10 de junho de 2014
por esmael
35 Comentários

Em pronunciamento à  Nação, Dilma defende a Copa; assista ao vídeo

bia Blog do Planalto

Em pronunciamento à  nação, nesta terça-feira (10), a presidenta Dilma Rousseff afirmou que o Brasil venceu os principais obstáculos rumo à  Copa do Mundo 2014 e está preparado para a competição, a partir desta quinta-feira (12). Ela comparou a organização do Mundial com uma partida de futebol, na qual resultado e celebração final valem o esforço, além de esclarecer detalhes sobre período de preparação do país para o evento, enfatizando objetivos alcançados.

10 de junho de 2014
por esmael
12 Comentários

PHS lança Silvio Barros ao governo do Paraná em coligação com Pros

via G1

O Partido Humanista da Solidariedade (PHS) e o Partido Republicano da Ordem Social (Pros) realizaram nesta terça-feira (10) as respectivas convenções partidárias para as eleições estaduais no Paraná. As legendas optaram por coligações nas eleições majoritárias e proporcionais, lançando o ex-prefeito de Maringá, Silvio Barros (PHS) como candidato ao governo estadual.

As convenções foram realizadas no primeiro dia do prazo permitido pela legislação eleitoral, que segue até o dia 30 de junho. Os partidos devem, em âmbito estadual e nacional, definir as candidaturas e coligações nas eleições para a presidência da República, governo estadual, Senado, Câmara dos Deputados e assembleias estaduais.

Os nomes dos candidatos a vice-governador e a senador não foram definidos nas convenções do PHS e do Pros. De acordo com o presidente do PHS, Valter Viana, o objetivo é atrair outras legendas para a coligação. Estamos em conversação com outros partidos, então deixamos em aberto essas questões para poder atrair outras pessoas!, explicou ao G1. Os candidatos devem ser escolhidos até o dia 30 de junho.

Ficou definido que PHS e Pros devem apresentar chapa completa para concorrer à  Assembleia Legislativa (Alep) e à  Câmara dos Deputados. O número de representantes de cada legenda, contudo, está condicionado à  possibilidade de adesão de mais partido à  coligação.

Silvio Barros

O candidato ao governo pelo PHS foi prefeito de Maringá, no norte do Paraná, por dois mandatos !“ entre 2005 e 2012. Foi ainda secretário estadual de gestões no Paraná e no estado do Amazonas. à‰ irmão do também ex-prefeito de Maringá e ex-deputado federal Ricardo Barros.

Nós queremos oferecer ao Paraná uma alternativa diferente de gestão pública. O Paraná já conhece o estilo do governador Beto Richa, do PSDB, já conhece o modelo de gestão do PT, que está que está no comando do Brasil há anos, e se por acaso o PMDB lançar candidatura, o Paraná também já conhece o estilo de governo do partido!, afirmou o candidato.

Segundo Barros, o objetivo é implantar no estado o mesmo estilo de gestão pública dos governos dele em Maringá. Nós tivemos excelente desempenho em termos de gestão pública, principalmente em termos de impostos arrecadados e bem investidos. à‰ isso que o PHS quer apresentar para o Paraná!, concluiu.

10 de junho de 2014
por esmael
39 Comentários

Cargo de R$ 7 mil no Porto é trocado por voto a favor de Richa na convenção do PMDB!, acusa deputado

Deputado federal João Arruda denunciou, nesta terça (10), que o governo Beto Richa trocou um cargo de R$ 7 mil ao mês, no Porto de Paranaguá, por dois votos na convenção estadual do PMDB; segundo o parlamentar, que é sobrinho do senador Roberto Requião, pré-candidato do partido ao Palácio Iguaçu, o escambo seria para aprovar coligação com o PSDB; em março de 2012, o então superintendente dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA), Airton Maron, foi demitido porque era alvo de investigação do Ministério Público e da Polícia Federal por suposta cobrança de pedágio partidário! utilizando cargos comissionados para essa finalidade; deputado informa que vai pedir na Justiça a suspeição dos dois convencionais parnanguaras, ou seja, para que tenham seus votos invalidados na convenção do partido.

Deputado federal João Arruda denunciou, nesta terça (10), que o governo Beto Richa trocou um cargo de R$ 7 mil ao mês, no Porto de Paranaguá, por dois votos na convenção estadual do PMDB; segundo o parlamentar, que é sobrinho do senador Roberto Requião, pré-candidato do partido ao Palácio Iguaçu, o escambo seria para aprovar coligação com o PSDB; em março de 2012, o então superintendente dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA), Airton Maron, foi demitido porque era alvo de investigação do Ministério Público e da Polícia Federal por suposta cobrança de pedágio partidário! utilizando cargos comissionados para essa finalidade; deputado informa que vai pedir na Justiça a suspeição dos dois convencionais parnanguaras, ou seja, para que tenham seus votos invalidados na convenção do partido.

O deputado federal João Arruda, nesta terça-feira (10), acusou o governador Beto Richa (PSDB) de trocar cargo comissionado de R$ 7 mil ao mês, no Porto de Paranaguá, por voto de convencional no dia 20 de junho. Leia mais

10 de junho de 2014
por esmael
17 Comentários

2!º turno à  vista: Dilma tem 38%, Aécio 22% e Campos 13%, diz pesquisa Ibope

do Brasil 247
Acabam de sair os números da pesquisa Ibope sobre sucessão presidencial. Se as eleições fossem hoje, a presidente Dilma Rousseff disputaria o segundo turno com o senador Aécio Neves (PSDB-MG).

Dilma marcou 38%, enquanto o tucano oscilou de 20% para 22% do último levantamento para cá. O ex-governador pernambucano Eduardo Campos também subiu, passando de 11% para 13%.

Trata-se de um número consideravelmente maior do que aquele divulgado pelo Datafolha, que apontou apenas 7% para Campos.

Nesta semana, também serão divulgados outros dois levantamentos: a pesquisa Vox Populi, da revista Carta Capital, e a Sensus, em parceria com a Istoé.

Abaixo, reportagem da Reuters:

Ibope mostra Dilma com 38%, Aécio com 22% e Campos com 13%

SàƒO PAULO (Reuters) – A presidente Dilma Rousseff mantém a liderança das intenções de voto, seguida por Aécio Neves, do PSDB, segundo pesquisa do Ibope, encomendada pela União dos Vereadores do Estado de São Paulo (Uvesp).

Dilma aparece com 38 por cento, enquanto Aécio tem 22 por cento e o terceiro colocado, Eduardo Campos (PSB), aparece com 13 por cento.

Foram ouvidos 2.002 eleitores, entre os dias 4 e 7 de junho, com margem de erro de 2 pontos percentuais.

O último levantamento do Ibope, divulgado dia 22 de maio, mostrava Dima com 40 por cento das intenções de voto, seguida por Aécio, com 20 por cento, e Campos, com 11 por cento.

(Por Alexandre Caverni)

10 de junho de 2014
por esmael
22 Comentários

Mesmo com traição na bancada do PR, 69,7% aprovam aliança Dilma-Temer

Michel Temer continuará na vice de Dilma Rousseff, de acordo com a vontade de 69,7% dos convencionais do PMDB; bancada paranaense teria dado uma traidinha! básica, haja vista que prometera !“ e não entregou !” 100% dos votos à  repetição da coligação PT-PMDB; juventude hostilizou parlamentares peemedebistas que advogam pela coligação com o PSDB de Beto Richa. (Foto: Preto Almeida).

Michel Temer continuará na vice de Dilma Rousseff, de acordo com a vontade de 69,7% dos convencionais do PMDB; bancada paranaense teria dado uma traidinha! básica, haja vista que prometera !“ e não entregou !” 100% dos votos à  repetição da coligação PT-PMDB; juventude hostilizou parlamentares peemedebistas que advogam pela coligação com o PSDB de Beto Richa. (Foto: Preto Almeida).

A continuação da dobradinha Dilma-Temer foi aprovada nesta terça (10), em Brasília, por 69,7% dos delegados à  convenção nacional do PMDB. Votaram na eleição interna 592 peemedebistas de todo o país, segundo dados da organização do evento. Leia mais

10 de junho de 2014
por esmael
41 Comentários

Richa prepara maior tarifaço da história da Copel na tarifa de energia

via CGNA Copel solicitou um reajuste médio de 32,4% nas tarifas para Agência Nacional de Energia Elétrica. Se autorizado, este será o maior reajuste da tarifa na historia da Copel. O índice a ser implantado deve ser definido pela Aneel no próximo dia 17 e será implantado a partir do dia 24 de junho.

De acordo com a companhia, o que mais contribuiu para a alta taxa apresentada foi a compra de energia, que equivale a quase 20% do total. Um dos pontos que mais pesou para o maior gasto com a compra de energia foi a queda do nível dos reservatórios das hidrelétricas e consequentemente o acionamento de usinas térmicas.

Segundo o diretor-presidente da Copel Distribuição, Vlademir Daleffe, dos 32% do reajuste solicitado, a Copel só tem controle de 1,5%, sendo o restante referente a contratos firmados, principalmente pela compra de energia.

Mesmo a Copel informando ter responsabilidade por apenas 1,5% no total dos 32% solicitados para reajuste médio, o índice da companhia paranaense foi o maior entre todas as distribuidores que apresentaram um pedido de aumento para a agencia nacional.

Segundo o diretor-presidente da Copel Distribuição, o motivo é o momento em que cada empresa contrata os serviços, além de reajustes tarifários de 2013 que não foram repassados ao consumidor.

Vlademir Daleffe entende que o reajuste solicitado é alto, que não era o desejado, mas que o aumento nos valores dos contratos devem ser repassados ao consumidor. Ele explica que o reajuste autorizado pela Aneel será aplicado a partir do dia 24 de junho, mas o consumidor deve perceber o impacto apenas no final do mês de julho.

Atualmente o valor do quilowatt-hora na tarifa residencial por exemplo é de 26 centavos, caso a Aneel autorize o aumento de 32,4% o valor sobe para quase 35 centavos.

Lembrando que o aumento solicitado de 32,4% é um reajuste médio. A Aneel pode definir índices diferentes para cada setor como residencial e industrial.

10 de junho de 2014
por esmael
34 Comentários

Requião suspeita de compra de deputados e convencionais do PMDB com dinheiro do pedágio; ouça

Senador Roberto Requião, que hoje participa da convenção nacional do PMDB, em Brasília, distribuiu áudio nas redes sociais, suspeitando de compra de convencionais e deputados da agremiação com dinheiro do pedágio; "Quando essa desistência das ações [judiciais] ocorre no momento em que estão tentando corromper a convenção do PMDB fica uma forte suspeita: é caixa dois para comprar a convenção do PMDB e pagar os deputados que estão trabalhando contra o partido no apoio ao PSDB? Estou enojado com isso"; ouça o áudio.

Senador Roberto Requião, que hoje participa da convenção nacional do PMDB, em Brasília, distribuiu áudio nas redes sociais, suspeitando de compra de convencionais e deputados da agremiação com dinheiro do pedágio; “Quando essa desistência das ações [judiciais] ocorre no momento em que estão tentando corromper a convenção do PMDB fica uma forte suspeita: é caixa dois para comprar a convenção do PMDB e pagar os deputados que estão trabalhando contra o partido no apoio ao PSDB? Estou enojado com isso”; ouça o áudio.

O senador Roberto Requião (PMDB), nesta terça-feira (10), distribuiu áudio nas redes sociais no qual coloca sob forte suspeita o cancelamento de 36 ações judiciais, pelo governador Beto Richa (PSDB), que tramitavam contra o pedágio. Segundo o peemedebista, antes havia apenas suspensão das demandas, mas agora o tucano exterminou os processos que poderiam anular contratos nocivos aos paranaenses (clique aqui para ler a lista das ações). Leia mais

10 de junho de 2014
por esmael
Comentários desativados em Ex-prefeito de Londrina, Jorge Scaff, morre aos 84 anos

Ex-prefeito de Londrina, Jorge Scaff, morre aos 84 anos

via Folha de Londrina

Morreu ontem, aos 84 anos, o ex-vereador e ex-prefeito de Londrina Jorge Scaff. Internado havia 14 dias no Hospital do Coração de Londrina, depois de ter sofrido um infarto agudo, Scaff não resistiu a uma parada cardiorespiratória. Ele, que era servidor aposentado da Receita Estadual do Paraná, deixa esposa, filho e três netos. O prefeito Alexandre Kireeff (PSD) lamentou a morte do político e decretou luto oficial de três dias na cidade.

Ex-jogador de futebol com passagem pelo Atlético Paranaense, ex-técnico do Londrina Esporte Clube (LEC) na década de 1960 e ex-presidente do Grêmio Literário e Recreativo Londrinense, Jorge Scaff chegou ao cargo público mais importante da cidade, pelo PSB, no ano 2000, quando o então prefeito e aliado político, Antonio Belinati (à  época no PDT), foi cassado pela Câmara de Vereadores. Scaff estava no segundo mandato como vereador (o primeiro exerceu na década de 70) e tornou-se prefeito.

O ex-vereador Renato Araújo, que era presidente da Casa na época, contou que, após a cassação de Belinati, decidiu renunciar ao cargo para não ter que assumir o Executivo, pois ficaria impedido de se candidatar à  reeleição. “O Jorge era meu vice e, como presidente, assumiu interinamente a prefeitura. Na sequência, a Justiça Eleitoral determinou eleições indiretas, que ele venceu, conduzindo a administração até o final.” Alex Canziani havia renunciado ao cargo de vice-prefeito para assumir como deputado federal. Conforme Araújo, “Jorge Scaff era muito qualificado como mediador no debate político, de atuação bastante tranquila”.

A passagem pelo Executivo foi a última atuação de Scaff na política londrinense. “A idade e a saúde acabaram pesando na decisão dele”, lembrou o sobrinho e ex-vereador Beto Scaff (DEM). A família teve ainda, na política partidária, João Scaff, irmão de Jorge, que ocupou a cadeira no Legislativo interinamente, como suplente de vereador, e Fernando Scaff (DEM), filho do ex-prefeito, que se candidatou nas últimas eleições municipais, mas não foi eleito.

Belinati afirmou que a convivência com Jorge começou ainda no rádio, onde o ex-jogador também atuou como comentarista esportivo. “Ele sempre teve muito carisma e todos que mantinham

10 de junho de 2014
por esmael
13 Comentários

PSol lança Pilotto ao governo do PR e Piva ao Senado; assista ao vivo

O Blog do Esmael transmite ao vivo, a partir das 10h30, desta terça-feira (10), a convenção estadual do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) que formalizará o servidor público federal Bernardo Pilotto, de 30 anos, ao Governo do Paraná, e o professor Luiz Piva, de 51 anos, ao Senado. Leia mais

10 de junho de 2014
por esmael
20 Comentários

PDT cogita não apoiar Gleisi no Paraná

O ex-prefeito de Foz do Iguaçu, Paulo Mac Donald Ghisi, do PDT, poderá disputar o governo do Paraná. à‰ o que projeta o instituto Opinião Pesquisa, de Arilton Freres, que registrou sondagem com 600 entrevistas na tríplice fronteira.

Se os pedetistas lançarem candidato ao Palácio Iguaçu, necessariamente, quem perderia seria a senadora Gleisi Hoffmann (PT) que já contabilizava o tempo de TV do partido aliado.

O Blog do Esmael conversou com Mac Donald na manhã desta terça (10) sobre essa possibilidade de concorrer ao cargo majoritário e também o inquiriu acerca de inelegibilidade alegada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).

“Quem é esse Tribunal de Contas? As alegações são pífias e secundárias, estou apto a disputar o governo do Paraná e fazer o embate com o governador tucano Beto Richa”, assegurou o ex-mandatário iguaçuense.

Mac Donald disse que tem o que mostrar ao Paraná o que fez em Foz do Iguaçu.

“Na educação tivemos o melhor índice Ideb do Brasil. Construímos hospitais, moradias populares, escolas, creches, asfaltos, tudo com ajuda do Lula e da Dilma. Por isso eu apoiarei o PT para a Presidência da República”, adiantou.

Veja abaixo o questionário da Opinião Pesquisa:

http://s3.amazonaws.com/static.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2014/06/20114037/opiniao_foz.pdf

10 de junho de 2014
por esmael
8 Comentários

Ex-senador José Eduardo de Andrade Vieira tem casa invadida e é assaltado

via NP Diário

A residência do ex-senador, ex-ministro e ex-banqueiro José Eduardo! de Andrade Vieira, foi invadida por três marginais armados de revólveres na manhã desta segunda-feira, dia nove, em Carlópolis. Ele ficou rendido por cerca de uma hora e meia.

Zé do Chapéu, como é conhecido, havia saído e retornou em torno das oito horas com os assaltantes já dentro da casa. A empregada doméstica estava dominada.

Embora não tenha sofrido agressão física, os invasores pressionaram o empresário para entregar ouro e dinheiro em espécie e chegaram a jogar álcool em seu corpo para atear fogo, mas não concretizaram a ameaça.

Outros três funcionários que chegaram durante o assalto ficaram trancados dentro de um quarto.

Fugiram na caminhonete de Vieira levando R$ 780, um notebook, bebidas alcoólicas, entre outros.

José Eduardo de Andrade Vieira foi um dos homens mais poderosos do Brasil, tendo sido o último presidente do Bamerindus, fundado por seu pai, antes da incorporação pelo HSBC.

Foi senador pelo Paraná, ministro da Indústria, do Comércio e do Turismo entre outubro de 1992 a dezembro de 1993 e cumulativamente ministro da Agricultura, Abastecimento e Reforma Agrária de setembro de 1993 a outubro de 1993. Voltou a ser ministro da Agricultura, de janeiro de 1995 a maio de 1996.

10 de junho de 2014
por esmael
34 Comentários

PSDB pede ao STF liberdade a protestos dos Black Blocs nos estádios

do Brasil 247

Partido presidido pelo presidenciável Aécio Neves entregou ação ao ministro Gilmar Mendes pedindo que seja derrubado o artigo da Lei Geral da Copa que proíbe a entrada em estádios com faixas e cartazes "para outros fins que não o da manifestação festiva e amigável"; a sigla afirma que não pretende prejudicar a "ação fiscalizadora do Estado ou de seus agentes delegados" e nem autorizar a entrada de objetos que "ameacem a segurança das pessoas ou que incitem a violência ou qualquer tipo de discriminação".

Partido presidido pelo presidenciável Aécio Neves entregou ação ao ministro Gilmar Mendes pedindo que seja derrubado o artigo da Lei Geral da Copa que proíbe a entrada em estádios com faixas e cartazes “para outros fins que não o da manifestação festiva e amigável”; a sigla afirma que não pretende prejudicar a “ação fiscalizadora do Estado ou de seus agentes delegados” e nem autorizar a entrada de objetos que “ameacem a segurança das pessoas ou que incitem a violência ou qualquer tipo de discriminação”.

O PSDB, presidido pelo presidenciável Aécio Neves, entrou com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) nesta segunda-feira (9) pela liberação de protestos de caráter “ideológico” dentro dos estádios durante a Copa do Mundo. O caso está sob análise do ministro Gilmar Mendes. Leia mais

10 de junho de 2014
por esmael
19 Comentários

Coluna do Enio Verri: Beto mentiu e fracassou ao quebrar o Paraná

Tanta dificuldade em manter as contas em ordem é sintoma da tremenda incompetência gerencial de Beto Richa. Ele prometeu que faria

Tanta dificuldade em manter as contas em ordem é sintoma da tremenda incompetência gerencial de Beto Richa. Ele prometeu que faria “mais com menos”, mas a verdade é que fracassou até mesmo em fazer “mais com muito mais”!. à‰ o que conclui Enio Verri, em sua coluna nesta terça; parlamentar do PT afirma que arrecadação do Paraná cresceu quase 50% entre 2010 e 2013, mas, mesmo assim, o governador do PSDB conseguiu quebrar o estado; segundo o colunista, diante da dívida confessada de R$ 1,1 bi e do desespero para fazer caixa, o governo tucano até tentou leiloar as florestas por R$ 100 milhões; leia o texto e compartilhe.

Enio Verri*

Na semana passada o jornal Gazeta do Povo publicou um levantamento que mostra que a arrecadação do Paraná cresceu quase 50% entre 2010 e 2013. A informação, entre tantas outras, mostra que o discurso da eficiência na gestão! do governador Beto Richa não passou de um mentira eleitoral para ludibriar os paranaenses. Leia mais