Datafolha bate na tecla do Volta Lula

Datafolha mantém obsessão pelo Volta Lula, apesar de todas as evidências de que o PT fechou com a reeleição de Dilma; contratado pela Folha, levantamento será divulgado na próxima quinta (5) sobre a corrida pelo Planalto; o que há por trás desta insana insistência dos institutos de pesquisa e da velha mídia?

Datafolha mantém obsessão pelo Volta Lula, apesar de todas as evidências de que o PT fechou com a reeleição de Dilma; contratado pela Folha, levantamento será divulgado na próxima quinta (5) sobre a corrida pelo Planalto; o que há por trás desta insana insistência dos institutos de pesquisa e da velha mídia?

Na próxima quinta-feira (5) o Datafolha vai divulgar nova roda de pesquisa sobre a corrida eleitoral de 2014. Contratado pelo jornal Folha de S. Paulo ao custo de R$ 266.200,00, o instituto promete entrevistar 4.340 eleitores em 207 municípios brasileiros. Até aí tudo bem, nada de anormal.

A exemplo do Ibope, há uma semana, o Datafolha vai insistir no Volta Lula (clique aqui).

Os institutos de pesquisas estão como birutas de aeroporto, haja vista o PT — e Lula — já terem fechado questão pela reeleição da presidenta Dilma Rousseff. Aliás, ela recuperou terreno nas últimas sondagens e leva o troféu no primeiro turno.

Na noite de hoje (30), Lula acompanha Dilma no Encontro Estadual do PT em Belo Horizonte, em Minas. O ex-presidente disse no evento que “estamos com 99% de chance reeleger Dilma”.

Nas eleições de 2002, quando disputou o governo do Paraná, o agora senador Roberto Requião (PMDB) assim definiu as pesquisas eleitorais: Se eu quero comprar peixe, eu vou à  peixaria; se eu quero comprar pesquisa, eu vou ao Ibope!. Neste caso, vai ao Datafolha.

Se pesquisa ganhasse eleição o prefeito de Curitiba seria Luciano Ducci (PSB) que, na disputa de 2012, mesmo com apoio do governador Beto Richa, nem avançou para o segundo turno.

Veja o questionário do Datafolha registrado hoje no TSE:

http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2014/05/datafolha_maio2014.pdf

Comentários encerrados.