Miami é meu País: Barbosa prepara as malas para o refúgio nos EUA

do Brasil 247

Amigos próximos confirmam que o presidente do Supremo, que anunciou sua aposentadoria ontem, está de malas prontas para passar uma temporada de alguns meses em Miami, na Flórida, onde tem um apartamento em um bairro nobre; ministro Joaquim Barbosa pretende ainda "submergir do noticiário do Brasil" enquanto estiver nos Estados Unidos, período de eleições no País e de ascensão do ministro Ricardo Lewandowski à  presidência do STF.

Amigos próximos confirmam que o presidente do Supremo, que anunciou sua aposentadoria ontem, está de malas prontas para passar uma temporada de alguns meses em Miami, na Flórida, onde tem um apartamento em um bairro nobre; ministro Joaquim Barbosa pretende ainda “submergir do noticiário do Brasil” enquanto estiver nos Estados Unidos, período de eleições no País e de ascensão do ministro Ricardo Lewandowski à  presidência do STF.

O presidente do Supremo está de malas prontas para passar uma temporada em Miami, onde tem um apartamento. à‰ o que dizem amigos próximos, segundo a Coluna Esplanada, do jornalista Leandro Mazzini. De acordo com a notícia, o ministro Joaquim Barbosa, que anunciou ontem sua aposentadoria da corte, “pretende morar por alguns meses [na cidade americana] e submergir do noticiário do Brasil”.

O apartamento, que fica num bairro nobre da cidade da Flórida, foi adquirido por Barbosa em junho de 2013 e gerou uma polêmica, pois foi feito por meio de uma offshore, a fim de que o ministro obtivesse benefícios fiscais. Por seguir carreira pública, ele não poderia ser proprietário de uma empresa com fins lucrativos (relembre o caso aqui).

Confira a nota da Coluna Esplanada:

Joaquim Barbosa de malas prontas para Miami

Com a anunciada aposentadoria no Supremo Tribunal Federal, o ministro Joaquim Barbosa, dizem amigos próximos, prepara sua mudança para Miami, onde pretende morar por alguns meses e submergir do noticiário do Brasil !“ em meio à s eleições e à  ascensão do desafeto ministro Ricardo Lewandowski à  presidência da alta corte.

A saída de Barbosa está prevista para fim de junho. Barbosa comprou um apartamento quarto-e-sala de 50m!² financiado, num bairro nobre da cidade da Flórida, conforme revelou a Coluna em junho de 2013.

A despeito da aquisição do imóvel, Barbosa, confirmara à  época sua assessoria, pouco visitou a cidade e o apartamento. Numa das idas a Miami, em novembro do ano passado, envolveu-se num episódio constrangedor ao ser fotografado, a pedido de um fã, num bar da cidade americana. O admirador era o empresário Antonio Mahfuz, alvo de vários processos na justiça federal do Brasil (lembre aqui).

A foto circulou as redes sociais e foi usada por mensaleiros para atacá-lo. à€ ocasião, procurada pela Coluna, a assessoria do ministro informou que ele não tem como saber a ficha corrida de cada pessoa que o procura nas ruas.

25 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Esse é um antibrasileiro, que caiu na vala comum, lembram-se das ferias que ele tirou, gastando dinheiro do povo por conta das suas diarias pagas, e isso não é roubo? ou a natureza do roubo mudou ou eu estou ficando doido, eu acho que roubo é roubo em qualquer circunstancia e ponto final.

  2. O fenômeno Joaquim Barbosa

    Publicado em 31/05/2014 | Alberto Dines

    Comentários (0)

    Se já era espantosa a capacidade do presidente da suprema corte de ocupar o centro das atenções, o anúncio na última quinta-feira da sua aposentadoria imediata reforçou substancialmente o seu poder e a sua magia.

    O mistério em torno dos reais motivos que o levaram a interromper uma fulgurante carreira, as versões logo divulgadas ““ inclusive supostas ameaças de morte ““ tudo contribui para alimentar a magistral perícia desse magistrado para surpreender e empolgar.

    A opção pela renúncia é, em si, uma formidável alavanca para produzir admirações. Num ambiente marcado pela ambição desmedida, cobiça exorbitante e sofreguidão pelo poder, o simples gesto de abdicar e abrir mão contrasta vivamente com a legião de mãos sorrateiras, prontas para apoderar-se de tudo.

    Barbosa conhece a dinâmica do sebastianismo, o magnetismo exercido pelos encobertos, o fascínio dos sumidos. Escolheu o ostracismo como proteção e reforço. Espontaneamente, encaminha-se ao banco dos reservas num momento em que todos se engalfinham pela camisa de titular. Numa paisagem marcada pelo desgaste das lideranças e a evaporação das ideias-força, Barbosa prefere recolher-se para lustrar o capital acumulado.

    O horizonte sombrio sugere incertezas, trepidações, fissuras e até rupturas. Não apenas aqui ou no nosso entorno, mas também nos laboratórios do Hemisfério Norte e nos acervos do Velho Mundo. Os indícios fornecidos no último domingo pelo pleito europeu se avolumam e ganham relevância na medida em que a galeria de lideranças ““ independentemente das colorações partidárias ““ converte-se em mostruário de nulidades e insignificâncias. As exceções vão por conta de Angela Merkel (interessante mix de pragmatismo, moderação e racionalidade) e Vladimir Putin (com apetite, treino e instinto para audácias). O restante do time de chefes de governo é deplorável: David Cameron, François Hollande e Mariano Rajoy são medíocres, canhestros, o recém-chegado Matteo Renzi ainda não rodou o suficiente para mostrar atributos.

    O quase ex-presidente do STF sabe que o nível dos competidores dá dimensão aos torneios, por isso deve aguardar desafios mais qualificados. Na arena do STF seria compelido a desgastar-se com embates menores. Prefere preservar-se. E, periodicamente, fazer intervenções surpreendentes. Tem calibre, saber e senso de oportunidade para cultivar esperanças e expectativas.

    Joaquim Barbosa entrou em cena por vontade alheia, o presidente Lula queria um negro na corte suprema. Em apenas 11 anos, o ilustre desconhecido tornou-se o mais visível e respeitado chefe do Judiciário de todos os tempos. Diz o que pensa, faz o que lhe dita a consciência e o dever cívico e, como se não bastasse, consegue irradiar sua imagem e mensagens para grande parte da população, sem dispor de qualquer máquina partidária, midiática ou empresarial.

    É um fenômeno.

    Alberto Dines é jornalista.

  3. …,QUEM TEM JUIZO SABE, QUE ESTE VIGARISTA DE TOGA(MAIS UM…),DEVERIA SAIR ALGEMADO, DENTRO DO STF E ,IR DIRETO PARA Á PAPUDA,UM DESPOTA/TIRANO,QUE TRABALHOU DIREITINHO PARA ESSA ELITE PODRE,ANTI NACÍONALISTA,QUE PREGA O ÓDIO CONTRA NOSSO PAÍS,NO ENTANTO,ENCHEM O RABO DE DINHEIRO E ,VÃO GASTAR NOS ESTADOS UNIDOS,ESSE VAGABUNDO PULOU FORA POR QUE, INEVITÁVELMENTE ELE TERIA QUE INVESTIGAR O VERDADEIRO MENSALÃO, O DO PSDB/DEM/PPS,ESSE PILANTRA SENTOU EM CIMA DO PROCESSO,2474,QUE É UMA BOMBA EM CIMA DAS GUADRILHAS,PSDB/DEM/PPS/REDE ROUBO/VEJA/FALHA/O ROUBO/ESTADÃO ETC…,VAI FALTAR CADEIA PARA PRENDER Á TUCANADA DO BRASIL…,NO PARANÁ NÃO SOBRA NENHUM…,FALA YOUSSEF,FALA…

  4. Em toda classe profissional existe um certo corporativismo, eu não entendo uma coisa! me responda vocês que são inteligente demais, porque o JB e odiado dentro da própria classe jurídica desse pais?????? seria porque ninguém presta!!! vão se informar melhor sobre o Joaquim Barbosa seus inocentes, ainda bem que esse chororo todo esta chegando ao final.

  5. Bem que faz, deixar esse país de merda… Aqui o cara é ladrão e sem vergonha e ainda é herói… País dos vagabundos…

  6. Eu realmente espero que o Joaquim Barbosa, reflita a grande “cagada” que fez. O deserviço que prestou a nação brasilieria. Logo em seguida, peça desculpa ao José Dirceu e ao Genuino. Só depois disso tudo logicamente, pode envelhecer em paz

  7. Gostei do blog! Veja as previsões de Aline, da Cidade das Pirâmides, para o ano de 2014. https://www.youtube.com/watch?v=6v_iFO6_dyc Abraços

  8. Atraso esse negócio de criticar quem compra no Exterior. Ao investidor, basta mostrar o preço dum imóvel aqui e um lá em Miami. Esperemos pelo estouro da bolha imobiliária aqui no Brasil.
    Se começa pelo custo duma casa do programa do Governo. O preço final ao mutuário daria prá pagar duas, sossegadamente.

  9. Caro Esmael
    Miami já e por sua conta né.
    Quanto ao admirador, o Lula tambem tem muitos, inclusive condenados e presos.
    Cada um tem sua pedra no sapato.

  10. Tenho certeza que a viagem até Miami não sera em avião fretado por Alberto Yousef, como a viagem do ex-colaborador deste blog, para quem não se lembra ele se chama André Vargas. Empresa no exterior, se bem me lembro, o Zé Dirceu tem uma no Panamá….. lembra??? Não??? Que memória seletiva hein……….

    • Será um avião do Aécio locado do Perrela.

    • Ele vai no helicóptero dos Perrelas, amigos do Aécio, que utilizam para transportar DROGAS. Uma droga a mais não faz diferença.

    • Falta ele explicar a compra do apartamento em Miami, envolto em mistério, para não pagar impostos, usando uma empresa Fake, cujo endereço aqui no Brasil é o do apartamento funcional que ocupa em Brasília, o que é vedado por lei. Sua atuação no STF e CNJ se notabilizou para manchar a imagem destas duas instituições. Zé Dirceu possuir empresa no Panamá?! Ah! O como o ódio e uma mente doentia cegam as pessoas e as levam a acreditar em qualquer fábula que se apresenta na mídia tradicional.

  11. Parte da mídia, tenta de toda forma denegrir a imagem do Barbosão. O Brasil é o país dele, gente, afinal, trabalhou, salvo engano, 41 anos no serviço público. Vocês podem tirar o cavalinho da chuva que o povo (que não é analfabeto, nem bobo, como imaginam ser) sabe muito bem do belíssimo trabalho prestado pelo JB no STF. Talvez vocês não aceitem ele ter vencido por ser de origem humilde, não ter nascido em berço de ouro (filho de pai pedreiro e mãe dona-de-casa) e ter colocado atrás das grades vigaristas de colarinho branco até então intocáveis. Tomem vergonha na cara e vão procurar o que fazer, aliás, façam algo produtivo pelo vosso País que está cambaleante, mergulhado em corrupção e safadeza.

    • Concordo com você em gênero, número e grau.
      No nosso país, pessoas corretas são massacradas. Aqui, somente a corrupção tem valor.

    • Nossa! Quanta emoção!”[…] que o povo (que não analfabeto, nem bobo, como imagina ser)[…]. Sim povo teleguiado virou sinônimo de povo culto e esperto. “[…]Belíssimo trabalho prestado por JB no STF[…]” O cara estuprou e rasgou a Constituição Federal e agora vem uns coxinhas se derreter em elogios a este capitão do mato.

  12. Quem pode pode né, parece até a vice-prefeita de Curitiba, que depois que tomou posse se mandou para o apzao em Nova Iorque e nunca mais foi vista em terras paranaenses…