Coluna do Ricardo Gomyde: A Copa já é sucesso dentro e fora de campo

Compartilhe agora!

Ricardo Gomyde, o "Senhor Copa", em sua coluna deste sábado, afirma que o campeonato mundial já é sucesso dentro e fora do campo; ele diz que a Seleção Brasileira, comandada pela dupla Felipão-Parreiras, começará em menos de 20 dias a caminhar pela trilha do hexa; o Brasil ficará com todas as melhorias urbanas realizadas para o maior evento esportivo do mundo e, tomara, com a taça de campeão mundial!; diz o colunista, que é assessor do Ministério do Esporte e um dos organizados da Copa no Brasil; Gomyde também contabiliza o retorno em investimentos que o campeonato da Fifa proporcionou ao país e a geração de empregos para a economia brasileira; leia o texto e compartilhe.
Ricardo Gomyde, o “Senhor Copa”, em sua coluna deste sábado, afirma que o campeonato mundial já é sucesso dentro e fora do campo; ele diz que a Seleção Brasileira, comandada pela dupla Felipão-Parreiras, começará em menos de 20 dias a caminhar pela trilha do hexa; o Brasil ficará com todas as melhorias urbanas realizadas para o maior evento esportivo do mundo e, tomara, com a taça de campeão mundial!; diz o colunista, que é assessor do Ministério do Esporte e um dos organizados da Copa no Brasil; Gomyde também contabiliza o retorno em investimentos que o campeonato da Fifa proporcionou ao país e a geração de empregos para a economia brasileira; leia o texto e compartilhe.
Ricardo Gomyde*

Mais um passo foi dado nos ajustes finais da preparação do país para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. Equipes do Ministério do Esporte, da FIFA e do Comitê Organizador Local (COL) fizeram nesta semana a última vistoria em Curitiba, incluindo um tour pelo estadio. As palavras positivas do secretário-geral da FIFA, Jerómê Valcke, após a visita, foram ao encontro da posição do Ministério do Esporte e da certeza de que os brasileiros tinham: a Copa do Mundo será um tremendo sucesso, dentro de fora de campo.

Fora de campo, faltando pouco menos de 20 dias para a Copa do Mundo, podemos dizer que todos os esforços foram feitos e que o Brasil está preparado para realizar um evento memorável. Só de turistas, segundo o Ministério do Turismo, serão 3,7 milhões, entre brasileiros e estrangeiros, gastando no país durante o torneio em todo o Brasil. Só em Curitiba, circularão 164 mil turistas, que deverão gastar R$ 297 milhões em todo o país, levando em conta que os visitantes deverão circular por vários Estados e cidades durante o evento.

Como escreveu o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, em seu artigo desta semana, a Copa do Mundo é um pretexto para gerar investimentos para o Brasil e, consequentemente, proporciona desenvolvimento para todo o país. Estudos de grandes consultorias, como a Ernst&Young, apontam a movimentação de R$ 142 bilhões adicionais à  economia nacional de 2010 a 2014 e a geração de 3,6 milhões de empregos no país. Além disso, para cada real aplicado pelo setor público, 3,4 reais serão investidos pela iniciativa privada.

O sucesso do Brasil também está garantido dentro de campo. Nossa seleção une uma importante mescla de juventude e experiência, que conta com uma defesa sólida e um ataque rápido. Conduzidos pela dupla campeã Felipão-Parreira, nosso jogadores começam, em poucos dias, a trilhar o caminho do hexa. Provamos na Copa das Confederações que somos fortes e favoritos ao título.

Ao final dessa jornada, quando a Copa do Mundo for embora, o Brasil ficará com todas as melhorias urbanas realizadas para o maior evento esportivo do mundo e, tomara, com a taça de campeão mundial.

*Ricardo Gomyde, assessor do Ministério do Esporte, especialista em políticas de inclusão social, é membro da Comissão Organizadora da Copa do Mundo no Brasil em 2014. Escreve nos sábados no Blog do Esmael.

Compartilhe agora!

Comments are closed.