Pivô do mensalão tucano, Azeredo reivindica espaço na campanha de Aécio

do Brasil 247

Ex-deputado federal Eduardo Azeredo (PSDB), réu no processo do mensalão tucano, disse que pretende atuar nas candidaturas do presidenciável tucano Aécio Neves e do ex-ministro Pimenta da Veiga ao governo de Minas: "Sou fundador do partido, primeiro governador do PSDB mineiro. Vou defender a candidatura do Pimenta, do Aécio. Agora eu queria que vocês da imprensa divulgassem a minha defesa, não apenas aquela loucura do procurador [geral da República, Rodrigo Janot]"; o presidenciável tucano esteve ontem em Curitiba, onde participou do lançamento de um livro sobre o ex-governador do Paraná José Richa, pai do atual governador Beto Richa (PSDB); Aécio disse que Azeredo poderá participar da campanha da forma que achar adequado!.

Ex-deputado federal Eduardo Azeredo (PSDB), réu no processo do mensalão tucano, disse que pretende atuar nas candidaturas do presidenciável tucano Aécio Neves e do ex-ministro Pimenta da Veiga ao governo de Minas: “Sou fundador do partido, primeiro governador do PSDB mineiro. Vou defender a candidatura do Pimenta, do Aécio. Agora eu queria que vocês da imprensa divulgassem a minha defesa, não apenas aquela loucura do procurador [geral da República, Rodrigo Janot]”; o presidenciável tucano esteve ontem em Curitiba, onde participou do lançamento de um livro sobre o ex-governador do Paraná José Richa, pai do atual governador Beto Richa (PSDB); Aécio disse que Azeredo poderá participar da campanha da forma que achar adequado!.

Réu no processo do mensalão tucano, por suposto caixa 2 na campanha pelo governo de Minas Gerais em 1998, o ex-deputado federal Eduardo Azeredo (PSDB) esteve presente nesta segunda-feira (19) no lançamento de Dinis Pinheiro (PP) como pré-candidato a vice na chapa de Pimenta da Veiga (PSDB), e reivindicou papel na campanha de 2014:

“Sou fundador do partido, primeiro governador do PSDB mineiro. Vou defender a candidatura do Pimenta, do Aécio. Agora eu queria que vocês da imprensa divulgassem a minha defesa, não apenas aquela loucura do procurador [geral da República, Rodrigo Janot]”, disse Azeredo.

Janot pediu 22 anos de prisão para Azeredo. O então deputado renunciou ao mandato e, assim, perdeu o foro privilegiado. A manobra fez com que o STF (Supremo Tribunal Federal) enviasse o processo por peculato e lavagem de dinheiro para a Justiça em Minas, atrasando sua análise e julgamento.

Afastado dos eventos do partido desde então, ele diz que deixou de participar do lançamento da candidatura de Pimenta por se sentir “injustiçado”.

“Eu estava sentido mesmo. Quem tem moral, quem tem vergonha na cara, fica sentido quando é injustiçado. Eu não fui no evento porque tinha sido injustiçado, não estava bem de saúde. Hoje eu estou participando e vou continuar participando. Tenho muito mais condição moral do que muita gente que está por aí”, disse.

Questionado sobre sua presença no evento, Aécio disse que Azeredo poderá participar da campanha da forma que achar adequado!. Já Pimenta disse que pesam contra ele acusações. Nunca foi condenado por nada!.

9 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. azeredo, pimenta, e aécinho do pó
    que trio de merda

  2. Me falaram que o Andre Vargas e Gaievski estão reivindicando espaço na Campanha da Dilma e da Gleisi.. pode isso 171 ? desculpa 247 !!

  3. É verdade! Ainda bem que Eduardo Gaievski, André Vargas, José Dirceu, José Genoino, João Paulo Cunha e muitos outros petistas estão fora dessa eleição!

  4. Tá certo! Se é do P$DB tem a perene presunção da inocência … nem chega a ser aberto inquérito, se aberto é engavetado pra prescrever. Gente coisa é outra fina!

  5. essa campanha de 2014 está parecendo campanha para facção criminosa o que tem de criminoso não está no gibi

  6. …,Á TURMA DOS…, INTOCÁVEIS…,O JUDICIÁRIO(?)…,ADOOOOOOOOOOOOOORRRRRRRRAAAAMMMM…,ESSA CAMBADA…,QUE INVEJA DO JUDICIÁRIO DA FRANÇA…,ACORDA PARANÁ,ACORDA BRASIL!!!REFORMA DO JUDICIÁRIO,JÁ!!! Á PIOR DESGRAÇA DE UM POVO,É UM POVO,SUBMÍSSO,COVARDE E,SEM CULTURA…