UNILA recebe autorização do MEC para abertura do curso de Medicina

A Universidade Federal da Integração Latino Americana, situada na tríplice fronteira em Foz do Iguaçu, recebeu autorização do Ministério da Educação para oferecer o curso de medicina. As aulas de primeira turma deverão começar já em agosto. Serão 60 estudantes, 30 do Brasil e 30 dos países do Mercosul. O governo federal também anunciou a criação de mais 420 vagas para oito novos cursos de medicina em universidades federais. Desde o fim de 2013, já são mais de mil novas vagas para futuros médicos.

A Universidade Federal da Integração Latino Americana, situada na tríplice fronteira em Foz do Iguaçu, recebeu autorização do Ministério da Educação para oferecer o curso de medicina. As aulas da! primeira turma deverão começar já em agosto. Serão 60 estudantes, 30 do Brasil e 30 dos países do Mercosul. O governo federal também anunciou a criação de mais 420 vagas para oito novos cursos de medicina em universidades federais. Desde o fim de 2013, já são mais de mil novas vagas para futuros médicos.

O Ministério da Educação publicou no Diário Oficial da União desta quarta-feira (14), a portaria N!º 278/2014, que autoriza a implementação do bacharelado em Medicina na UNILA. Esse é um passo fundamental para que a Universidade possa iniciar as atividades no segundo semestre deste ano, quando serão oferecidas 60 vagas, sendo 30 destinadas a candidatos brasileiros e 30 a candidatos do Paraguai, Argentina, Uruguai e Venezuela.

A autorização desta nova graduação ocorreu de forma bastante dinâmica, principalmente em função da verificação de diversos fatores encontrados em Foz do Iguaçu e que colaboraram para que a implementação ocorresse de forma mais acelerada. Na semana passada, dois avaliadores do MEC estiveram na cidade para averiguar a proposta pedagógica do curso, as instalações para aprendizado, as condições reais de implantação e os equipamentos médicos disponíveis na cidade.

Mais vagas para futuros médicos e médicas

O MEC também! autorizou a abertura de 420 vagas para oito novos cursos de medicina em universidades federais. As vagas são para campi das universidades localizados em cidades do interior de seis estados das regiões Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste. A autorização está em portaria publicada na edição do dia! 13 de maios do Diário Oficial da União.

Os estados contemplados são Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Piauí, Rio Grande do Norte e Bahia. A autorização de vagas faz parte da Política Nacional de Expansão das Escolas Médicas das Instituições Federais de Educação Superior, no âmbito do Programa Mais Médicos. O programa prevê a criação de 11.447 vagas em faculdades de medicina até 2017 com foco na melhor distribuição da oferta de profissionais no país, e nas regiões onde há necessidade de ampliar a formação de médicos.

Com informações da UNILA e da Agência Brasil.

Comentários encerrados.