargo representa R$ 7 mil ao mês para os convencionais votarem, no próximo dia 20, contra a candidatura própria do senador Roberto Requião ao Palácio Iguaçu. ... 

Leia mais

11 de junho de 2014
por Esmael Morais
13 Comentários

Alckmin não vai negociar; PSDB aposta no caos para derrotar Dilma

via Aldeia GaulesaO Partido Pirata divulgou na rede uma importante revelação da “estratégia do caos” que o PSDB pretende levar a cabo para impulsionar a candidatura de Aécio Neves para a Presidência da República.

A organização da campanha presidencial de Aécio estaria apostando na insatisfação popular, greves e protestos para minar a aprovação de Dilma e do PT. Em um documento classificado como “confidencial” vazado ao público, registra que o comitê de campanha do PSDB estaria desejando capitalizar politicamente com a greve dos metroviários em São Paulo:

“Neste caso [greve de metroviários durante o Mundial] como já demonstrado em outras reuniões, não seremos submetido [sic] a pressão e principalmente no mundial, pois se for fazer greve no mundial, esperaremos que aconteça, afinal o PT vai sair como o partido que causou tudo no país.”

Portanto, não é mera coincidência a postura intransigente e agressiva de Alckmin com relação a greve. Quanto mais o “circo pegar fogo”, melhor para os cálculos políticos tucanos.! 

“Será muito importante que a classe trabalhadora até o dia da eleição sinta toda a pressão da manifestações [sic]. Sempre vamos poder usar isso a nosso favor. Não podemos deixar que o cidadão de bem que trabalhou a vida toda para construir um patrimônio, pense que seremos omissos e medrosos.”

Os protestos e movimentos grevistas legítimos, serem utilizados em uma perspectiva eleitoral pela oposição ao governo Dilma, não é algo que não se imaginava e debatia, o que é importante e relevante da revelação material trazida pelo Partido Pirata,!  é a forma deliberada como o PSDB pretende criar o “caos” para desgastar o governo e crescer eleitoralmente.

Seguramente outros agentes e setores estão envolvidos nesta estratégia. Não tivemos acesso a íntegra do documento, mas é de se supor que neste planejamento, para a tática ter sucesso, é previsto um papel central para a mídia. A cobertura midiática, neste sentido, tem sido peça fundamental para levar a cabo este plano. Um exemplo? Notem a forma como os problemas da gestão Alckmin, como o desabastecimento de água, são escamoteados e colocados como problemas da “natureza”, jamais como falta de planejamento e resultado de um modelo de gestão falido.

Assim como a cobertura da greve dos metroviários, não raro, observamos uma clara “crimina Leia mais

11 de junho de 2014
por Esmael Morais
5 Comentários

Câmara de Campo Mourão pede para assumir autoria da ação de censura

A Câmara dos Vereadores de Campo Mourão entrou com pedido na justiça para assumir a autoria da ação de censura contra o portal Google e a imprensa local. O objetivo é substituir o presidente da própria casa, o vereador Pedrinho Nespolo (SDD), como autor do processo. A iniciativa repercutiu mal para o parlamentar, e é objeto ação movida pelo do Ministério Público.

A Câmara dos Vereadores de Campo Mourão entrou com pedido na justiça para assumir a autoria da ação de censura contra o portal Google e a imprensa local. O objetivo é substituir o presidente da própria casa, o vereador Pedrinho Nespolo (SDD), como autor do processo. A iniciativa repercutiu mal para o parlamentar, e é objeto ação movida pelo do Ministério Público.

A Câmara de Campo Mourão pediu que sejam feitas emendas nas ações de censura movidas contra o portal Google e à  imprensa local. O pedido é pra que elas passem a ser em nome da Câmara e não do presidente Pedrinho Nespolo (SDD). O pedido também informa a desistência da antecipação daquela multa ao Google – R$ 90 mil. ... 

Leia mais

11 de junho de 2014
por Esmael Morais
47 Comentários

Gleisi acusa Richa de fazer “politicagem” com desgraça alheia

Senadora Gleisi Hoffmann, pré-candidata do PT ao Palácio Iguaçu, nesta quarta-feira (11), passou uma descompostura pública em Beto Richa: "Lastimável é o fato de pessoas fazerem politicagem com o sofrimento de milhares de paranaenses"; governador e primeira-dama Fernanda Richa, segundo a petista, estariam fazendo politicagem! com o sofrimento das vítimas das enchentes ao espalhar boatos contra o governo federal; reportagem do jornal Gazeta do Povo afirma que Paraná não recebe mais recursos porque o governo do estado não estaria repassando informações sobre a real situação dos municípios atingidos pelas chuvas dos últimos dias.

Senadora Gleisi Hoffmann, pré-candidata do PT ao Palácio Iguaçu, nesta quarta-feira (11), passou uma descompostura pública em Beto Richa: “Lastimável é o fato de pessoas fazerem politicagem com o sofrimento de milhares de paranaenses”; governador e primeira-dama Fernanda Richa, segundo a petista, estariam fazendo politicagem! com o sofrimento das vítimas das enchentes ao espalhar boatos contra o governo federal; reportagem do jornal Gazeta do Povo afirma que Paraná não recebe mais recursos porque o governo do estado não estaria repassando informações sobre a real situação dos municípios atingidos pelas chuvas dos últimos dias.

A senadora Gleisi Hoffmann (PT), pré-candidata ao governo do Paraná, nesta quarta-feira (11), pelo Facebook, acusou o governador Beto Richa (PSDB) de fazer “politicagem” com as vítimas das enchentes. ... 

Leia mais

11 de junho de 2014
por Esmael Morais
36 Comentários

Requião lança pré-candidatos em bases de deputados pró-Richa

Roberto Requião planeja "aposentar" pelas urnas os deputados do PMDB considerados por ele "picaretas"; durante a semana, senador dedicará tempo na agenda para preparar lançamento de candidatos em bases eleitorais dos deputados Romanelli e Caito Quintana, que defendem coligação do partido para reeleger Richa.

Roberto Requião planeja “aposentar” pelas urnas os deputados do PMDB considerados por ele “picaretas”; durante a semana, senador dedicará tempo na agenda para preparar lançamento de candidatos em bases eleitorais dos deputados Romanelli e Caito Quintana, que defendem coligação do partido para reeleger Richa.

O senador Roberto Requião não está de brincadeira, segundo os coordenadores do movimento pela candidatura própria no PMDB do Paraná. Nesta semana, quando o Congresso entra em recesso devido a Copa, o parlamentar vai se dedicar a montar chapa de pré-candidatos em cima de bases eleitorais de deputados estaduais que defendem, no partido, a coligação com o PSDB de Beto Richa. ... 

Leia mais

11 de junho de 2014
por Esmael Morais
7 Comentários

STF decide: nem Camargo, nem Plauto, nem Pessuti no Tribunal de Contas

O cargo vitalício de Camargo é muito cobiçado no mundo da política, vale ouro; dois estavam de olho no na vaga de conselheiro do TCE: o deputado Plauto Miró (DEM) e o ex-governador Orlando Pessuti (PMDB); com "travamento" do cargão, Miró vai mesmo à  reeleição e diminui as chances de o TCE ser usado como barganha na convenção estadual do PMDB no próximo dia 20 de junho; empresário Max Schrappe é o autor do mandado de segurança que culminou com a decisão do ministro Gilmar Mendes.

O cargo vitalício de Camargo é muito cobiçado no mundo da política, vale ouro; dois estavam de olho no na vaga de conselheiro do TCE: o deputado Plauto Miró (DEM) e o ex-governador Orlando Pessuti (PMDB); com “travamento” do cargão, Miró vai mesmo à  reeleição e diminui as chances de o TCE ser usado como barganha na convenção estadual do PMDB no próximo dia 20 de junho; empresário Max Schrappe é o autor do mandado de segurança que culminou com a decisão do ministro Gilmar Mendes.

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), reviu sua própria decisão de abril e manteve afastado ontem o conselheiro Fábio Camargo do Tribunal de Contas do Estado (TCE). A decisão, no entanto, congela a disputa pela vaga na Assembleia Legislativa do Paraná e garante o salário mensal de 28,7 mil ao ex-deputado. ... 

Leia mais

11 de junho de 2014
por Esmael Morais
24 Comentários

Vox Populi ainda aponta vitória de Dilma no primeiro turno com 40%

do Brasil 247

Acaba de ser divulgada mais uma pesquisa sobre sucessão presidencial: a do instituto Vox Populi, do sociólogo Marcos Coimbra; nela, a presidente Dilma Rousseff tem 40% e ainda vence a disputa no primeiro turno; senador tucano Aécio Neves foi de 16% a 21%; diferença mais significativa em relação ao Ibope, de Carlos Augusto Montenegro, que ontem também divulgou seu levantamento, é a pontuação de Eduardo Campos; na Vox, o socialista tem 8%, número próximo aos 7% do Datafolha, de Otávio Frias Filho, e distante dos 13% do Ibope; quem tem razão?

Acaba de ser divulgada mais uma pesquisa sobre sucessão presidencial: a do instituto Vox Populi, do sociólogo Marcos Coimbra; nela, a presidente Dilma Rousseff tem 40% e ainda vence a disputa no primeiro turno; senador tucano Aécio Neves foi de 16% a 21%; diferença mais significativa em relação ao Ibope, de Carlos Augusto Montenegro, que ontem também divulgou seu levantamento, é a pontuação de Eduardo Campos; na Vox, o socialista tem 8%, número próximo aos 7% do Datafolha, de Otávio Frias Filho, e distante dos 13% do Ibope; quem tem razão?

Acaba de sair mais uma pesquisa sobre a sucessão presidencial. Ela foi feita pelo instituto Vox Populi, do sociólogo Marcos Coimbra, para a revista Carta Capital. O levantamento confirma o crescimento do senador tucano Aécio Neves, que foi de 16% a 21%. No entanto, a presidente Dilma Rousseff, que manteve os 40% da pesquisa anterior, ainda venceria em primeiro turno. ... 

Leia mais

11 de junho de 2014
por Esmael Morais
44 Comentários

Coluna do Ademar Traiano: Paraná se une para dar resposta imediata a tragédia das chuvas

Ademar Traiano, nesta quarta, baixa as armas em nome da solidariedade à s vítimas das enchentes no Paraná; segundo a Defesa Civil, 10 paranaenses morreram em decorrência das chuvas e 55 mil pessoas foram afetadas no estado; colunista relata força-tarefa encabeçada pelo governador Beto Richa e pela primeira-dama Fernanda Richa; "O governo do Paraná está lutando, com todas as suas forças, para reduzir os prejuízos e amenizar o sofrimento da população", relata o guru ideológico do Palácio Iguaçu; leia o texto e compartilhe.

Ademar Traiano, nesta quarta, baixa as armas em nome da solidariedade à s vítimas das enchentes no Paraná; segundo a Defesa Civil, 10 paranaenses morreram em decorrência das chuvas e 55 mil pessoas foram afetadas no estado; colunista relata força-tarefa encabeçada pelo governador Beto Richa e pela primeira-dama Fernanda Richa; “O governo do Paraná está lutando, com todas as suas forças, para reduzir os prejuízos e amenizar o sofrimento da população”, relata o guru ideológico do Palácio Iguaçu; leia o texto e compartilhe.

Ademar Traiano* ... 

Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo