Dilma parou de cair, apontam pesquisas. E agora Aécio, que fazer?

Compartilhe agora!

Próxima rodada de pesquisas de intenção de voto mostrará que a presidente Dilma Rousseff parou de cair ou, em alguns casos, até ganhou alguns pontos; Ibope será divulgado na quinta-feira; motivos para a boa notícia para o PT são as viagens cada vez mais frequentes da presidente e a propaganda do partido em rádio e TV, que abordou o medo de se voltar ao passado e marcou a reaparição de Dilma junto com o ex-presidente Lula; a boa nova para os petistas veio um dia depois da visita de Aécio Neves (PSDB-PR) a Curitiba, onde carros foram vistos nesta terça (20) circulando com adesivos Fora Dillma!, que nada adiantaram; e agora Aécio, que fazer?
Próxima rodada de pesquisas de intenção de voto mostrará que a presidente Dilma Rousseff parou de cair ou, em alguns casos, até ganhou alguns pontos; Ibope será divulgado na quinta-feira; motivos para a boa notícia para o PT são as viagens cada vez mais frequentes da presidente e a propaganda do partido em rádio e TV, que abordou o medo de se voltar ao passado e marcou a reaparição de Dilma junto com o ex-presidente Lula; a boa nova para os petistas veio um dia depois da visita de Aécio Neves (PSDB-PR) a Curitiba, onde carros foram vistos nesta terça (20) circulando com adesivos Fora Dillma!, que nada adiantaram; e agora Aécio, que fazer?
Um dia depois da visita de Aécio Neves, carros foram vistos nas ruas de Curitiba com adesivos “Fora Dillma” (clique aqui). Pelo jeito nada adiantou o esforço, pois, conforme o Brasil 247, a presidenta Dilma parou de cair nas sondagens e segue faceira! rumo à  reeleição. Leia o texto:

A próxima rodada de pesquisas eleitorais, que começa a ser divulgada no fim dessa semana, mostrará que a candidata do PT, a presidente Dilma Rousseff, parou de perder intenção de votos. Em alguns casos, ela até ganhou pontos. A expectativa é que o levantamento do instituto Ibope seja divulgado na quinta-feira 22.

Entre os motivos para a recuperação da presidente estão as viagens frequentes de Dilma pelo País e a propaganda do PT em rádio e TV. Os vídeos abordaram o medo da população de voltar à s mazelas do passado e marcaram a reaparição de Dilma e o ex-presidente Lula juntos !“ em uma forma de espantar o movimento ‘Volta, Lula’.

As últimas duas pesquisas divulgadas !“ Datafolha (leia aqui) e Sensus (leia aqui) !“ apontaram, pela primeira vez, um cenário de segundo turno nas eleições, entre Dilma e o pré-candidato do PSDB, senador Aécio Neves. Nas mostras anteriores, a presidente tinha vantagem suficiente para vencer no primeiro turno.

Compartilhe agora!

Comments are closed.