Exclusivo: R$ 30 milhões para Requião desistir da convenção do PMDB

O senador Roberto Requião teria recebido proposta esta semana para vender! a convenção do PMDB por R$ 30 milhões; Vai para a Puta Que Pariu!, teria reagido Requião, que ainda proferiu palavrões impublicáveis neste blog; assessores do parlamentar confirmaram o quiproquó ocorrido no escritório, em Curitiba, e disseram que foi preciso apartar! o entrevero.

O senador Roberto Requião teria recebido proposta esta semana para vender! a convenção do PMDB por R$ 30 milhões; Vai para a Puta Que Pariu!, teria reagido Requião, que ainda proferiu palavrões impublicáveis neste blog; assessores do parlamentar confirmaram o quiproquó ocorrido no escritório, em Curitiba, e disseram que foi preciso apartar! o entrevero.

O Blog do Esmael obteve informação exclusiva nesta quinta-feira (22) de que o senador Roberto Requião recebeu proposta em dinheiro para desistir da convenção estadual do PMDB. O parlamentar teria mandado o interlocutor para a “Puta Que Pariu” e ameaçado chamar a polícia.

Segundo uma fonte que presenciou o quiproquó ocorrido no escritório do senador, na Rua Carlos Pioli, em Curitiba, a indecorosa proposta ainda consistia, em caso de reeleição do governador Beto Richa (PSDB), a Copel e Sanepar de “porteiras fechadas”, além de estrutura à  vontade! para eleição de Maurício Requião Filho para deputado estadual. No pacote também entraria a indicação da vice do tucano e “ajuda” para reeleição do deputado João Arruda, sobrinho do peemedebista.

“Vai para a Puta Que Pariu”, teria reagido Requião, que ainda proferiu palavrões impublicáveis neste blog.

O Blog do Esmael tentou falar com o senador, mas não recebeu o retorno da ligação telefônica. Entretanto, assessores do parlamentar confirmaram a confusão e disseram que foi preciso “apartar” o entrevero.

No próximo dia 20 de junho, o PMDB do Paraná vai à  convenção estadual decidir entre candidatura própria e coligação com o PSDB do governador Beto Richa.

Buscando unir o partido e evitar o bate-chapa na convenção, o vice-presidente da República, Michel Temer, desembarca na semana que vem na capital paranaense. O presidente nacional do PMDB deverá reunir todas as alas durante almoço, dia 29, no restaurante Madalosso (clique aqui). O evento é organizado pelo ex-deputado Rocha Loures, membro da direção nacional da legenda, que já declarou apoio a Requião.

Comentários encerrados.