Visita de Michel Temer deverá definir candidatura própria do PMDB no PR

Almoço com 500 lideranças do PMDB na próxima quinta-feira (29), com presença do vice-presidente Michel Temer, deverá apressar candidatura própria do partido com o senador Roberto Requião; ex-deputado Rocha Loures, único representante paranaense na direção nacional do partido, disse que projeto autônomo é caminho sem volta por conta da conjuntura nacional e aposta que nem haverá bate-chapa na convenção estadual em 20 de junho; disputadíssimo, convites para o evento peemedebistas se esgotaram em menos de 48 horas.

Almoço com 500 lideranças do PMDB na próxima quinta-feira (29), com presença do vice-presidente Michel Temer, deverá apressar candidatura própria do partido com o senador Roberto Requião; ex-deputado Rocha Loures, único representante paranaense na direção nacional do partido, disse que projeto autônomo é caminho sem volta por conta da conjuntura nacional e aposta que nem haverá bate-chapa na convenção estadual em 20 de junho; disputadíssimo, convites para o evento peemedebistas se esgotaram em menos de 48 horas.

O vice-presidente da República, Michel Temer, presidente licenciado do PMDB nacional, nesta quinta (29), deverá almoçar com cerca de 500 lideranças do partido no Paraná. Organizado pelo ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, o evento reunirá as alas internas que se digladiam entre projeto autônomo e coligação com o PSDB do governador Beto Richa.

A presença do vice-presidente da República poderá apressar a definição em prol da candidatura própria ao governo do Paraná. A tendência é que o partido confirme o senador Roberto Requião como candidato ao Palácio Iguaçu, sem necessidade de bate-chapa na convenção de 20 de junho.

Temer, assim como Rocha Loures, que foi chefe das Relações Institucionais da Vice-Presidência da República, defende palanque próprio no estado porque isso o fortalece na chapa reeleitoral de Dilma Rousseff (PT).

A título de curiosidade, os 500 convites para o almoço no restaurante Madalosso, na quinta, foram vendidos em menos de 48 horas tal o interesse de militantes e dirigentes do partido pela presença de Temer no Paraná.

Comentários encerrados.